AS 50 MELHORES Piadas de Sexta

Abaixo está nossa coleção de anedotas e lista de piadas engraçadas sobre Sexta . Existem algumas piadas sexta curtas que ninguém sabe (para contar aos seus amigos) e para fazer você rir alto.

Reserve algum tempo para ler aqueles trocadilhos e quebra-cabeças em que você faz uma pergunta com respostas ou onde a configuração é a conclusão. Esperamos que você encontre esses trocadilhos com sexta engraçado o suficiente para contar e fazer as pessoas rirem.

Top 10 Sexta piadas e trocadilhos mais engraçados

O chefe chega para a sua secretária e diz:


Marque a reunião para o sexta E a secretária diz:
Sexta se escreve com x ou s?
E o chefe para um pouco , pensa e diz:
Passe a reunião para o sábado

01. Ardição - Escorregar num tobogã de gilete, cair numa piscina de álcool e se enxugar com toalha de bombril 02. Rebeldia - Um cara morar sozinho e fugir de casa.
03. Lerdeza - No jogo de basquete, jogar uma bola na sexta e ela cair no sábado.
Ver uma corrida de lesmaem câmera lenta.
Apostar corrida sozinho e chegar em último lugar.

Um anão tava em um metrô.

ele ficava escorregando e sempre um cara ia lá e levantava ele, isso se repitiu cinco vezes, até que o cara foi levantar o anão pela sexta vez e perguntou:
— Você não consegue parar sentado sem escorregar?
O anão respondeu;
— Não é isso, é que já faz cinco paradas que eu to tentando descer e o senhor não me deixa!

Flexões na Praia

Um rapaz estava na praia fazendo flexões, como em toda a sexta-feira.
De repente surge um bêbado e começa a gargalhar ao seu lado.
O cara, sem parar seu exercício, pergunta:
— Ô manguaça, qual é a graça?
O bebum responde:
— Cara, você já pode parar porque a mulher que estava aí já saiu faz muito tempo.

Garanhão do Prédio

O marido chega em casa indignado e já vai contando para a esposa:
— Encontrei aquele trouxa do segundo andar se gabando de ser o maior garanhão. Sabe o que ele me disse? Que já comeu todas as mulheres aqui do prédio, menos uma.
E a esposa, prontamente, responde:
— Ah! Deve ser aquela nojentinha do sexto andar…

Certo dia os loucos se reunem e decidem fazer uma fuga.


Ja na segunda feira eles começaram o treinamento foi até a sexta feira todos os dias eles pulavam o muro e voltavam para dentro de novo.
No dia da fuga chega um louco desesperado e fala pessoal não vamos mais poder fugir (mas porque) perguntaram os loucos é que os caras derrubaram o muro!!!!!!

Lula e seus Ministros

O presidente Lula chama a sua secretária e diz:
— Por favor, marque uma reunião com os ministros para sexta-feira.
— Presidente, sexta-feira é com "s" ou com "x"? — pergunta a secretária.
O presidente pensa um pouco e responde:
— Marque para quinta.

O Segredo Do Sucesso

Toda semana preocupe-se em dedicar 100% ao trabalho:

12% nas segundas
23% nas terças
40% nas quartas
18% nas quintas
5% nas sextas


Nota: E o restante do tempo você pode usar para se dedicar à aprender matemática!

Uma loira lusitana estava falando com outra loira, pelo o telefone, ao final já se despedindo uma delas combina:


— Tá bom, então me telefone na sexta-feira!
E a outra:
— Tudo bem... Um momento deixa eu anotar na agenda...
Sexta é com "x" ou com "s"?
— Hummm .... Faz o seguinte: Me ligue no sabado!

Um belo dia o marido chega em casa furioso, e diz pra mulher:


— Ao passar lá em baixo pelo porteiro, ele me disse que já havia transado com todas as mulheres do prédio, menos uma.
A mulher distraída responde:
— Deve ser aquela convencida do sexto andar.

Qual o cumulo do basquete??
R= jogar a bola na sexta e acertar no sabado

Você pode explorar piadas para fazer com sexta curtas do Reddit, incluindo frases e brincadeiras. Leia-os e você entenderá quais piadas são engraçadas. Aqueles de vocês que têm adolescentes podem contar charadas de sexta limpo. Há também trocadilhos com sexta para crianças, 5 anos, meninos e meninas.

Sexta-feira passada(Páscoa) duas bichinhas estavam na luta a procura, quando passa um baita marinheiro todo garboso, as bichas ficam logo alvoroçadas, uma diz:
— Calma, Brigitte, hoje é proibido, é sexta-feira Santa não se pode comer carne!! - E quem disse que marinheiro é carne, marinheiro é peixe...

No gabinete do ministro:


— Marca uma reunião com os ministros para sexta-feira — diz o ministro.
— Sexta-feira é com "s" ou com "x"? — pergunta a secretaria.
O ministro após pensar um pouco responde:
— Marca para quinta!

Na segunda-feira de manhã o Senador irritado diz para a secretária:


— Dona Betty, marca uma reunião com a CPI para sexta-feira!
A secretária com a maior cara de pau, responde...
— Senhor senador, sexta se escreve com s ou ç?
O senador responde:
— Marca para quinta!!!

P: Qual o cúmulo da lerdeza?
R: Assistir a uma corrida de lesma em câmera lenta.
P: Qual o cúmulo da pobreza?
R: Vender o almoço pra comprar a janta.
P: Qual o cúmulo do basquete?
R: Jogar na sexta e cair no sábado.
P: Qual o cúmulo da paciência?
R: Esperar encher um balde furado numa torneira entupida.

Toda sexta, as 20 horas um cara chegava em um bar, e pedia 3 cervejas para o garçom, as 3 ao mesmo tempo.

Tomava uma, a outra, a terceira, pagava a conta, levantava e ia embora. Uma bela sexta o garçom, já intrigado com aquilo, perguntou para o homem:
— Desculpe minha curiosidade, mas porque o senhor toma 3 cervejas toda sexta no mesmo horário?
E o homem respondeu:
— Porque tenho 2 irmãos, e cada um de nos mora longe. Assim, toda sexta, as 20 horas, cada um de nos entra em um bar e pede 3 cervejas. Tomamos uma por cada um de nós. E o nosso modo de manter contato e pensarmos um nos outros.
Uma bela sexta, o homem entra no bar e o garçom pergunta:
— Três cervejas, como sempre?
E o homem diz:
— Não. Apenas duas.
O garçom gela. Um dos irmãos dele morreu, pensa. Meio sem jeito, traz duas cervejas e pergunta para o homem:
— Desculpe-me amigo, mas é que sempre são 3 cervejas. Aconteceu alguma coisa com algum irmão seu?
E o homem:
— Não, estão todos bem. É que eu parei de beber!

