AS 17 MELHORES Piadas de Caminhoneiro

Abaixo está nossa coleção de anedotas e lista de piadas engraçadas sobre Caminhoneiro . Existem algumas piadas caminhoneiro curtas inesperadamente que ninguém sabe (para contar aos seus amigos) e para fazer você rir alto.

Reserve algum tempo para ler aqueles trocadilhos e quebra-cabeças em que você faz uma pergunta com respostas ou onde a configuração é a conclusão. Esperamos que você encontre esses trocadilhos com caminhoneiro engraçado o suficiente para contar e fazer as pessoas rirem.

Top 10 Caminhoneiro piadas e trocadilhos mais engraçados

Um caminhoneiro argentino desejava muito ver um ET.


Um dia ele viu uma cabeça no meio do mato e de lá, ele sentiu um cheiro fedorento, ele achou que fosse um ET e foi tentar fazer contato:
Eu Pedro caminhoneiro argentino tentando fazer contato. Ele ouviu uma vóz no mato que dizia:
Eu Civirino brasileiro caranaence fazendo cocô no mato

Mau atendimento

E aquele caminhoneiro gaúcho reclamando do atendimento de um posto de gasolina:
- Merda de posto que não tem papel higiênico nem para limpar a porra do cu!

Pedido Para o Marido Caminhoneiro

A mulher diz para o marido caminhoneiro:
— Amor, vê se não sai com muitas mulheres, viu?
Ele responde:
— Que isso amor, de onde você tirou essa idéia?
E ela completa:
— Se seu aqui não aguentei, imagina você!

Subindo de ré

Um português, que trabalhava como caminhoneiro na Suíça, um dia teve que fazer uma entrega numa Cidadezinha nas montanhas...
Um habitante da vizinhança viu aquele caminhão enorme subindo a serra naquelas ruazinhas tortuozas de ré!
- O que o Sr. está pensando? Subir de ré aqui é loucura! - grita o suíço.
- É que me informaram que lá em cima é impossível de virar o caminhão. - responde o português e continua o seu caminho.
O suíço olhou com uma cara indignada, mas achou que era uma idéia aceitável...
Uma hora depois, o mesmo habitante vê o mesmo caminhão, dessa vez, descendo de ré!!!!
- Meus Deus! O que o senhor está fazendo agora? Descendo de ré!
- Pois é! Eles tinham se enganado, dava para virar o caminhão, sim!

O caminhoneiro, depois de 12 horas de viagem ininterrupta, parou num boteco para esticar as pernas e pediu uma cerveja.


Assim que o dono encheu o seu copo, doido para jogar uma conversa fora, ele começou:
— Você viu essa história do Frei Galvão?
Ao que o dono do bar respondeu:
— Olha, o senhor não me leve a mal, mas eu não gosto que falem de religião aqui no meu bar.
— Tudo bem!
Alguns minutinhos depois ele tornou:
— E o Wanderley Luxemburgo? Acha que vai dar certo?
E o dono do bar:
— Desculpe novamente, mas também não gosto que falem de futebol aqui no bar.
O sujeito coçou a cabeça, tomou mais um gole de cerveja, fez uma pausa e disse:
— E essa bandalheira que está acontecendo no governo, você tem acompanhado?
— Por favor, nada de política aqui também!
Aí o sujeito se irritou:
— E sexo? Pode falar de sexo aqui no seu bar?
— De sexo? Pode, claro que pode!
— Então vá se foder!

