AS 12 MELHORES Piadas de Oficina

Abaixo está nossa coleção de anedotas e lista de piadas engraçadas sobre Oficina . Existem algumas piadas curtas oficina disparada que ninguém sabe (para contar aos seus amigos) e para fazer você rir alto.

Reserve algum tempo para ler aqueles trocadilhos e quebra-cabeças em que você faz uma pergunta com respostas ou onde a configuração é a conclusão. Esperamos que você encontre esses trocadilhos com oficina engraçado o suficiente para contar e fazer as pessoas rirem.

Top 10 Oficina piadas e trocadilhos mais engraçados

Trocando a buzina

O Manoel leva o carro numa oficina.
- Qual o problema? - pergunta o mecânico.
- Queria colocar uma buzina bem forte... mas bem forte mesmo!
- Tudo bem, podemos colocar uma buzina de caminhão!
- Não dá pra ser mais forte ainda?
- Mas por que você quer uma buzina tão forte?
- É que os freios estão falhando!

O Manuel se emprega como ajudante numa oficina mecânica.

O dono o chama para a primeira tarefa:
— Tô consertando o pisca-alerta deste carro. Vai lá atrás e me diz se está funcionando.
E o Manuel, olhando com atenção para a lanterna traseira:
— Tá funcionando, não tá funcionando, tá funcionando, não tá funcionando...

A rampa

O sujeito vai andando pela estrada montado num jegue quando, de repente, o jegue pára. Como todo jegue que se preza, esse aí pára e não quer mais andar de jeito nenhum. O sujeito puxa pelo cabresto, empurra, mete-lhe o chicote e nada. Ele já está ficando desesperado sem saber o que fazer quando vê logo na curva à frente uma faixa: "CONSERTAM-SE JEGUES". Ele vai andando até o lugar onde encontra-se a faixa e vê uma bem montada oficina de consertar jegues. Procura o responsável pela oficina, descreve o problema e o dono da oficina manda o ajudante num caminhão-guindaste buscar o animal. Chegam ao lugar onde está o jegue, o guindaste levanta o jegue, coloca-o sobre a carroceria e seguem todos para a oficina. Ao chegar lá, o dono da oficina fala pro ajudante:

— Bota ele na rampa.

O guindaste desce o jegue na rampa. Aí o dono da oficina pega duas pesadas raquetes de madeira, aproxima-se do jegue e dá uma forte raquetada nos testículos do jegue.

Santo remédio: o jegue sai em disparada.

O dono do jegue fica atônito com a eficiência do serviço, mas tem uma dúvida e pergunta:

— E agora? Como é que vou pegar o jegue?

Aí o dono da oficina fala pro ajudante:

— Bota ele na rampa.

Um sujeito vinha à noite dirigindo sua Brasília 77 na estrada quando a coitada pifou.

Sem conseguir consertar o defeito, ficou fazendo sinal esperando que alguém parasse para lhe prestar socorro. Depois de algum tempo, finalmente um carro para. Era um Porsche 911. O motorista fala para o sujeito da Brasília:
— Vamos rebocar essa lata velha, que só tem oficina daqui a uns 15 quilômetros!
Sem alternativa, o sujeito amarra sua peça de museu no reboque do Porsche e segue viagem na lata velha. Depois de alguns quilômetros, passa uma Mercedes, em alta velocidade, dando uma fechada no Porsche. O motorista do Porsche fica furioso e parte em perseguição da Mercedes, esquecendo que estava rebocando outro carro, para desespero do dono da Brasília, que tenta chamar a atenção do motorista do Porsche acionando freneticamente o farol alto.
Os três carros passam por um posto da polícia rodoviária em altíssima velocidade. Nisso o policial de plantão avisa pelo rádio para o posto seguinte:
— Rapaz, você não acredita. Acabou de passar uma Mercedes aqui a toda velocidade, batendo pega com um Porsche!
O guarda do posto seguinte avisa:
— Ok, vou bloquear a estrada!
E o policial continua, estupefato:
— E o pior é que tem uma Brasília colada no fundo do Porsche, dando sinal de luz e pedindo passagem!

Louco esperto

Um louco estava sentado no muro do manicômio,olhando o movimento da rua.

De repente,parou um carro com um pneu furado.
Desceu o motorista e começou a trocá-lo enquanto o louco ficava olhando.

Como a rua não era plana as quatro porcas que seguram a roda rolaram para dentro do bueiro.

Quando percebeu,o motorista ficou sem saber o que fazer,enquanto isso o louco ria.

Irritado,o motorista virou para ele e perguntou o motivo da gozação.O louco respondeu:

- É que o senhor ainda não percebeu que se tirar uma porca de cada uma das outras três rodas poderá completar essa aí.

Dá para rodar com relativa segurança até em casa ou até uma oficina.
-Puxa! Como é que você,um louco,pode ter essas idéias?
-É que eu sou louco,mas não sou burro como o senhor...

