AS 39 MELHORES Piadas de Segunda Feira

Abaixo está nossa coleção de anedotas e lista de piadas engraçadas sobre Segunda Feira . Existem algumas piadas curtas segunda feira que ninguém sabe (para contar aos seus amigos) e para fazer você rir alto.

Reserve algum tempo para ler aqueles trocadilhos e quebra-cabeças em que você faz uma pergunta com respostas ou onde a configuração é a conclusão. Esperamos que você encontre esses trocadilhos com segunda feira engraçado o suficiente para contar e fazer as pessoas rirem.

Top 10 Segunda Feira piadas e trocadilhos mais engraçados

Faltando no trabalho

Segunda-feira, o sujeito acorda e liga pro chefe:
- Seu dotô! Hoje num vai dá pra eu trabalhá!
- Por que não? - pergunta o chefe, irritado.
- Porque hoje num tem condução...
- Ah, não!!! Greve de ônibus de novo?
- Não é greve de ônibus não, dotô... É greve dos motorista!

Loja de sapato

O Manuel foi, na segunda-feira, a uma loja de sapatos. Escolheu, escolheu e acabou se decidindo por um par de sapatos de cromo alemão.
O vendedor entregou o sapato, mas foi logo advertindo-o:
- Sr., estes sapatos costumam apertar os pés nos primeiros cinco dias.
- Não tem problema! Eu só vou usá-los no domingo que vem.

Sapatos Novos

O Manuel foi na segunda-feira a uma loja de sapatos. Escolheu, escolheu e acabou se decidindo por um par de sapatos de couro alemão. O vendedor foi logo advertindo-o:
— Sr, estes sapatos costumam apertar os pés nos 5 primeiros dias.
— Não tem problema, opa ... Eu só vou usá-los no domingo que vem...

Certo dia os loucos se reunem e decidem fazer uma fuga.


Ja na segunda feira eles começaram o treinamento foi até a sexta feira todos os dias eles pulavam o muro e voltavam para dentro de novo.
No dia da fuga chega um louco desesperado e fala pessoal não vamos mais poder fugir (mas porque) perguntaram os loucos é que os caras derrubaram o muro!!!!!!

Televisão ligada

Você sabe por que os portugueses deixam a televisão ligada durante o fim de semana?
Para assistir Tela Quente, na segunda-feira.

Na segunda-feira de manhã o Senador irritado diz para a secretária:


— Dona Betty, marca uma reunião com a CPI para sexta-feira!
A secretária com a maior cara de pau, responde...
— Senhor senador, sexta se escreve com s ou ç?
O senador responde:
— Marca para quinta!!!

Notícia urgente

Segunda-feira, na hora do rush, Joãozinho gritava no meio do engarrafamento:

— Extra! Extra! 18 homens são enganados por um garoto de um metro e meio!

Aquilo chamou a atenção de um homem que estava dirigindo — ou melhor, esperando os outros carros andarem — e ele chamou Joãozinho:

— Quanto é o jornal? — perguntou ele.

— É cinco real!

— Cinco reais? Um jornal?

— É pegá ou largá! — disse Joãozinho, sem paciência para pechinchas.

Como o homem já estava curioso com a notícia dos homens enganados, resolveu comprar.

Joãozinho entregou o jornal e saiu andando. Então o homem começou a ler e logo gritou:

— Ei, garoto! Esse jornal é da semana passada! Volta aqui!

Então o semáforo abriu e Joãozinho gritou:

— Extra! Extra! 19 homens são enganados por um garoto de um metro e meio!

Tradições na Família

Ainda novo, um rabino falece tragicamente em um acidente. Como ele vivia em uma comunidade pequena, todos se conhecem e, depois de algum tempo, acabam aconselhando à jovem esposa para que ela volte a se casar.
Na comunidade havia somente um candidato disponível e era um mecânico, simpático mas de pouca educação formal. Embora relutasse muito no início, pois era habituada a viver com uma pessoa erudita, a viúva finalmente aceita. Após o casamento, na sexta-feira, véspera de Shabat, após o banho ritual no mikve, o mecânico fala para sua nova esposa:
— Minha mãe sempre falou que era uma boa ação praticar sexo antes de ir para a sinagoga.
E foi dito e feito.
Voltando da sinagoga ele fala:
— Segundo meu pai, é uma santa obrigação fazer sexo antes de acender as velas de Shabat.
Foi dito e feito, de novo.
Pouco antes de irem dormir, o mecânico volta:
— Meu avô sempre disse que é costume fazer sexo no Shabat.
E mais uma vez fazem sexo.
Amanhecendo o dia seguinte ele diz:
— Minha tia Sara, muito religiosa, me disse certa vez que um bom judeu não começa a manhã de Shabat sem ter sexo.
E novamente fazem sexo.
A viúva, já no domingo, sai para fazer compras. No mercado encontra com várias amigas, que perguntam:
— E aí? Que tal é o novo marido?
— Bom. — responde ela — ele não é letrado como o falecido rabino, mas vem de uma família maaaaaaaa-raaaaaa-vilhooooosa!