Um casal morava no decimo sexto ardar de um predio e o marido era viagante, marido sismado que a mulher o traia resolveu investigar, disse que iria fazer uma viagen, saio de casa de manha e depois de umas duas horas voltou. Bateu na porta e a mulher pelada critando para o amante e meu marido. O marido quebra a porta e entra gritando cade ele que eu mato. Saiu procurando quando chegou na sacada do predio so viu a ponta dos dedos pegou um taco de basebol e deu lhe duas pancadas na mao. Nao conseguindo segurar caiu la em baixo se esborrachando no chao o marido ainda furioso e nao contente pegou a sua geladeira e jogou em cima, ainda nao contente e para saber se ele havia morrido pulou atras. Morrendo tambem. Chegou na fila de ir para o ceu ou nao, mas so entrava no ceu quem teve uma morte sofrida, entao o marido na fila e sao pedro pergunta para ele se ele teve uma morte sofrida e ele respondeu que sim, que saiu para viajar e voltou pecando sua mulher nua e um homem pendurado na sacada peguei um taco de baseibol e dei-lhe uma pancada em cada mao fazendo ele cair. Para ter certeza que tinha morido joguei minha geladeira e nao contente ainda pulei para ver se realmenti tinha matado ele. Pode entrar para o ceu. Sao pedro perguntou para o segundo homem na fila qual tinha cido a morte dele e ele respondeu. Estava pintando o decimo setimo andar em cima de um andaime quando quebrou a corda por sorte cai e consegui me segurar no decimo sexto quando um filho da puta com um taco na mao me deu duas pancadas na mao nao aguentando segurar cai la em baixo o filho da puta nao contente ainda jogou uma geladeira em cima de mim. Pode entrar para o ceu. E um terceiro homem quieto na fila. Sao pedro perguntou qual tinha cido sua amorte e ele respondeu nao sei so sei que estava dentro de uma geladeira.

Porta CDs

O cara foi num motel numa sexta-feira. Assim que entrou, reconheceu o carro do amigo que se encontrava estacionado e com o vidro do carona semi-aberto. Na mesma hora lhe veio a vontade de fazer uma gozação com o amigo, foi ate la e reparou que havia um porta CDs no painel. Sem nenhum esforco pegou o porta CDs e se mandou para curtir sua transa. No dia seguinte ligou para o amigo e esperando sua reação, lhe perguntou:
— E ai, o que conta de novo?
E o amigo respondeu:
— Tô muito puto da vida. Minha mulher pegou meu carro sexta-feira para ir a casa da mãe dela e lá alguém conseguiu abrir o carro e roubou todos os meus CDs.

Buquê de Flores

Em uma segunda-feira como outra qualquer, a morena chega ao escritório desanimada e uma colega de trabalho loira pergunta:
— O que foi, amiga? Por que essa cara?
— Ah, é que sexta-feira o meu marido chegou em casa com um buquê de flores...
— Ué! — estranha a loira — E isso não é bom?
— Bom nada! Por causa desse maldito buquê eu tive que passar o fim de semana inteiro de pernas abertas!
— Sério? — pergunta a loira, assustada — Mas será possível que não tem nenhum vaso na sua casa?

Tradições na Família

Ainda novo, um rabino falece tragicamente em um acidente. Como ele vivia em uma comunidade pequena, todos se conhecem e, depois de algum tempo, acabam aconselhando à jovem esposa para que ela volte a se casar.
Na comunidade havia somente um candidato disponível e era um mecânico, simpático mas de pouca educação formal. Embora relutasse muito no início, pois era habituada a viver com uma pessoa erudita, a viúva finalmente aceita. Após o casamento, na sexta-feira, véspera de Shabat, após o banho ritual no mikve, o mecânico fala para sua nova esposa:
— Minha mãe sempre falou que era uma boa ação praticar sexo antes de ir para a sinagoga.
E foi dito e feito.
Voltando da sinagoga ele fala:
— Segundo meu pai, é uma santa obrigação fazer sexo antes de acender as velas de Shabat.
Foi dito e feito, de novo.
Pouco antes de irem dormir, o mecânico volta:
— Meu avô sempre disse que é costume fazer sexo no Shabat.
E mais uma vez fazem sexo.
Amanhecendo o dia seguinte ele diz:
— Minha tia Sara, muito religiosa, me disse certa vez que um bom judeu não começa a manhã de Shabat sem ter sexo.
E novamente fazem sexo.
A viúva, já no domingo, sai para fazer compras. No mercado encontra com várias amigas, que perguntam:
— E aí? Que tal é o novo marido?
— Bom. — responde ela — ele não é letrado como o falecido rabino, mas vem de uma família maaaaaaaa-raaaaaa-vilhooooosa!

Casada Oito Vezes

Um advogado casou com uma mulher que havia sido casada oito vezes. Na noite de núpcias, no quarto do hotel a noiva disse:
— Por favor meu bem, seja gentil. Ainda sou virgem!
Perplexo, sabendo que ela havia sido casada oito vezes, o noivo pediu para que ela se explicasse.
— Ela respondeu:
— Meu primeiro marido era psicólogo. Ele só queria conversa sobre sexo;
— Meu segundo marido era ginecologista. Ele só queira examinar o local;
— Meu terceiro marido era colecionador de selos. Ele só queria lamber;
— Meu quarto marido era gerente de vendas. Ele dizia que sabia que tinha o produto, mas não sabia como utiliza-lo;
— Meu quinto marido era engenheiro. Ele dizia que compreendia o procedimento básico, mas que precisava de três anos para pesquisar, implementar e criar um método de utilização;
— Meu sexto marido era funcionário público. Ele dizia que compreendia perfeitamente como era, mas que não tinha certeza se era da competência dele;
— Meu sétimo marido era técnico de informática. Ele dizia que se estava funcionando, era melhor ele não mexer;
— Meu oitavo marido era analista de suporte. Depois de dar uma olhada, ele disse que as peças estavam todas perfeitas, mas que não sabia porque o sistema não funcionava.
— Por isso agora estou me casando com um advogado.
— Por que eu? — Disse o advogado.
— Porque tenho certeza que você vai me foder!