O pisca-pisca

O português pára na oficina reclamando que o pisca-pisca do seu carro não está funcionando.
O mecânico se enfia por debaixo do painel do carro e verifica a existência de um fusível queimado, troca-o e grita para o Manoel.
- Dá uma olhadinha se agora está funcionando.
O português vai lá pra trás do carro e diz:
- Tá funcionando! Parou! Tá funcionando! Parou! Tá funcionando...

05 de Janeiro - Passei no exame de direção!

Posso agora dirigir o meu próprio carro, sem ter que ouvir as recomendações dos instrutores, sempre dizendo "por aí é sentido Proibido!", " Vamos sair da contra-mão!","Olha a velhinha!
'Freia! 'Freia!", e outras coisas do gênero. Nem sei como agüentei estes últimos dois anos e meio...
08 de Janeiro - A Auto-Escola fez uma festa de despedida para mim. Os instrutores 'nem sequer 'deram aulas. Um deles disse que ia à missa, julgo que vi outro com lágrimas nos olhos e todos disseram que iam embebedar-se, para comemorar. Achei simpática a despedida, mas penso que a minha carteira não merecia tal exagero.
12 Janeiro - Comprei meu carro, e infelizmente tive que deixá-lo na concessionária para substituir o pára-choque traseiro pois, quando tentei sair, engatei marcha-a-ré 'ao invés da primeira. Deve ser falta de prática.
Há uma semana que não dirijo!
14 Janeiro - Já tenho o carro. Fiquei tão feliz ao sair da concessionária, que resolvi dar um passeio. Parece que muitos outros tiveram a mesma idéia, pois fui seguida por inúmeros automóveis, todos buzinando como num casamento. Para não parecer antipática, entrei na brincadeira e reduzi a velocidade de 10 para 5 por hora. Os outros gostaram e buzinaram ainda mais.
22 Janeiro - Os meus vizinhos são impecáveis. Colocaram pôsteres avisando em grandes letras " ATENÇÃO AS MANOBRAS ", marcaram com tinta branca um lugar bem espaçoso para eu estacionar e proibiram os filhos de sair à rua enquanto durassem as manobras. Penso que é tudo para não me perturbarem.
Ainda há gente boa neste mundo...
31 de Janeiro - Os outros motoristas estão sempre a buzinar e fazer gestos.
Acho isso simpático, 'embora um pouco perigoso. É que um deles apontou para o céu com o dedo do meio. Quando procurei ver o que ele estava apontando, quase bati. 'Ainda bem que eu ia à minha velocidade de costumeira de 10km por hora.
10 de Fevereiro - Os outros motoristas tem hábitos estranhos. Além de acenarem muito, estão sempre gritando. Não escuto nada, por estar com os vidros fechados, mas parece que querem dar informações. Digo isto porque julgo ter percebido um dizendo " Vai para Casa ". Acho isso espantoso. Não sei como ele adivinhou para onde eu ia. De qualquer modo, quando eu descobrir onde fica o botão que desce os vidros, vou tirar muitas dúvidas.
19 de Fevereiro - A Cidade é muito mal iluminada. Fiz hoje meu primeiro passeio noturno e 'tive de andar sempre com o farol alto aceso, para ver direito. Todos os motoristas com quem me cruzei pareciam concordar comigo, pois também 'ligaram o farol alto e alguns chegaram mesmo a acender outros faróis que tinham. Só não percebi a razão das buzinadas. Talvez para espantar algum bicho. Sei 'Lá.
26 de Fevereiro - Hoje me envolvi num acidente. Entrei numa rotatória, e como tinha muito carro (não quero exagerar, mas deviam ser, no mínimo, uns quatro), não consegui sair.'Fui dando voltas bem juntinho ao centro, à espera de uma oportunidade, de tal forma que acabei por ficar tonta e bati no monumento no centro da rotatória. Acho que deviam limitar a circulação nas rotatórias a um carro de cada vez.
03 de Março - Estou em maré de azar. Fui buscar o carro na oficina e, logo à saída, troquei os pés, acelerando fundo em vez de frear. Bati num carro que ia passando, amassando todo o lado direito. O motorista era, por coincidência, o inspetor que me aprovou no exame de direção. Um bom homem, sem dúvida. Insisti em dizer que a culpa era minha, mas ele educadamente, não parava de repetir para si mesmo:
"Que Deus me perdoe! Que Deus me perdoe!".

Um homem vinha c/ seu carro, qdo um pneu furou do lado de um hospício.