Notícia Surpreendente

Segunda-feira, na hora do rush, Joãozinho gritava no meio do engarrafamento:
— Extra! Extra! 18 homens são enganados por um garoto de um metro e meio!
Aquilo chamou a atenção de um homem que estava dirigindo — ou melhor, esperando os outros carros andarem — e ele chamou Joãozinho:
— Quanto é o jornal? — perguntou ele.
— É cinco real!
— Cinco reais? Um jornal?
— É pegá ou largá! — disse Joãozinho, sem paciência para pechinchas.
Como o homem já estava curioso com a notícia dos homens enganados, resolveu comprar. Joãozinho entregou o jornal e saiu andando. Então o homem começou a ler e logo gritou:
— Ei, garoto! Esse jornal é da semana passada! Volta aqui!
Então o semáforo abriu e Joãozinho gritou:
— Extra! Extra! 19 homens são enganados por um garoto de um metro e meio!

Buquê de Flores

Em uma segunda-feira como outra qualquer, a morena chega ao escritório desanimada e uma colega de trabalho loira pergunta:
— O que foi, amiga? Por que essa cara?
— Ah, é que sexta-feira o meu marido chegou em casa com um buquê de flores...
— Ué! — estranha a loira — E isso não é bom?
— Bom nada! Por causa desse maldito buquê eu tive que passar o fim de semana inteiro de pernas abertas!
— Sério? — pergunta a loira, assustada — Mas será possível que não tem nenhum vaso na sua casa?

O Preço Não Importa

Acompanhado de uma belíssima mulher, o sujeito entrou na joalheria e mandou que ela escolhesse a joia que quisesse, sem se preocupar com o preço. Examina daqui, experimenta uma, depois outra, ela finalmente decide por um colar de ouro com diamantes e rubis. Preço: R$ 38.000,00.
Ele manda embrulhar, saca um talão de cheques e começa preencher. Assina, destaca e ao estendê-lo, percebe a fisionomia constrangida e preocupada do vendedor examinando o cheque. O cliente, então num gesto de gentleman, toma a iniciativa:
- Vejo que você está pensando que o cheque pode não ter fundos. É natural, eu também desconfiaria, afinal, uma quantia tão grande. Tudo bem. Façamos o seguinte: Hoje é sexta-feira e o banco já fechou. Você fica com o cheque e com a joia. Na segunda-feira, você vai ao banco, pega o dinheiro e manda entregar a joia na casa dela, ok?
Cheio de mesuras e agradecimentos pela compreensão o vendedor encaminha o casal até a saída, desejando-lhes um bom fim de semana.
Na segunda-feira, o vendedor ligou para o cliente para dizer-lhe que, infelizmente, deve ter havido algum equívoco do banco, mas o cheque não tinha fundos. Ouviu, então, uma voz meio sonolenta:
- Sem problema. Pode rasgar o cheque. Já comi!

Você pode explorar piadas para fazer com segunda feira curtas do Reddit, incluindo frases e brincadeiras. Leia-os e você entenderá quais piadas são engraçadas. Aqueles de vocês que têm adolescentes podem contar charadas de segunda feira limpo. Há também trocadilhos com segunda feira para crianças, 5 anos, meninos e meninas.

Naquela segunda-feira, os alunos entregam a redação que a professora havia encomendado no final de semana.

Todo mundo entrega uma folhinha ou no máximo duas, somente o Joãozinho aparece com um calhamaço de papel encadernado.
— O que é isso, Joãozinho? — pergunta a professora.
— É a minha redação professora!
Cheia de curiosidade, a professora toma aquele enorme volume na mão. Abre a primeira página e lê:
"A Grande Cavalgada"
. Vira a segunda:
"Cataplóc, Cataplóc, Cataplóc"
E na terceira:
"Cataplóc, Cataplóc, Cataplóc"
E na quarta:
"Cataplóc, Cataplóc, Cataplóc". E assim sucessivamente, ela vai lendo uma a uma, as páginas do livro e em todas as mesmas palavras "Cataplóc, Cataplóc, Cataplóc".
Até que ela chega à última página "Cataplóc, Cataplóc, Cataplóc... ôôôôôôôôôaaaaa".

Fecha Amanha?

Uma tia minha foi a Portugal e numa loja viu um vestido lindo. Isto era sexta-feira e ela perguntou:
- O senhor fecha amanhã?
- Não!
- Então eu vou vir amanhã aqui com o meu marido para ele ver este vestido!
E no dia seguinte (sábado) ela chegou com o marido e nada da loja abrir. Aí ela desistiu e foi embora.
Na Segunda feira ela chegou brava e falou:
- O senhor falou para mim que não fechava no sábado e cheguei aqui e a loja estava fechada!!!!
- Ora pois pois, eu não fecho mais também não abro!

Os loucos de um hospício estavão combinando que iriam pular o muro num sábado, era uma segunda feira .

E foram treinar eles pulvam para foram e pulavam para dentro de novo. antes do sabado deu uma chuva muito forte.
NO sabado a chuva havia parado e um louco falou para o outro:
— Vai lá ver se esta tudo bem para nós pularmos.
Ele foi. Mas voltou muito triste.
— Amigos a chuva derrubou o muro.