Esta é a história de um caminhoneiro que viajava por todo Brasil e seu lema era:


— 'MEU NOME É JOÃO, SOU DO MARANHÃO, SOU GOSTOSÃO E ENTROU NA MINHA BOLÉIA, NÃO TEM PERDÃO'. Mas já estava há dois meses dirigindo pelas estradas em jejum, não conseguia pegar nenhuma mulher. Eis que, de repente, ele vê à sua frente uma freira, novinha, bonitinha, pedindo carona. Ele pensa:
— Que Deus me perdoe! Parou o caminhão e a freira subiu. - Bom dia, meu filho! Você poderia me levar à cidade mais próxima? - Bom dia, dona freira! Claro, mas tem um pequeno problema: meu nome é João, sou do Maranhão, sou gostosão e entrou na minha boleia, não tem perdão. - Calma, meu filho! Aqui na frente está reservado para Deus, porém atrás está livre. Não deu outra, o João traçou a freirinha. Dirigindo pela estrada, João ficou pensando na besteira que tinha feito, quando ela disse:
— Meu filho, pode parar que eu vou descer aqui nesta fazenda. João concordou e se desculpou:
— Dona freira, me desculpe pelo que fiz com a senhora, que Deus me perdoe, mas a senhora entende como é ficar solitário muito tempo... A freira respondeu:
— Não tem problema, porque MEU NOME É JUVENAL, SOU DE NATAL, SOU HOMOSSEXUAL E ESTA É A MINHA FANTASIA DE CARNAVAL

O caminhoneiro estava levando uma carga enorme de galinhas do interior para a cidade.


Na cabine, pra lhe fazer companhia, estava o papagaio dele, o Arilson. No meio da estrada apareceu uma gostosona pedindo carona.
Necessitado, como todo caminhoneiro, ele parou na hora e levou o mulherão. Conversa vai, conversa vem e o caminhoneiro avançou o sinal.
— Pare com isso! — gritou a moça, indignada — Seu tarado!
O caminhoneiro não quis nem saber:
— Ou dá ou desce!
E a moça continuou negando.
Nisso ele jogou o papagaio pra carroceria do caminhão pra ele não ficar assistindo a cena de camarote. E continuou tentando. Mas nada da moça liberar.
— Ou dá ou desce! Ou dá ou desce! — repetia ele.
E não é que a moça desceu?
Então ele seguiu viagem. Quando parou e foi conferir a carga, levou o maior susto! Os caixotes estavam todos vazios, não tinha nenhuma galinha na carroceria. Aliás, tinha só uma, no cantinho, encurralada pelo papagaio que repetia:
— Ou dá ou desce! Ou dá ou desce!

Um caminhoneiro passou muito tempo viajando e para fazer surpresa para a esposa, voltou para casa de madrugada.

Como ele estava há muito tempo sem fazer sexo, logo que chegou correu para o quarto agarrou a esposa e transou com ela umas quatro vezes. Quando acabou, resolveu ir até a cozinha beber água. Quando chegou encontrou a esposa sentada tomando café. O caminhoneiro intrigado perguntou para ela:
— Querida, você não estava agora mesmo no quarto?
— Não, aquela é minha mãe que veio dormir aqui enquanto você estava viajando.
— Então, você nem imagina o que aconteceu — disse o caminhoneiro. — Logo que cheguei em casa, corri para o quarto e pensando que fosse você transei umas quatro vezes com a sua mãe.
A esposa indignada foi correndo falar com a mãe.
— Mamãe, é verdade que meu marido transou umas quatro vezes com você, pensando que fosse eu?
— Foi — respondeu a mãe.
— E você não disse nada?
— Você sabe muito bem que eu não falo com ele há cinco anos, não era bem agora que eu ia falar.

Sexo pode

O caminhoneiro, depois de 12 horas de viagem ininterrupta, parou num boteco para esticar as pernas e pediu uma cerveja.
Assim que o dono encheu o seu copo, doido para jogar uma conversa fora, ele começou:
- Você viu essa história do Frei Galvão?
Ao que o dono do bar respondeu:
- Olha, o senhor não me leve a mal, mas eu não gosto que falem de religião aqui no meu bar.
- Tudo bem!
Alguns minutinhos depois ele tornou:
- E o Wanderley Luxemburgo? Acha que vai dar certo?
E o dono do bar:
- Desculpe novamente, mas também não gosto que falem de futebol aqui no bar.
O sujeito coçou a cabeça, tomou mais um gole de cerveja, fez uma pausa e disse:
- E essa bandalheira que está acontecendo no governo, você tem acompanhado?
- Por favor, nada de política aqui também!
Aí o sujeito se irritou:
- E sexo? Pode falar de sexo aqui no seu bar?
- De sexo? Pode, claro que pode!
- Então vá si fuuuu......!