O homem desceu do carro, pegou o macaco no porta-malas, e qdo desparafusou o pneu, os parafusos rolaram e caíram no bueiro.
Ele então ficou deseperado:
— PQP!!! E agora como é que eu vou fazer p/ voltar pra casa? Que merda!!!
Um maluco que via tudo pela janela de seu quarto disse:
— Faz o seguinte: pega 1 parafuso de cada uma das outras 3 rodas e coloca nessa. Aí o sr vai até uma oficina e compra 4 parafusos novos.
— Mas é claro! Vc é um gênio! Não sei o q vc tá fazendo nesse hospício! - exclama o homem.
— Eu tô aqui pq eu sou louco, não pq eu sou burro! - responde o maluco.

Um mecânico está desmontando o cabeçote de uma moto quando vê na oficina um cirurgião cardiologista muito conhecido. Ele está olhando o mecânico trabalhar. O mecânico pára e pergunta:
— Hei, doutor, posso fazer uma pergunta pro senhor?
O cirurgião um tanto surpreso concorda e vai até a moto na qual o mecânico está trabalhando.
O mecânico se levanta e começa:
— Doutor, olhe este motor. Eu abro seu coração, tiro válvulas, conserto-as, ponho-as de volta e fecho novamente e, quando eu termino, ele volta a trabalhar como se fosse novo. Por que é, então, que eu ganho tão pouco e o senhor ganha tanto se o nosso trabalho é praticamente o mesmo?
O cirurgião dá um sorriso, se inclina e fala baixinho ao mecânico:
— Tente fazer isso com o motor funcionando!

Depois de um duro dia de trabalho na oficina, o marido chega em casatodo sujo e cansado.


Quando entra, vai para o quarto, encontra sua mulher na cama, nua, o esperando.
Com uma voz sensual ela convida o marido:
— Vem meu amor. Me faz mulher.
Ele sem hesitar, tira a roupa vagarosamente, quando termina de tirar a cueca ele junta a roupa, joga em cima dela e diz:
— Lava.

O sujeito vai andando pela estrada montado num jegue quando, de repente, o bicho empaca.


O sujeito puxa pelo cabresto, empurra, mete o chicote e nada. De repente, ele vê uma faixa:
"Consertam-se jegues". Ele vai andando até a oficina, procura o responsável, descreve o problema e o mecânico manda o ajudante guinchar o animal.
Chegam no local, o guindaste levanta o jegue, coloca-o sobre a carroceria e seguem todos para a oficina. Ao chegar lá, o dono da oficina fala pro ajudante:
— Bota ele na rampa!
O guindaste coloca o jegue na rampa. O dono da oficina pega duas pesadas raquetes de madeira, aproxima-se do jegue e dá uma bruta raquetada espremendo os testículos do animal que sai em disparada.
O dono do jegue, atônito com a eficiência do serviço, pergunta:
— E agora? Como é que vou pegar o jegue?
O dono da oficina fala pro ajudante:
— Bota ele na rampa!

Você pode explorar piadas para fazer com oficina dono oficina curtas do Reddit, incluindo frases e brincadeiras. Leia-os e você entenderá quais piadas são engraçadas. Aqueles de vocês que têm adolescentes podem contar piadas sobre oficina limpo. Há também trocadilhos com oficina para crianças, 5 anos, meninos e meninas.

E o jegue

O cabra da peste vinha montado no jegue, quando, de repente, o jegue empaca.
E como todo jegue, não sai mais do lugar de jeito nenhum. O sujeito faz de tudo e nada.
Lá na curva ele vê uma faixa: "Consertam-se Jegues".
Entre aliviado e curioso ele caminha até lá e conta o problema.
O dono da oficina manda seu ajudante em um caminhão para rebocar o jegue.
Chegando no local, o guindaste levanta o jegue, coloca no caminhão e toca todo mundo para a oficina.
Quando chegam, o dono da oficina fala para o ajudante:
- Severino, bota ele na rampa.
O guindaste desce o jegue numa rampa. Aí, o dono da oficina pega uma raquete de madeira (tipo frescobol), chega por trás e dá uma raquetada no saco do jegue.
Santo remédio: o jegue sai numa disparada!
O dono do jegue fica abobado com a eficiência do serviço, mas tem uma dúvida e pergunta:
- Mas e agora, cumé que vou pegar o jegue?
Aí o dono da oficina fala para o ajudante:
- Severino, bota o homi na rampa...

Basta pensar que existem piadas baseadas na verdade que podem derrubar governos, ou piadas que fazem as meninas rirem. Muitos oficina consertam piadas e trocadilhos são piadas que deveriam ser engraçadas, mas algumas podem ser ofensivas. Quando as piadas vão longe demais, são cruéis ou racistas, tentamos silenciá-las e é ótimo se você nos der feedback sempre que uma piada se tornar intimidadora e inadequada.

Sugerimos usar apenas oficina rampa brincadeiras para adultos e blagues para amigos. Algumas das piadas sujas e sujas são engraçadas, mas use-as com cautela na vida real. Tente se lembrar de piadas engraçadas que você nunca ouviu para contar a seus amigos e elas vão fazer você rir.

Piadas