Lembranças Vergonhasas

Na roda do bar, três velhos amigos relembram a maior vergonha que passaram na vida:
- Quando eu tinha uns oito anos - contava o primeiro - eu subi num caixote para espiar a minha irmã no banho. Tava ali todo empolgado, quando de repente ela se vira, me vê na janela e dá o maior grito.
Levei um susto tão grande que caí do caixote... Maior vergonha, cara! Fiquei uma semana sem poder olhar pra cara dela.
- E eu, devia ter uns dez anos - começou o segundo - meu pai me pegou fazendo troca-troca com o filho do vizinho. Passei o maior carão.
Fiquei um mês sem poder olhar a cara do velho!
- Isso não é nada - disse o terceiro. - E a minha mãe que me pegou batendo uma punheta, enquanto espiava a empregada trocando de roupa. Até hoje, não tive coragem de olhar na cara dela!
- Ah! Otávio, você está exagerando! Quanto tempo faz que isso aconteceu?
- Foi na sexta-feira passada!

O sujeito morre e vai para o inferno.

Ao vê-lo com ar entristecido, o Diabo apressa-se em apresentar-lhe as coisas boas.
— Às segundas-feiras, nós fazemos aqui o Dia da Bebida... uísque, vinhos, cerveja...
— Eu não bebo!
— Que pena! - diz o diabo. - Às terças é o Dia do Cigarro... Temos as melhores marcas...
— Eu não fumo!
— Às quartas é dia de Jogo! Temos tudo: pôquer, cavalos...
— Eu não jogo!
— Às quintas é o dia da Droga! Maconha, cocaína, heroína...
— Desculpe, mas não uso drogas.
— Escuta, você é gay? - pergunta o diabo, estarrecido com tantas negativas.
— Não!
— Ih! Então você também vai odiar as sextas-feiras!

Após uma longa e caliente lua de mel o maridão todo cheio de nove horas diz para a esposa:


— Querida, nossa lua de mel foi uma maravilha, mas existem algumas regras que você deve saber e respeitar para termos o nosso casamento feliz.
— Ok. Querido! Quais são as regras?
— Bem, nas segundas e quartas, eu tenho um compromisso sagrado: eu saio para jogar futebol com os amigos. Eu já faço isso há anos com a mesma turma da faculdade, não vai nenhuma mulher e com casamento ou sem casamento eu vou!
— Ok. Meu amor! Tudo bem!
— Bem, nas terças e quintas, eu tenho um outro compromisso sagrado: eu saio para ir a sauna com os amigos. Eu já faço isso há anos, com alguns amigos.
Não vai nenhuma mulher e com casamento ou sem casamento eu vou!
— Ok. Meu amor! Tudo bem!
— Nas sextas-feiras eu tenho um compromisso quase profissional: eu saio para tomar cerveja com o pessoal do escritório. É o lado social do nosso trabalho... você sabe como é! Eu já faço isso há anos...
Não vai nenhuma mulher e com casamento ou sem casamento eu vou!
— Ok. Meu amor! Tudo bem!
— Poxa! Que bom que você entendeu tudo direitinho!
Encontrei a mulher certa! A minha turma vai ficar morrendo de inveja da minha sorte!
— Vamos nos dar muito bem, querida...
Quando ela faz um aparte...
— Espere um pouquinho meu amor! Eu também tenho uma regra que eu quero continuar seguindo, é apenas uma, e depende muito de você!
— E qual é, meu amor?
— Todas as noites, com marido ou sem marido, eu transo!

Um náufrago de sorte

Depois de um ano de trabalho duro, Vladmir saiu de férias e resolveu viajar em um caríssimo cruzeiro marítimo. Depois de duas semanas de viagem, o navio naufragou e somente ele e mais seis mulheres conseguiram se salvar, nadando até uma ilha deserta.

Passada uma semana, todas as mulheres queriam transar com ele e, diante desse terrível problema, Vladmir resolveu fazer uma proposta:

— Cada dia da semana eu transo com uma de vocês!

Sem opção, as mulheres aceitaram a proposta.
Na segunda-feira Vladmir transava com a Renata. Na terça com a Júlia. Na quarta com a Fabiana. Na quinta com a Cláudia, na sexta com a Michelle e no sábado com a Patrícia.

No domingo ele descansava porque ninguém é de ferro! Depois de alguns meses nessa massacrante rotina, ele estava pescando e avistou um outro sujeito dentro de um pequeno barco, vindo em direção à ilha. Então ele pensou "Beleza! Agora eu vou poder dividir as mulheres com aquele cara! Vai sobrar mais tempo pra descansar!".

Depois de alguns instantes o sujeito chegou até a praia e Vladmir se apressou em ajudá-lo a descer do barco. Quando o novo visitante encostou na água deu um tremendo grito:

— Aaaaaaai, que horror!!! Que água mais gelada! Cruzes!!!

Vladmir, decepcionado, resmungou:

- Puta que o pariu... Lá se vai o meu domingo!!!