O Preço Não Importa

Acompanhado de uma belíssima mulher, o sujeito entrou na joalheria e mandou que ela escolhesse a joia que quisesse, sem se preocupar com o preço. Examina daqui, experimenta uma, depois outra, ela finalmente decide por um colar de ouro com diamantes e rubis. Preço: R$ 38.000,00.
Ele manda embrulhar, saca um talão de cheques e começa preencher. Assina, destaca e ao estendê-lo, percebe a fisionomia constrangida e preocupada do vendedor examinando o cheque. O cliente, então num gesto de gentleman, toma a iniciativa:
- Vejo que você está pensando que o cheque pode não ter fundos. É natural, eu também desconfiaria, afinal, uma quantia tão grande. Tudo bem. Façamos o seguinte: Hoje é sexta-feira e o banco já fechou. Você fica com o cheque e com a joia. Na segunda-feira, você vai ao banco, pega o dinheiro e manda entregar a joia na casa dela, ok?
Cheio de mesuras e agradecimentos pela compreensão o vendedor encaminha o casal até a saída, desejando-lhes um bom fim de semana.
Na segunda-feira, o vendedor ligou para o cliente para dizer-lhe que, infelizmente, deve ter havido algum equívoco do banco, mas o cheque não tinha fundos. Ouviu, então, uma voz meio sonolenta:
- Sem problema. Pode rasgar o cheque. Já comi!

Fecha Amanha?

Uma tia minha foi a Portugal e numa loja viu um vestido lindo. Isto era sexta-feira e ela perguntou:
- O senhor fecha amanhã?
- Não!
- Então eu vou vir amanhã aqui com o meu marido para ele ver este vestido!
E no dia seguinte (sábado) ela chegou com o marido e nada da loja abrir. Aí ela desistiu e foi embora.
Na Segunda feira ela chegou brava e falou:
- O senhor falou para mim que não fechava no sábado e cheguei aqui e a loja estava fechada!!!!
- Ora pois pois, eu não fecho mais também não abro!

Português que gosta de correr

O português comprou um Fusca, e gostava muito de correr. Então foi ele, primeira marcha, segunda, terceira, quarta, quinta e bum, o motor explodiu.
Então comprou um Gol. Primeira marcha, segunda, terceira, quarta, quinta e bum, explodiu.
Então lá pelo décimo carro se cansou e comprou um Nissan Skyline totalmente tunado. Lá foi o Manuel. Primeira marcha, segunda, terceira, quarta, quinta, sexta e buuum, explodiu. Então foi reclamar:
- Comprei esse carro mas ele explodiu. Então o vendedor:
- Como você dirige??? Manuel?
- Eu vou correr, então ponho a primeira, segunda, terceira, quarta, quinta, sexta e quando ponho no R de RAPIDÃO ele explode.

Morte da Vaquinha

Um dia a mulher acordou, olhou pela janela e viu que a única vaquinha que eles tinham estava morta. A Velha ficou desesperada. E agora como iam alimentar a família? A vaquinha era o único bem que tinham. Deprimida, a mulher se suicidou.
Quando o marido acordou e viu a mulher e a vaquinha morta, ele não agüentou e teve um ataque cardíaco fulminante.
O filho mais velho acordou e viu a situação. Tomou uma decisão drástica: foi ate o rio para se afogar. Quando chegou no rio, deu de cara com uma sereia:
— Eu sei o que aconteceu com a sua família!
Disse a sereia:
— Mas se você transar comigo cinco vezes seguidas, eu trago todo mundo de volta!
O cara mandou ver. Mas só agüentou quatro vezes, na quinta ele broxou. A sereia ficou nervosa e o jogou no rio onde ele morreu afogado.
Então acordou outro irmão. Foi ate o rio atrás do irmão mais velho e encontrou a sereia.
— Se você transar comigo sete vezes seguidas, eu trago todo mundo de volta! — propôs a sereia.
O cara mandou ver, mas na sexta transada ele não agüentou e broxou. A sereia afogou ele no rio.
Então foi a vez do caçula, com doze anos. Ele foi ate o rio e encontrou a sereia.
— Se você transar comigo dez vezes, eu trago todo mundo de volta! — propôs a sereia.
— Dez vezes? — pergunta o caçula — E se você não agüentar e morrer que nem a vaquinha?

O Camelo e o Burro

No meio do deserto um camelo e um burro encontram a primeira poça de água. O camelo se adianta e bebe toda a água. O burro indignado questiona:
- Por que não deixou nada pra mim?
O camelo responde:
- Cale a boca, burro! Eu sei o que estou fazendo.
E o mesmo aconteceu na segunda, terceira e quarta poças de água.
Na sexta poça o burro questiona:
- Por que não deixou nada pra mim?
E o camelo responde:
- Cale a boca, burro! Eu sei o que estou fazendo.
Se você prestou atenção, deve querer saber por que pulei quinta poça. O motivo é:
- Cale a boca, burro! Eu sei o que estou fazendo.

Garoto da campainha

O Quinzinho era o melhor aluno da turma, até que um dia a professora pediu para os alunos fazerem uma redação sobre a lógica, toda a turma se pôs a escrever menos o Quinzinho, passado quinze minutos a professora foi falar com ele:
P: Então Quinzinho que se passa?
Q: Professora deixe-me!
Faltavam quinze minutos para acabar a aula e voltou a professora:
P: Então Quinzinho, não escreves nada?
Pelo que o Quinzinho respondeu:
Q: Professora, eu por palavras sei dizer o que é a lógica, mas não consigo escrever.
P: Então diz lá.
Q: A lógica... A lógica é... Por exemplo, eu moro num sexto andar, todos os dias antes de vir para a escola, eu toco nas campainhas do quinto, do quarto, terceiro, do segundo e do primeiro andar, quando vou almoçar toco nas campainhas do primeiro, do segundo, do terceiro do quarto e do quinto andar, quando venho à tarde toco nas campainhas do quinto, do quarto, do terceiro, do segundo e do primeiro andar, quando à noite volto para casa, eu toco nas campainhas do primeiro, do segundo, do terceiro, do quarto e do quinto andar, pela lógica Senhora Professora, eu devia ser o Quinzinho das Campainhas, mas não, é aquele filho da puta do sexto andar...

Um português leva sua esposa para fazer um exame tipo check-up anual em um médico e o mesmo, após examinar sua esposa, lhe diz:
— Sua esposa está muito bem de saúde, mas para que ela conserve esta saúde, é necessário que faça bastante sexo...
— Quantas vezes é necessário por semana, doutor?
— Pelo menos umas três vezes... Assim tipo Segunda, Quarta e Sexta, para intercalar...
— Tudo bem, doutor... Segunda e Quarta, dá, mas Sexta eu não poderei trazer ela aqui para o senhor, por que tenho que jogar bocha, lá no clube...

O sujeito morre e vai para o inferno.

Ao vê-lo com ar entristecido, o Diabo apressa-se em apresentar-lhe as coisas boas.
— Às segundas-feiras, nós fazemos aqui o Dia da Bebida... uísque, vinhos, cerveja...
— Eu não bebo!
— Que pena! - diz o diabo. - Às terças é o Dia do Cigarro... Temos as melhores marcas...
— Eu não fumo!
— Às quartas é dia de Jogo! Temos tudo: pôquer, cavalos...
— Eu não jogo!
— Às quintas é o dia da Droga! Maconha, cocaína, heroína...
— Desculpe, mas não uso drogas.
— Escuta, você é gay? - pergunta o diabo, estarrecido com tantas negativas.
— Não!
— Ih! Então você também vai odiar as sextas-feiras!