Sexta-feira à tarde, dois funcionários de um importante banco ficam presos no cofre.

Ao perceberem o ocorrido, um deles entra em pânico:
— Meu Deus! E agora? Essa porta é automática, só abre nos dias úteis!
Imediatamente o outro, um pouco mais calmo, saca a sua calculadora financeira e depois de muitas multiplicações e divisões chega à seguinte conclusão:
— Tenho duas notícias pra te dar!
— Fala, fala! Fala, logo!
— De acordo com a média de consumo de oxigênio de um ser humano, se permanecermos a maior parte do tempo em repouso, o ar vai dar exatamente até segunda-feira às três e quinze da tarde!
— Ufa! Graças a Deus! Qual a outra notícia?
— Segunda-feira é feriado!

Engenheiros que se cuidem

Um certo engenheiro, especialista, não quis saber de
outra função, que não a sua especialidade. Um dia em
casa sua esposa reclamou:

- Querido, o ferro não esquenta. De uma olhada, por
favor...

- Querida, eu não sou técnico eletricista.

No outro dia:

- Querido, a pia entupiu. Você não quer dar uma
olhadinha ?

- Querida, acorda! Eu não sou encanador.

Na segunda-feira seguinte:

- Querido, a torradeira esta pegando fogo!

- Querida, vê se acorda! Eu não sou bombeiro, eu sou
engenheiro.

No fim de semana, descansando, o marido descobre que
tudo o que a esposa havia reclamado estava em perfeito
funcionamento. Ele perguntou:

- Querida, quem fez todos esses reparos ??

- Ora, querido, você lembra daquele seu amigo que você
trouxe para jantar aqui no sábado passado??

- Sim, lembro.

- Então, ele se prontificou a consertar tudo.

- Como assim??! Ele fez tudo de graça?

- E claro que não! Ele me disse que eu poderia pagar
de duas formas - ou faria outro prato igual ao que
ele jantou aqui ou iria com ele ao motel.

- E o que você fez ????

- Querido, vê se acorda! Eu não sou cozinheira...

Um dia um homem entrou na biblioteca, foi à secção de referência e pediu por livros de economia.

Para surpresa da bibliotecária nenhum dos livros de economia estavam na secção de referência.
– “Não há problema. Eu posso ir a outra biblioteca. Sou um homem muito ocupado e tirei este fim de semana para estudar economia”
Curiosa com a figura, a bibliotecária não resistiu e perguntou ao sujeito:
– “Mas por que é tão urgente para o senhor estudar economia?”
– “É que eu sou economista. Estou dando aulas nesta universidade já fazem dez anos. Como eu tenho uma importante reunião da segunda-feira, imagino que a economia tenha mudado nos últimos dez anos.”

O Emprego do Juvenal

Juvenal estava desempregado há meses. Com a resistência que só os brasileiros têm, Juvenal foi tentar mais um emprego em mais uma entrevista.

Ao chegar no escritório, o entrevistador perguntou:
- Qual foi seu último salário?

- "Salário mínimo", respondeu Juvenal.

- Pois se o Senhor for contratado, ganhará 10 mil dólares por mês!

- Jura?

- Que carro o Senhor tem?

- Na verdade, agora eu só tenho um carrinho pra vender pipoca na rua e um carrinho de mão!

- Pois se o senhor trabalhar conosco, ganhará um Audi para você e uma BMW para sua esposa! Tudo zero!

- Jura?

- O senhor viaja muito para o exterior?

- O mais longe que fui foi pra Belo Horizonte, visitar uns parentes...

- Pois se o senhor trabalhar aqui viajará pelo menos 10 vezes ao ano, para Londres, Paris, Roma, Mônaco, Nova Iorque...

- Jura?

- E digo mais... O emprego é quase seu. Só não confirmo agora por que tenho que falar com meu gerente. Mas é praticamente garantido. Se até amanhã, sexta-feira, à meia-noite o senhor NÃO receber um telegrama nosso cancelando, pode vir trabalhar na segunda-feira.

Juvenal saiu do escritório radiante. Agora era só esperar até a meia-noite da sexta-feira e rezar para que não aparecesse nenhum maldito telegrama.

Sexta-feira mais feliz não poderia haver. Juvenal reuniu a família e contou as boas novas, e convocou o bairro todo para uma churrascada comemorativa.

Sexta à tarde já tinha um barril de chopp aberto. Às 9 horas da noite a festa fervia. A banda tocava, o povo dançava, a bebida rolava solta.

Dez horas, e a mulher de Juvenal, aflita, achava tudo um exagero.

A vizinha gostosa e interesseira já se jogava pra perto do Juvenal. E a banda tocava... E o chopp gelado rolava... O povo dançava!

Onze horas, Juvenal já era o rei do bairro. Gastaria horrores para o todos encherem a pança, tudo por conta do primeiro salário. E a mulher resignada, meio aflita, meio alegre, meio assustada.

Onze horas e cinqüenta e cinco minutos... Vira na esquina buzinando feito louca uma moto amarela... Era do Correio!