Lembranças Vergonhasas

Na roda do bar, três velhos amigos relembram a maior vergonha que passaram na vida:
- Quando eu tinha uns oito anos - contava o primeiro - eu subi num caixote para espiar a minha irmã no banho. Tava ali todo empolgado, quando de repente ela se vira, me vê na janela e dá o maior grito.
Levei um susto tão grande que caí do caixote... Maior vergonha, cara! Fiquei uma semana sem poder olhar pra cara dela.
- E eu, devia ter uns dez anos - começou o segundo - meu pai me pegou fazendo troca-troca com o filho do vizinho. Passei o maior carão.
Fiquei um mês sem poder olhar a cara do velho!
- Isso não é nada - disse o terceiro. - E a minha mãe que me pegou batendo uma punheta, enquanto espiava a empregada trocando de roupa. Até hoje, não tive coragem de olhar na cara dela!
- Ah! Otávio, você está exagerando! Quanto tempo faz que isso aconteceu?
- Foi na sexta-feira passada!

Curiosidade do Menino

Uma criança está dentro do carro do seu pai, quando avista duas prostitutas na calçada.
— Pai, quem são aquelas senhoras?
O pai meio embaraçado, responde:
— Não interessa, filho... Olha antes para esta loja... Já viu os lindos brinquedos que tem?
— Sim, sim, já vi. Mas... quem são as senhoras e o que é que estão fazendo ali paradas?
— São... são... São senhoras que vendem na rua.
— Ah, sim! Mas vendem o quê? — pergunta admirado o garoto.
— Vendem... vendem... Sei lá... vendem um pouco de prazer.
O garoto começa a refletir sobre o que o pai lhe disse e, quando chega em casa, abre a sua carteira com a intenção de ir comprar um pouco de prazer.
Está com sorte! Pode comprar 50 reais de prazer! No dia seguinte vai ver uma prostituta e pergunta-lhe:
— Desculpe, minha senhora, mas pode-me vender 50 reais de prazer, por favor?
A mulher fica admirada e por momentos não sabe o que dizer mas, como a vida está difícil, ela aceita, leva o garoto para casa dela e prepara-lhe seis pequenas tortas de morangos. Já era tarde quando o garoto chega em casa. O seu pai, preocupado pela demora do filho, pergunta-lhe onde ele tinha estado. O garoto olha para o pai e diz:
— Fui ver uma das senhoras que nós vimos ontem para lhe comprar um pouco de prazer!
O pai fica amarelo:
— E... e então... como é que se passou?
— Bom, as quatro primeiras não tive dificuldade; a quinta levei quase uma hora e a sexta foi com muito sacrifício, tive quase que empurrar com o dedo, mas comi mesmo assim. Ao final, estava todo lambuzado, derramei creme por todo o chão e a senhora me convidou para voltar amanhã, posso ir?
O pai cai de costas.

Após uma longa e caliente lua de mel o maridão todo cheio de nove horas diz para a esposa:


— Querida, nossa lua de mel foi uma maravilha, mas existem algumas regras que você deve saber e respeitar para termos o nosso casamento feliz.
— Ok. Querido! Quais são as regras?
— Bem, nas segundas e quartas, eu tenho um compromisso sagrado: eu saio para jogar futebol com os amigos. Eu já faço isso há anos com a mesma turma da faculdade, não vai nenhuma mulher e com casamento ou sem casamento eu vou!
— Ok. Meu amor! Tudo bem!
— Bem, nas terças e quintas, eu tenho um outro compromisso sagrado: eu saio para ir a sauna com os amigos. Eu já faço isso há anos, com alguns amigos.
Não vai nenhuma mulher e com casamento ou sem casamento eu vou!
— Ok. Meu amor! Tudo bem!
— Nas sextas-feiras eu tenho um compromisso quase profissional: eu saio para tomar cerveja com o pessoal do escritório. É o lado social do nosso trabalho... você sabe como é! Eu já faço isso há anos...
Não vai nenhuma mulher e com casamento ou sem casamento eu vou!
— Ok. Meu amor! Tudo bem!
— Poxa! Que bom que você entendeu tudo direitinho!
Encontrei a mulher certa! A minha turma vai ficar morrendo de inveja da minha sorte!
— Vamos nos dar muito bem, querida...
Quando ela faz um aparte...
— Espere um pouquinho meu amor! Eu também tenho uma regra que eu quero continuar seguindo, é apenas uma, e depende muito de você!
— E qual é, meu amor?
— Todas as noites, com marido ou sem marido, eu transo!

Um náufrago de sorte

Depois de um ano de trabalho duro, Vladmir saiu de férias e resolveu viajar em um caríssimo cruzeiro marítimo. Depois de duas semanas de viagem, o navio naufragou e somente ele e mais seis mulheres conseguiram se salvar, nadando até uma ilha deserta.

Passada uma semana, todas as mulheres queriam transar com ele e, diante desse terrível problema, Vladmir resolveu fazer uma proposta:

— Cada dia da semana eu transo com uma de vocês!

Sem opção, as mulheres aceitaram a proposta.
Na segunda-feira Vladmir transava com a Renata. Na terça com a Júlia. Na quarta com a Fabiana. Na quinta com a Cláudia, na sexta com a Michelle e no sábado com a Patrícia.

No domingo ele descansava porque ninguém é de ferro! Depois de alguns meses nessa massacrante rotina, ele estava pescando e avistou um outro sujeito dentro de um pequeno barco, vindo em direção à ilha. Então ele pensou "Beleza! Agora eu vou poder dividir as mulheres com aquele cara! Vai sobrar mais tempo pra descansar!".

Depois de alguns instantes o sujeito chegou até a praia e Vladmir se apressou em ajudá-lo a descer do barco. Quando o novo visitante encostou na água deu um tremendo grito:

— Aaaaaaai, que horror!!! Que água mais gelada! Cruzes!!!

Vladmir, decepcionado, resmungou:

- Puta que o pariu... Lá se vai o meu domingo!!!

Um jacaré surpreendente

Em uma noite de sexta-feira, todos estão no bar bebendo cerveja até que aparece um maluco, com um jacaré a tiracolo.

— Eu quero fazer um trato com vocês! — grita ele, colocando o jacaré no balcão.

— Vou deixar o meu pênis na boca desse jacaré durante um minuto e se, quando eu tirar, ele ainda estiver intacto, cada um de vocês me paga uma cerveja!

— Manda ver! Duvido! Demorou! — desafiam os freqüentadores do bar.

Então ele abaixa as calças e coloca o pênis na boca do jacaré, que fecha a boca lentamente.

— Ohhhhh! — aplaudem todos.

Depois de um minuto, o homem pega uma garrafa de cerveja e, delicadamente, bate na cabeça do jacaré, que abre a boca e deixa ele tirar o pênis. Intacto!

— Ohhhhh! — exclamam todos.

— Muito obrigado! Muito obrigado! — agradece o corajoso.

— Agora eu quero fazer uma outra proposta: eu pago cem reais para quem quiser tentar fazer o mesmo!

Silêncio geral.

De repente uma loira cutuca o sujeito e se apresenta:

— Eu posso tentar... Mas prefiro que você não me bata com a garrafa na cabeça!

Advogados

Um advogado casou com uma mulher que havia sido casada 12 vezes. Na
noite de núpcias, no quarto do hotel, a noiva disse:
* "Por favor, meu bem, seja gentil. Ainda sou virgem."
Perplexo, já que ela havia sido casada 12 vezes, o noivo pediu a ela
que se explicasse. Ela respondeu:
* Meu primeiro marido era psiquiatra. Ele só queria conversar sobre
sexo.
* Meu segundo marido era ginecologista. Ele só queria examinar o local.
* Meu terceiro marido era colecionador de selos. Ele só queria lamber.
* Meu quarto marido era Gerente de Vendas. Ele dizia que sabia que
tinha o produto, mas não sabia como utilizá-lo.
* Meu quinto marido era do Departamento de Telemarketing. Ele dizia que
tinha os pedidos, mas que não sabia quando ia poder entregar o produto.
* Meu sexto marido era Engenheiro. Ele dizia que compreendia o
procedimento básico, mas que precisava de três anos para pesquisar,
implementar e criar um método revolucionário.
* Meu sétimo marido era Servidor Publico. Ele dizia que compreendia
perfeitamente como era, mas que não tinha certeza se era da competência
dele.
* Meu oitavo marido era Técnico de CPD. Ele dizia que se estava
funcionando era melhor ele não mexer.
* Meu nono marido era Gerente de Treinamentos. Ele sempre dizia: "Quem quer
ensinar tem que aprender primeiro" e só ficava estudando.
* Meu décimo marido era Analista de negócios e passava o nosso
casamento todo dizendo de forma grandiosa que "Isso vai ser fantástico para
você".
* Meu décimo-primeiro marido era Gerente de Sistemas . Ele tinha
certeza que devia estar funcionando, e vivia prometendo mandar alguém dar
uma olhada.
* Meu décimo-segundo marido era Analista de Suporte. Depois de dar uma
olhada, ele disse que as peças estavam todas perfeitas mas que não
sabia porque o sistema não funcionava.
* Por isso agora estou casando com um advogado, porque eu tenho certeza que
você vai me foder...

Um sujeito está jogando golfe na Irlanda e está no décimo-sexto buraco.

Ele dá uma tacada e a bolinha cai no meio de um bosque. Ele vai atrás da bolinha, e acaba achando-a sobre a cabeça de um homenzinho com menos de um metro de altura, caido no chão por causa da pancada.
— Meu Deus! - exclama ele, reanimando o homenzinho - Espero que você não tenha se machucado.
— Você me apanhou - responde o homenzinho - E tenho que lhe satisfazer três desejos. Eu sou un duende, e esta é a lei.
— Eu não quero nada não. - diz o sujeito indo embora - Estou muito feliz que não tenha acontecido nada.
Depois que o sujeito foi embora, o duende pensa e resolve satisfazer três desejos assim mesmo, para não faltar com a lei. Ele decide, por conta própria, dar-lhe dinheiro ilimitado, um jogo de golfe perfeito e uma performance sexual total.
Um ano se passa e o mesmo sujeito está jogando golfe e, no décimo-sexto buraco vê o bosque, e entra para ver se encontra o duende. Ele está lá, no mesmo lugar.
— Que bom encontrá-lo por aqui. - diz o duende - Me diz, como está seu jogo de golfe?
— Maravilha! - responde o sujeito - Não erro uma tacada!
— Eu fiz isso por você - diz o duende - E como você está de dinheiro?
— Bem, já que você mencionou, a cada vez que enfio a mão no bolso retiro uma nota de 100.
— Eu fiz isso por você - continua o duende - E sua vida sexual, como está?
— Uma ou duas vezes por semana. - diz o sujeito.
— Só uma ou duas vezes por semana? - espanta-se o duende.
O sujeito responde:
— Ué! Não é nada mal para um padre!

Sexta-feira à tarde, dois funcionários de um importante banco ficam presos no cofre.

Ao perceberem o ocorrido, um deles entra em pânico:
— Meu Deus! E agora? Essa porta é automática, só abre nos dias úteis!
Imediatamente o outro, um pouco mais calmo, saca a sua calculadora financeira e depois de muitas multiplicações e divisões chega à seguinte conclusão:
— Tenho duas notícias pra te dar!
— Fala, fala! Fala, logo!
— De acordo com a média de consumo de oxigênio de um ser humano, se permanecermos a maior parte do tempo em repouso, o ar vai dar exatamente até segunda-feira às três e quinze da tarde!
— Ufa! Graças a Deus! Qual a outra notícia?
— Segunda-feira é feriado!

Teste da farinha

Manuel entra em uma farmácia e pergunta ao balconista:
- Xi faiz favoire, o senhor pode me vender um pouquinho de farinha?
O balconista, atônito, respondeu:
- Farinha? Eu não vendo farinha.
O português foi embora, mas no dia seguinte ele voltou:
- Bom dia, senhor! Tem farinha hoje?
O balconista, impaciente, respondeu:
- Não, hoje não! - e deu as costas para o português.
Ele foi embora chateado, mas acabou voltando no dia seguinte, e no seguinte e no seguinte. Até que no sexto dia ele não agüentou mais.
- Oilá. - disse o português.
- Bom dia!
- Adivinha o que estou precisando comprar?... Farinha!!
O balconista desesperadamente respondeu:
- Eu não agüento mais o senhor aqui todo o dia me pedindo farinha. Será que não deu pra perceber que isso aqui é uma farmácia e que em farmácias ninguém compra farinha?
Ao ouvir tamanha bronca o português ainda insistiu:
- Ninguém compra, porque você não vende. Se vendesse...
O balconista perdeu o sentido e antes que o português terminasse, ameaçou:
- Se o senhor me aparecer aqui novamente e pra me pedir farinha, eu juro que vou pregar seus pés na calçada.
Ao ouvir isso o português saiu de fininho. Mas por incrível que pareça, ele voltou:
- Bom dia! Xi faiz favoire?
O balconista ao ver o português já arregaça as mangas e começa a espumar de ódio. O português então pergunta ao balconista:
- O senhor tem pregos?
O balconista, aliviado, responde:
- Não, claro que não...
- Ah, então o senhor me veja um pouquinho de farinha!