A festa parou! A banda calou! A tuba engasgou! Um bêbado arrotou! Um cachorro uivou! Meu Deus, e agora? Quem pagaria a conta da festa?

- Coitado do Juvenal! Era a frase mais ouvida.

Jogaram água na churrasqueira! O chopp esquentou! A mulher do Juvenal desmaiou! A moto parou!

- Senhor Juvenal Batista Romano Barbieri?

- Si-si-sim, so ... sou eu...

A multidão não resistiu...

- OOOOOHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!

- Telegrama para o senhor...

Juvenal não acreditava...

Pegou o telegrama, com os olhos cheios d'água, ergueu a cabeça e olhou para todos. Silêncio total. Respirou fundo e abriu o envelope. Uma lágrima rolou, molhando o papel.

Olhou de novo para o povo e a consternação era geral. Tirou o telegrama do envelope, abriu e começou a ler. O povo em silêncio aguardava a notícia e se perguntava.

- E agora? Quem vai pagar essa festa toda?

Juvenal recomeçou a ler, levantou os olhos e olhou mais uma vez para o povo que o encarava...

Então, Juvenal abriu um largo sorriso, deu um berro triunfal e começou a gritar eufórico...

- MAMÃE MORREEUUU!!!! MAMÃE MORREEUUU!!!! MAMÃE MORREEUUU!!!!

Depois de ver o seu time indo pra segunda divisão, o palmeirense não agüentava mais a tiração de sarro dos corintianos. Era 'Porco de segunda' pra cá... 'Timinho' pra lá... Até que ele resolveu tirar umas férias pra relaxar. Viajou pro nordeste. Em uma feira hippie em frente ao cais de Fortaleza ele viu uma estátua de um rato, de bronze, em tamanho natural que chamou sua atenção. - Quanto é? - perguntou ao vendedor. - A estátua é 20 reais! E a história dela é 150! O sujeito achou estranho, mas comprou só a estátua. - Dispenso a história, amigo... Tá muito cara... O vendedor compreendeu e vendeu a estátua ao sujeito. Quando ele atravessou a rua com o rato de bronze, dois ratos saíram de um bueiro e vieram atrás dele. Ele achou estranho e apertou o passo. Mais adiante foram aparecendo mais ratos até que tinham centenas de ratos atrás dele. Então ele começou a correr. E os ratos começaram a correr atrás. Ele começou a ficar desesperado. Então correu até a ponta do cais e arremessou a estátua o mais longe que conseguiu. E, para a surpresa dele, todos os ratos pularam atrás. Rapidamente ele volta pra falar com o vendedor da estátua. - Ahá! - disse o vendedor - Sabia que você ia voltar! Veio comprar a história da estátua, né? - Não, amigo... Só queria saber se você não tem como conseguir a estátua de um corintiano!

Pedra no sapato

Em plena segunda-feira Joaquim vai a uma loja de calçados.
Olha daqui, olha dali, experimenta um, experimenta outro, acaba se decidindo por um sapato de cromo alemão.
- Vou levar este daqui - diz para o vendedor.
- O senhor fez uma bela escolha, só uma advertência, estes sapatos costumam apertar um pouco nos primeiros três ou quatro dias.
- Não tem problema, só vou usá-los no domingo que vem!

Loja de Peles

Um sujeito entra numa loja de peles com uma loira espetacular. Ele diz ao vendedor:
— Quero que você dê a esta moça a mais linda estola de pele que você tiver nesta loja.
O vendedor mostra algumas à moça, que acaba se decidindo por uma.
Discretamente, o vendedor diz ao sujeito:
— Esta daqui custa R$ 65.000,00.
— Sem problema! — diz o homem — Faço-lhe um cheque já.
O vendedor se desculpa:
— O senhor tem que entender que só posso lhe entregar a estola depois que o cheque for compensado.
Como hoje é sexta-feira, terá que ser segunda.
— Entendo perfeitamente...Venho pegá-la na segunda-feira.
Na segunda-feira o sujeito volta na loja.
O vendedor lhe diz:
— Sinto muito, senhor, mas seu cheque voltou por falta de fundos.
— Eu já sabia... Eu só vim agradecer-lhe pelo mais fabuloso fim-de-semana de minha vida!