O Cachorro e o Coelho

Eram dois vizinhos. O primeiro vizinho comprou um coelhinho para os filhos. Os filhos do outro vizinho pediram um bicho para o pai. O homem comprou um pastor alemão.
Papo de vizinho:
— Mas ele vai comer o meu coelho.
— De jeito nenhum. Imagina. O meu pastor é filhote. Vão crescer juntos, pegar amizade. Entendo de bicho. Problema nenhum.
E parece que o dono do cachorro tinha razão. Juntos cresceram e amigos ficaram. Era normal ver o coelho no quintal do cachorro e vice-versa. As crianças, felizes.
Eis que o dono do coelho foi passar o final de semana na praia com a família e o coelho ficou sozinho. Isso na sexta-feira.
No domingo, de tardinha, o dono do cachorro e a família tomavam um lanche, quando entra o pastor alemão na cozinha. Pasmo. Trazia o coelho entre os dentes, todo imundo, arrebentado, sujo de terra e, claro, morto.
— O vizinho estava certo. E agora?
— E agora eu quero ver!
A primeira providência foi bater no cachorro, escorraçar o animal, para ver se ele aprendia um mínimo de civilidade e boa vizinhança. Claro, só podia dar nisso. Mais algumas horas e os vizinhos iam chegar. E agora? Todos se olhavam. O cachorro chorando lá fora, lambendo as pancadas.
— Já pensaram como vão ficar as crianças?
— Cala a boca! Não se sabe exatamente de quem foi a idéia, mas era infalível.
— Vamos dar um banho no coelho, deixar ele bem limpinho, depois a gente seca com o secador da sua mãe e o colocamos na casinha dele no quintal.
Como o coelho não estava muito estraçalhado, assim fizeram. Até perfume colocaram no falecido. Ficou lindo, parecia vivo, diziam as crianças. E lá foi colocado, com as perninhas cruzadas, como convém a um coelho cardíaco. Umas três horas depois eles ouvem a vizinhança chegar. Notam os gritos das crianças. Descobriram! Não deram cinco minutos e o dono do coelho veio bater à porta. Branco, assustado. Parecia que tinha visto um fantasma.
— O que foi? Que cara é essa?
— O coelho... O coelho...
— O que que tem o coelho?
— Morreu!
— Morreu? Ainda hoje à tarde parecia tão bem...
— Morreu na sexta-feira!

O Convertido Pervertido

Depois que a esquadra de Cabral chegou ao Brasil, logo em seguida vieram dúzias de aproveitadores de todos os tipos: caçadores de diamantes, garimpeiros, aventureiros, indiófilos e... Missionários, sempre em busca de novos clientes.
Certo dia, o Padre Bento acaba de converter mais um e está mergulhando-o nas águas de um pequeno córrego:
— A partir de agora, te chamarás João e não mais Tiribuci, e a partir de agora cumprirá todas as obrigações impostas pela Igreja Católica e amanhã, Sexta-feira Santa, não comerás carne, somente peixe!
No dia seguinte pela manhã, o padre encontra o ex-Tiribuci, às margens do mesmo córrego, enfiando a cabeça de uma capivara na água.
— A partir de agora — dizia ele. — Te chamarás peixe e não mais capivara!

Sexta-feira à noite a polícia pára um sujeito dirigindo seu carro em zigue-zague.

O guarda pergunta se ele bebeu.
— Pois é - responde o motorista - Eu e uns amigos paramos num bar e tomamos uns cinco ou seis chopes.
Aí deram um tal de Happy Hour e serviram uma tal de margarita, que era muito boa. Tomei umas quatro ou cinco. Aí eu tive que levar o Miguel para casa e acabei tomando duas latas de cerveja. Prá não ofendê-lo, é claro. Aí eu parei no caminho de casa e tomei uma garrafa...
O guarda sorri e diz:
— Eu vou ter que pedir para o senhor soprar no bafômetro.
O motorista responde, espantado:
— Por quê? O senhor não acredita em mim?

Endereço Eletronico Errado

Um casal decide passar férias numa praia do Caribe, no mesmo hotel onde passaram a lua de mel a 20 anos atrás.
Por problemas de trabalho, a mulher não pode viajar com seu marido, deixando para ir uns dias depois.
Quando o homem chegou e foi para seu quarto do hotel, viu que havia um computador com acesso a internet, então decidiu enviar um e-mail a sua mulher, mas errou uma letra sem se dar conta e o enviou a outro endereço...
O e-mail foi recebido por uma viúva que acabara de chegar do enterro do seu marido e que ao conferir seus e-mails desmaiou instantaneamente.
O filho ao entrar na casa, encontrou sua mãe desmaiada, perto do computador, que na tela poderia se ler:
- Querida esposa: Cheguei bem. Provavelmente se surpreenda em receber noticias minhas por e-mail, mas agora tem computador aqui e pode enviar mensagens à pessoas queridas. Acabo de chegar e já me certifiquei que já está tudo preparado para você chegar na sexta que vem. Tenho muita vontade de te ver e espero que sua viagem seja tão tranquila como está sendo a minha.
OBS: Não traga muita roupa, porque aqui faz um calor infernal!!!!

Dublê Português

Um dublê português estava fazendo o papel de Jason Voorhees. Os criadores do filme Sexta-Feira 13 mandaram o dublê colocar lentamente a faca no pescoço de uma atriz para depois gravar a cena e fazer efeito de câmera rápida e finalizar com animação 3D. O gravador gritou:
- Luz, câmera, ação!
O português colocou lentamente a faca no pescoço da atriz. Quando a ponta da faca encostou no pescoço, o cara da gravação gritou:
- Corta!
E o português cortou.

O Emprego do Juvenal

Juvenal estava desempregado há meses. Com a resistência que só os brasileiros têm, Juvenal foi tentar mais um emprego em mais uma entrevista.

Ao chegar no escritório, o entrevistador perguntou:
- Qual foi seu último salário?

- "Salário mínimo", respondeu Juvenal.

- Pois se o Senhor for contratado, ganhará 10 mil dólares por mês!

- Jura?

- Que carro o Senhor tem?

- Na verdade, agora eu só tenho um carrinho pra vender pipoca na rua e um carrinho de mão!

- Pois se o senhor trabalhar conosco, ganhará um Audi para você e uma BMW para sua esposa! Tudo zero!

- Jura?

- O senhor viaja muito para o exterior?

- O mais longe que fui foi pra Belo Horizonte, visitar uns parentes...