Recentemente, uma revista americana promoveu um concurso, pedindo aos leitores que enviassem mensagens reais estranhas de seus gerentes.
Abaixo, algumas das mensagens recebidas:
1. "A partir de amanhã, os empregados somente poderão acessar o prédio usando cartões de segurança individuais. As fotografias serão tiradas na próxima quarta-feira, e os empregados vão receber seus cartões em duas semanas".
(Esta foi a mensagem vencedora, de Fred Dales, Microsoft, Redmond, WA) 2. "Precisamos de uma lista de problemas específicos desconhecidos que iremos encontrar".
(Lykes Lines Shipping) 3. "E-mail não deve ser usado para passar informações ou dados, mas só para negócios da empresa".
(Gerente de contabilidade, Electric Boat Company) 4. "Este projeto é tão importante, que não podemos deixar coisas mais importantes interferirem nele".
(Gerente de publicidade e marketing, United Parcel Service) 5. "Fazer rápido não é desculpa para não cumprir o prazo. Ninguém vai acreditar que você resolveu o problema em um dia! Estivemos trabalhando nisto há meses. Agora, finja estar ocupado por umas semanas, e avisaremos quando estiver na hora de avisar para eles que já está pronto".
(Supervisor, Minnesota Mining and Manufacturing/3M Corp.) 6. Minha chefe passou o fim de semana inteiro redigitando uma proposta de 25 páginas, só porque precisava de correções. Ela disse que o disquete que eu a entreguei estava danificado, e que não era possível editá-lo. O disquete que eu dei para ela estava protegido contra gravação.
(CIO, Dell Computers) 7. Mensagem do chefe:
"Equipe de trabalho é um monte de gente fazendo o que eu mando."
(Executivo de marketing, Citrix Corporation) 8. Minha irmã morreu e seu funeral foi marcado para a segunda. Quando eu disse isto para meu chefe, ele reclamou que eu iria faltar justamente no dia mais cheio de serviço da semana. Então, ele perguntou se não podíamos mudar a data do enterro para sexta. Ele disse:
"Seria melhor para mim."
(Executivo, FTD Florists) 9. "Sabemos que a comunicação é um problema, mas a companhia não discutirá com seus empregados."
(Supervisor, divisão de longa distância da AT&T) 10. Recentemente, recebemos um memorando do gerente-supervisor dizendo:
"Este memorando tem por escopo informá-lo de que um memorando será enviado hoje a respeito do assunto supra-relacionado."
(Microsoft, Departamento jurídico) 11. Certo dia, meu chefe pediu-me para enviar um relatório a respeito do projeto no qual eu estava trabalhado. Perguntei se era possível entregar o relatório no dia seguinte. Ele disse:
"Se eu quisesse para amanhã, eu teria deixado para pedir isto amanhã!"
(Gerente de negócios, Hallmark Greeting Cards.) 12. Quando eu era diretor de comunicações, pediram-me para preparar um memorando falando dos programas de treinamento da empresa. No corpo do memorando, uma das frases falava da "aproximação pedagógica"
Utilizada por um dos manuais de treinamento. No dia seguinte, após eu ter enviado o memorando à comissão executiva, fui chamado ao escritório da diretoria, e me disseram que a vice presidente executiva queria almoçar comigo. Quando eu perguntei por que, o gerente de recursos humanos disse que ela não queria "pervertidos" trabalhando na sua empresa. Após muita insistência, ele me mostrou uma cópia do memorando, com um ofício me'
Demitindo, e a palavra "pedagógica" circulada em vermelho ("pedofilia", pensou ela!). O gerente foi gentil, olhou no dicionário o significado de "pedagógico", copiou a definição para enviar para a vice-presidente, e me disse que não me preocupasse. Ele iria cuidar disso. Dois dias depois, uma circular dirigida a todos os funcionários determinou que nenhuma palavra que não pudesse ser encontrada no jornal local de domingo não poderia ser utilizada em memorandos. Um mês depois, pedi demissão. Para seguir a política da empresa, fiz o memorando pedindo minha demissão, colando palavras recortadas do jornal de domingo.
(Taco Bell Corporation) 13. Esta pérola é o último parágrafo de um memorando dirigido a todas as filiais nos Estados Unidos de uma grande empresa de comunicações:
"(Nome da empresa) está esforçadamente empenhada para promover constante atenção nos procedimentos atuais de negociação transacional, enfocando ênfase em meios inovativos de melhorar, senão superar, as expectativas de qualidade!"
(Lucent Technologies)

A menina de 15 anos ia passar o fim de semana na casa do namorado.


A mãe ficou preocupada e foi logo avisando:
— Minha filha, seu namorado tem um bichinho entre as pernas e você tem outro. Caso ele queira colocar os dois para brigar, não aceite.
— Tudo bem, mãe.
Na segunda feira, quando a filha voltou, a mãe foi logo perguntando:
— E aí, minha filha? Ele quis colocar os bichinhos para brigar?
— Quis, mãe. Mas não se preocupe porque eu fiquei em vantagem.
— Como assim, minha filha?
— É que o meu bichinho engoliu o dele inteirinho...

Licença paternidade

Em uma sexta-feira estressante, como outra qualquer, o funcionário diz para o chefe:

— Doutor! Doutor! Eu vou ter um filho! Preciso sair mais cedo!

— Ah, meus parabéns! — disse ele, abraçando o futuro papai — O que você está esperando? Pode ir ver a sua mulher!

O funcionário sai radiante e, na segunda-feira, o chefe pergunta:

— E então, rapaz? É menino ou menina?

— Não sei, Doutor...

— Como não sabe? O seu filho não nasceu?

— Que nada! — disse ele, com naturalidade — Só vai nascer daqui a nove meses!

Teste de Matemática Maluco

Três loucos vão fazer o exame mensal para ver se já podem receber alta.
O médico pergunta ao primeiro deles:
- Quanto é dois mais dois?
— 72 — responde ele.
O doutor balança a cabeça como quem diz "Esse não tem mais jeito" e, virando-se para o segundo, repete a pergunta:
— Quanto é dois mais dois?
— Terça-feira — responde o segundo.
Desanimado, o médico vira-se para o terceiro louco:
— Quanto é dois mais dois?
— É quatro, doutor! — responde ele, com firmeza.
— Parabéns, você acertou! Como você chegou a essa conclusão?
— Foi fácil! Me baseei nas respostas dos meus amigos: 72 menos
terça-feira dá 4!

Três loucos estavam fasendo o teste para ver se ja podem sair do ospissio o doutor pergunta para o primeiro louco:


— Quanto è 2+2?
— È 72. Responde o primeiro.
Desanimado virasse para o segundo e repete a pergunta:
— Quanto è 2+2?
— È terca-feira. Responde o segundo.
Pensando " esse não tem mas geito, vira-se para o terceiro:
— Quanto è 2+2?
— È 4 doutor. Responde ele com firmesa.
— Parabens como você chegou a essa conclsão?
— È fassio me basiei nas respostas dos meus colegas 72-terca-feira da 4.

Morte de Paraquedas

Na segunda-feira o Manoel andava muito triste, quando aparece um amigo:
— Então, o que foi que se passou?
— Eu avisei o Joaquim que o povo desta terra é muito religioso.
— Eu sei, já estou aqui há vinte anos. Mas o que é que isso tem a ver com o Joaquim?
— É que ele ontem saltou de pára-quedas e morreu.
— O pára-quedas não abriu?
— Exatamente — apesar de estar aqui há pouco tempo, ele já deveria saber que aqui nada abre aos domingos.

Recomendando Sexo

Uma velhinha de 82 anos, em uma consulta médica de retorno, ouve seu médico:
— A senhora precisa de mais atividade cardiovascular, mais atividades físicas, então eu recomendo que a senhora faça mais sexo, pelo menos 3 vezes por semana.
— Doutor, o senhor poderia dizer isso ao meu marido, ele está ali na sala de espera? Pergunta a velhinha.
— Claro que sim, mande-o entrar.
O velhinho de 85 anos foi chamado e, ao entrar no consultório ouve a explicação do médico:
— A sua senhora precisa de mais atividade cardiovascular e eu recomendo que ela faça sexo pelo menos 3 vezes por semana.
O velhinho pergunta:
— E quais seriam esses dias?
— Olha, eu acho que segunda, quarta e sexta-feira seria o ideal. Responde o médico.
O velhinho para, pensa um pouco e conclui:
— Olha doutor, na segunda e na quarta-feira eu posso trazê-la, agora na sexta ela vai ter que vir sozinha de ônibus.

Chegando triste no inferno

Um cara morreu e foi parar no inferno. Em clima de desespero, ele teve o primeiro encontro com o diabo:
Diabo: Por que você tá tão triste, cara?
O cara: O que você quer? Estou no inferno!
Diabo: O inferno não é tão mal assim. Na verdade, temos um bocado de divertimento por aqui. Você bebe?
O cara: Claro, eu adoro beber!
Diabo: Bem, então você vai adorar as segundas-feiras. Tudo que temos de fazer nelas é beber. Whisky, tequila, guiness, coolers, vinhos...bebemos até cair e mais um pouco.
O cara: Uau, isso parece legal!
Diabo: Você fuma?
O cara: Podes crer.
Diabo: Certo! Você vai adorar as terças-feiras. Pegamos os melhores cigarros do mundo e lotamos nosso pulmões de fumaça. Se você tiver câncer, tudo bem...você já está morto mesmo.
O cara: Ótimo!
Diabo: Imagino que você goste de jogar.
O cara: Sim, de fato gosto.
Diabo: Bom, porque as quartas-feiras são dedicadas ao jogo. Poquer, blackjack, corridas de cavalos, e tudo mais que você quiser.
O cara: Mas que dez, cara! Estou começando a adorar o inferno!
Diabo: Você curte drogas?
O cara: Sim, adoro me drogar. Você não quer dizer que...
Diabo: É isso aí! As quintas-feiras são dias de droga. Fume uma pedrona de crack ou um baseado do tamanho de um submarino. Você poderá usar tudo que quiser e, se tiver uma overdose, tudo bem, você já está morto mesmo.
O cara: Oba! Eu nuca havia imaginado que o inferno era um lugar tão legal!
Diabo: Você é gay?
O cara: Uh, não.
Diabo: Oooh, você vai odiar as sextas-feiras...

O noviço, recém admitido na Ordem, estava sendo entrevistado pelo Superior:


Superior:
— Nas segunda-feiras nós jogamos carta.
Noviço:
— Eu não jogo cartas!
Superior:Nas terça-feiras nós ingerimos bebidas alcoólicas.
Noviço:
— Não bebo nada que contenha álcool.
Superior:
— Nas quarta-feiras convidamos algumas garotas e curtimos a noite.
Noviço:
— Não quero nada relacionado a garotas!
Superior:
— O que há? Por acaso você é gay?
Noviço:
— Certamente que não!!!
Superior:
— Então você vai detestar o resto da semana!!!