- Pois se o senhor trabalhar aqui viajará pelo menos 10 vezes ao ano, para Londres, Paris, Roma, Mônaco, Nova Iorque...

- Jura?

- E digo mais... O emprego é quase seu. Só não confirmo agora por que tenho que falar com meu gerente. Mas é praticamente garantido. Se até amanhã, sexta-feira, à meia-noite o senhor NÃO receber um telegrama nosso cancelando, pode vir trabalhar na segunda-feira.

Juvenal saiu do escritório radiante. Agora era só esperar até a meia-noite da sexta-feira e rezar para que não aparecesse nenhum maldito telegrama.

Sexta-feira mais feliz não poderia haver. Juvenal reuniu a família e contou as boas novas, e convocou o bairro todo para uma churrascada comemorativa.

Sexta à tarde já tinha um barril de chopp aberto. Às 9 horas da noite a festa fervia. A banda tocava, o povo dançava, a bebida rolava solta.

Dez horas, e a mulher de Juvenal, aflita, achava tudo um exagero.

A vizinha gostosa e interesseira já se jogava pra perto do Juvenal. E a banda tocava... E o chopp gelado rolava... O povo dançava!

Onze horas, Juvenal já era o rei do bairro. Gastaria horrores para o todos encherem a pança, tudo por conta do primeiro salário. E a mulher resignada, meio aflita, meio alegre, meio assustada.

Onze horas e cinqüenta e cinco minutos... Vira na esquina buzinando feito louca uma moto amarela... Era do Correio!

A festa parou! A banda calou! A tuba engasgou! Um bêbado arrotou! Um cachorro uivou! Meu Deus, e agora? Quem pagaria a conta da festa?

- Coitado do Juvenal! Era a frase mais ouvida.

Jogaram água na churrasqueira! O chopp esquentou! A mulher do Juvenal desmaiou! A moto parou!

- Senhor Juvenal Batista Romano Barbieri?

- Si-si-sim, so ... sou eu...

A multidão não resistiu...

- OOOOOHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!

- Telegrama para o senhor...

Juvenal não acreditava...

Pegou o telegrama, com os olhos cheios d'água, ergueu a cabeça e olhou para todos. Silêncio total. Respirou fundo e abriu o envelope. Uma lágrima rolou, molhando o papel.

Olhou de novo para o povo e a consternação era geral. Tirou o telegrama do envelope, abriu e começou a ler. O povo em silêncio aguardava a notícia e se perguntava.

- E agora? Quem vai pagar essa festa toda?

Juvenal recomeçou a ler, levantou os olhos e olhou mais uma vez para o povo que o encarava...

Então, Juvenal abriu um largo sorriso, deu um berro triunfal e começou a gritar eufórico...

- MAMÃE MORREEUUU!!!! MAMÃE MORREEUUU!!!! MAMÃE MORREEUUU!!!!

Loja de Peles

Um sujeito entra numa loja de peles com uma loira espetacular. Ele diz ao vendedor:
— Quero que você dê a esta moça a mais linda estola de pele que você tiver nesta loja.
O vendedor mostra algumas à moça, que acaba se decidindo por uma.
Discretamente, o vendedor diz ao sujeito:
— Esta daqui custa R$ 65.000,00.
— Sem problema! — diz o homem — Faço-lhe um cheque já.
O vendedor se desculpa:
— O senhor tem que entender que só posso lhe entregar a estola depois que o cheque for compensado.
Como hoje é sexta-feira, terá que ser segunda.
— Entendo perfeitamente...Venho pegá-la na segunda-feira.
Na segunda-feira o sujeito volta na loja.
O vendedor lhe diz:
— Sinto muito, senhor, mas seu cheque voltou por falta de fundos.
— Eu já sabia... Eu só vim agradecer-lhe pelo mais fabuloso fim-de-semana de minha vida!

Recentemente, uma revista americana promoveu um concurso, pedindo aos leitores que enviassem mensagens reais estranhas de seus gerentes.
Abaixo, algumas das mensagens recebidas:
1. "A partir de amanhã, os empregados somente poderão acessar o prédio usando cartões de segurança individuais. As fotografias serão tiradas na próxima quarta-feira, e os empregados vão receber seus cartões em duas semanas".
(Esta foi a mensagem vencedora, de Fred Dales, Microsoft, Redmond, WA) 2. "Precisamos de uma lista de problemas específicos desconhecidos que iremos encontrar".
(Lykes Lines Shipping) 3. "E-mail não deve ser usado para passar informações ou dados, mas só para negócios da empresa".
(Gerente de contabilidade, Electric Boat Company) 4. "Este projeto é tão importante, que não podemos deixar coisas mais importantes interferirem nele".
(Gerente de publicidade e marketing, United Parcel Service) 5. "Fazer rápido não é desculpa para não cumprir o prazo. Ninguém vai acreditar que você resolveu o problema em um dia! Estivemos trabalhando nisto há meses. Agora, finja estar ocupado por umas semanas, e avisaremos quando estiver na hora de avisar para eles que já está pronto".
(Supervisor, Minnesota Mining and Manufacturing/3M Corp.) 6. Minha chefe passou o fim de semana inteiro redigitando uma proposta de 25 páginas, só porque precisava de correções. Ela disse que o disquete que eu a entreguei estava danificado, e que não era possível editá-lo. O disquete que eu dei para ela estava protegido contra gravação.
(CIO, Dell Computers) 7. Mensagem do chefe:
"Equipe de trabalho é um monte de gente fazendo o que eu mando."
(Executivo de marketing, Citrix Corporation) 8. Minha irmã morreu e seu funeral foi marcado para a segunda. Quando eu disse isto para meu chefe, ele reclamou que eu iria faltar justamente no dia mais cheio de serviço da semana. Então, ele perguntou se não podíamos mudar a data do enterro para sexta. Ele disse:
"Seria melhor para mim."
(Executivo, FTD Florists) 9. "Sabemos que a comunicação é um problema, mas a companhia não discutirá com seus empregados."
(Supervisor, divisão de longa distância da AT&T) 10. Recentemente, recebemos um memorando do gerente-supervisor dizendo:
"Este memorando tem por escopo informá-lo de que um memorando será enviado hoje a respeito do assunto supra-relacionado."
(Microsoft, Departamento jurídico) 11. Certo dia, meu chefe pediu-me para enviar um relatório a respeito do projeto no qual eu estava trabalhado. Perguntei se era possível entregar o relatório no dia seguinte. Ele disse:
"Se eu quisesse para amanhã, eu teria deixado para pedir isto amanhã!"
(Gerente de negócios, Hallmark Greeting Cards.) 12. Quando eu era diretor de comunicações, pediram-me para preparar um memorando falando dos programas de treinamento da empresa. No corpo do memorando, uma das frases falava da "aproximação pedagógica"
Utilizada por um dos manuais de treinamento. No dia seguinte, após eu ter enviado o memorando à comissão executiva, fui chamado ao escritório da diretoria, e me disseram que a vice presidente executiva queria almoçar comigo. Quando eu perguntei por que, o gerente de recursos humanos disse que ela não queria "pervertidos" trabalhando na sua empresa. Após muita insistência, ele me mostrou uma cópia do memorando, com um ofício me'
Demitindo, e a palavra "pedagógica" circulada em vermelho ("pedofilia", pensou ela!). O gerente foi gentil, olhou no dicionário o significado de "pedagógico", copiou a definição para enviar para a vice-presidente, e me disse que não me preocupasse. Ele iria cuidar disso. Dois dias depois, uma circular dirigida a todos os funcionários determinou que nenhuma palavra que não pudesse ser encontrada no jornal local de domingo não poderia ser utilizada em memorandos. Um mês depois, pedi demissão. Para seguir a política da empresa, fiz o memorando pedindo minha demissão, colando palavras recortadas do jornal de domingo.
(Taco Bell Corporation) 13. Esta pérola é o último parágrafo de um memorando dirigido a todas as filiais nos Estados Unidos de uma grande empresa de comunicações:
"(Nome da empresa) está esforçadamente empenhada para promover constante atenção nos procedimentos atuais de negociação transacional, enfocando ênfase em meios inovativos de melhorar, senão superar, as expectativas de qualidade!"
(Lucent Technologies)

Advogada Caridosa

Em plena sexta feira a advogada larga seu escritório e vai para sua fazenda, antes de entrar na fazenda ela passa por dois sitios, e ve um rapaz de 4 comendo grama, ela pergunta!
- E ai rapaz pq voce esta comendo grama?
- É que eu to com fome e não tenho nada pra comer!
- Vai entra ai no meu carro e vamo la pra minha fazenda, você vai passar bem lá!
- Não posso senhora tenho 4 filhos!
- Pega os filhos e vamos!
Em pleno caminho o rapaz do lado da advogada na frente com a mulher e os filhos atraz, ela bate a mão na perna dele e diz!!!
- Olha la ná minha fazenda você vai gostar, lá o mato tá dessa altura!!!

Enviando um E-mail

Um casal decide passar ferias na praia do Caribe onde passou a 20 anos atrás. Por problemas de trabalho a esposa não pode ir.
Chegando lá o homem vê que tem um computador e decide enviar uma e-mail para sua esposa. Sem querer errou uma letra e enviou para um outro endereço de e-mail. Uma viuva que acabara de chegar do enterro do seu marido desmaia em frente do computador onde poderia se ler:
"Querida esposa cheguei bem espero que a sua viagem seja tão tranquila como foi a minha, espero você na sexta que vem.
Obs: Não traga muita roupa pois aqui faz um calor infernal."

Eram dois vizinhos. O primeiro vizinho comprou um coelhinho para os filhos. Os filhos do outro vizinho pediram um bicho para o pai. O homem comprou um pastor alemão.
Papo de vizinho:
— Mas ele vai comer o meu coelho.
— De jeito nenhum. Imagina. O meu pastor é filhote. Vão crescer juntos, pegar amizade. Entendo de bicho. Problema nenhum.
E parece que o dono do cachorro tinha razão. Juntos cresceram e amigos ficaram. Era normal ver o coelho no quintal do cachorro e vice-versa. As crianças, felizes.
Eis que o dono do coelho foi passar o final de semana na praia com a família e o coelho ficou sozinho. Isso na sexta-feira.
No domingo, de tardinha, o dono do cachorro e a família tomavam um lanche, quando entra o pastor alemão na cozinha. Pasmo. Trazia o coelho entre os dentes, todo imundo, arrebentado, sujo de terra e, claro, morto.
— O vizinho estava certo. E agora?
— E agora eu quero ver!
A primeira providência foi bater no cachorro, escorraçar o animal, para ver se ele aprendia um mínimo de civilidade e boa vizinhança. Claro, só podia dar nisso. Mais algumas horas e os vizinhos iam chegar. E agora? Todos se olhavam. O cachorro chorando lá fora, lambendo as pancadas.
— Já pensaram como vão ficar as crianças?
— Cala a boca! Não se sabe exatamente de quem foi a idéia, mas era infalível.
— Vamos dar um banho no coelho, deixar ele bem limpinho, depois a gente seca com o secador da sua mãe e o colocamos na casinha dele no quintal.
Como o coelho não estava muito estraçalhado, assim fizeram. Até perfume colocaram no falecido. Ficou lindo, parecia vivo, diziam as crianças. E lá foi colocado, com as perninhas cruzadas, como convém a um coelho cardíaco. Umas três horas depois eles ouvem a vizinhança chegar. Notam os gritos das crianças. Descobriram! Não deram cinco minutos e o dono do coelho veio bater à porta. Branco, assustado. Parecia que tinha visto um fantasma.
— O que foi? Que cara é essa?
— O coelho... O coelho...
— O que que tem o coelho?
— Morreu!
— Morreu? Ainda hoje à tarde parecia tão bem...
— Morreu na sexta-feira!

A marvada da pinga

Eu tinha la em casa dez garrafas de cachaça, da boa.
Mas minha mulher obrigou- me a joga-las fora.
Peguei a primeira garrafa, bebi um copo e joguei o resto na pia.
Peguei a segunda garrafa, bebi outro copo e joguei o resto na pia.
Peguei a terceira garrafa bebi o resto e joguei o copo na pia.
Peguei a quarta garrafa, bebi na pia e joguei o resto no copo.
Pequei o quinto copo joguei a rolha na pia e bebi a garrafa.
Peguei a sexta pia, bebi a garrafa e joguei o copo no resto.
A sétima garrafa eu peguei no resto e bebi a pia.
Peguei no copo, bebi no resto e joguei a pia na oitava garrafa.
Joguei a nona pia no copo, peguei na garrafa e bebi o resto.
O decimo copo, eu peguei a garrafa no resto e me joguei na pia.

Basta pensar que existem piadas baseadas na verdade que podem derrubar governos, ou piadas que fazem as meninas rirem. Muitos sexta piadas e trocadilhos são piadas que deveriam ser engraçadas, mas algumas podem ser ofensivas. Quando as piadas vão longe demais, são cruéis ou racistas, tentamos silenciá-las e é ótimo se você nos der feedback sempre que uma piada se tornar intimidadora e inadequada.

Sugerimos usar apenas sexta brincadeiras para adultos e blagues para amigos. Algumas das piadas sujas e sujas são engraçadas, mas use-as com cautela na vida real. Tente se lembrar de piadas engraçadas que você nunca ouviu para contar a seus amigos e elas vão fazer você rir.

Piadas