Vocação para Escritor

Naquela segunda-feira, os alunos entregam a redação que a professora havia encomendado no final de semana.
Todo mundo entrega uma folhinha ou no máximo duas, somente o Joãozinho aparece com um calhamaço de papel encadernado.
- O que é isso, Joãozinho? - pergunta a professora.
- É a minha redação professora!
Cheia de curiosidade, a professora toma aquele enorme volume na mão. Abre a primeira página e lê: "A Grande Cavalgada". Vira a segunda: "Cataplóc, Cataplóc, Cataplóc" e na terceira: "Cataplóc, Cataplóc, Cataplóc" e na quarta: "Cataplóc, Cataplóc, Cataplóc".
E assim sucessivamente, ela vai lendo uma a uma, as novecentas e quarenta e cinco páginas do livro e em todas as mesmas palavras "Cataplóc, Cataplóc, Cataplóc".
Até que ela chega à última página "Cataplóc, Cataplóc, Cataplóc... ôôôôôôôôôaaaaa".

Sábado pela manhã, um baita sol, o sujeito põe a família no carro e decidem ir para a praia.

Na estrada, porém, ele é parado por um guarda.
— O senhor está multado - diz o guarda. - Está acima da velocidade permitida!
— Pô, seu guarda! Não faz isso comigo! O senhor vai estragar o meu fim de semana!
— Não seja por isso! Eu vou fazer a multa com data de segunda-feira!

Senhor, dê-me a serenidade necessária para aceitar as broncas do chefe, a coragem para eu me levantar todas as manhãs e ir para o trabalho e também a sabedoria para eu saber puxar o saco das pessoas certas.
Dê-me forças para eu poder me dedicar 100% ao meu trabalho (14% na segunda-feira, 18% na terça, 28% na quarta, 29% na quinta e 1% na sexta) e mantenha a minha mémoria lúcida quando alguém estiver me enchendo o saco, para que eu sempre use a lei da economia a meu favor.
Pois nunca quero esquecer que é necessário mover 12 músculos do rosto para dar um sorriso e apenas 4 para levantar o dedo médio e mandar o sujeito tomar no cu!
Amém!

Náufragos

Depois de um ano de trabalho duro, Vladmir saiu de férias e resolveu viajar em um caríssimo cruzeiro marítimo. Depois de duas semanas de viagem, o navio naufragou e somente ele e mais seis mulheres conseguiram se salvar, nadando até uma ilha deserta.
Passada uma semana, todas as mulheres queriam transar com ele e, diante desse terrível problema, Vladmir resolveu fazer uma proposta:
— Cada dia da semana eu transo com uma de vocês!
Sem opção, as mulheres aceitaram a proposta. Na segunda-feira Vladmir transava com a Renata. Na terça com a Júlia. Na quarta com a Fabiana. Na quinta com a Cláudia, na sexta com a Michelle e no sábado com a Patrícia. No domingo ele descansava porque ninguém é de ferro!
Após alguns meses nessa massacrante rotina, ele estava pescando e avistou um outro sujeito dentro de um pequeno barco, vindo em direção à ilha. Então ele pensou "Beleza! Agora eu vou poder dividir as mulheres com aquele cara! Vai sobrar mais tempo pra descansar!".
Depois de alguns instantes o sujeito chegou até a praia e Vladmir se apressou em ajudá-lo a descer do barco. Quando o novo visitante encostou na água deu um tremendo grito:
— Aaaaaaai, que horror! Que água mais gelada! Cruzes!
Vladmir, decepcionado, resmungou:
— Puta que o pariu... Lá se vai o meu domingo!

Regras da Casa

Um casal recém casado vai viver em sua nova casa. Ao entrar pela primeira vez na casa o homem diz:
— Se quer viver comigo as minhas regras são: Segundas e terças-feiras à noite vou tomar café com os amigos. Quartas-feiras à noite cinema com o pessoal. Quintas, sextas à noite cerveja com os colegas. Sábados pescaria com a turma, retornando domingo pela manhã. E aos domingos deito cedo para descansar. Se quer... Quer... Se não quer... Azar!
Então a mulher responde:
— Pra mim só existe uma regra: Aqui em casa tem sexo todas as noites. Quem está, está. Quem não está... Azar!

Basta pensar que existem piadas baseadas na verdade que podem derrubar governos, ou piadas que fazem as meninas rirem. Muitos segunda feira piadas e trocadilhos são piadas que deveriam ser engraçadas, mas algumas podem ser ofensivas. Quando as piadas vão longe demais, são cruéis ou racistas, tentamos silenciá-las e é ótimo se você nos der feedback sempre que uma piada se tornar intimidadora e inadequada.

Sugerimos usar apenas segunda feira brincadeiras para adultos e blagues para amigos. Algumas das piadas sujas e sujas são engraçadas, mas use-as com cautela na vida real. Tente se lembrar de piadas engraçadas que você nunca ouviu para contar a seus amigos e elas vão fazer você rir.

Piadas