Um caminhoneiro está dirigindo pela estrada morrendo de vontade de afogar o ganso.

Ao passar por uma plantação de abóboras, ele pensa consigo mesmo:
— Uma abóbora é macia, é úmida por dentro... Hummmmm...
Sem ver ninguém por perto ele pára o caminhão, escolhe a abóbora mais bonita, corta um buraco no tamanho apropriado e começa a fazer amor com ela.
Depois de algum tempo ele fica tão empolgado com a transa, que nem percebe a chegada de uma viatura da polícia.
— Desculpe-me, senhor! — interrompe o policial — Mas por acaso o senhor está transando com uma abóbora?
O caminhoneiro olha assustado para o policial e diz:
— Uma abóbora? Putz, já é meia-noite!

Um caminhoneiro, no meio de uma longa viagem, para no restaurante Frangoso, o seu predileto, louco de vontade de comer uma boa galinha caipira. Entre as opções do menu ele encontra todos os tipos de galinha, mas chama o garçom e ordena:
— Quero a boa e velha galinha caipira ensopada! Mas antes eu quero ver a galinha!
O garçom vai até a cozinha, pega uma galinha e traz até a mesa. O motorista enfia o dedo no orifício de saída dos ovos da galinha, esfrega os dedos, cheira e diz, convicto:
— Negativo! Esta não é galinha caipira. Esta é da granja Três Irmãos! Quero comer galinha caipira!
O garçom traz outra galinha e o motorista repete o procedimento e, mais uma vez, protesta:
— De jeito nenhum! Esta não é galinha caipira. É do sítio Estrela Azul, em Bragança Paulista.
O garçom novamente traz outra galinha e mais uma vez o motorista cheira os dedos, pensa um pouco e diz:
— Ah, agora sim! Essa é a verdadeira galinha caipira! Pode mandar fazer...
O garçom volta para a cozinha para mandar preparar a galinha do freguês quando um bêbado que estava esparramado na mesa ao lado se levanta, vai até a mesa do motorista, baixa as calças e implora:
— Meu amigo, esqueci onde moro. Dá para o senhor ver meu endereço?

Você pode explorar piadas para fazer com caminhoneiro jeca curtas do Reddit, incluindo frases e brincadeiras. Leia-os e você entenderá quais piadas são engraçadas. Aqueles de vocês que têm adolescentes podem contar charadas de caminhoneiro limpo. Há também trocadilhos com caminhoneiro para crianças, 5 anos, meninos e meninas.

Na Rodovia

Uma loira, acaba de sair da concessionária onde comprou um conversível vermelho maravilhoso!!!

Ao sair da concessionária, ela vai direto pra Rodovia pra testar a nova aquisição.

Porém, assim que ela entra na rodovia, ela fecha um caminhoneiro, que já estava estressado por tanto viajar...

O caminhoneiro faz um sinal pra ela encostar o carro, e assim ela o faz.

Quando o caminhoneiro desce do caminhão, ele já parte logo pra discussão com a loira.

Caminhoneiro: Você tá louca!!! Só podia ser loira.

Loira: Eu não fiz nada de mais. Que agressividade...

O caminhoneiro vai até seu caminhão e pega um giz e um taco de beisebol. Volta, desenha um círculo no chão e diz para a loira não sair de dentro deste círculo.

A loira fica quieta dentro do círculo, e enquanto isso o caminhoneiro quebra o pára-brisa do carro. Dá uma olhadinha pra loira e vê ela rindo. Ficou com tanta raiva que quebrou quase que o carro inteiro e sempre que quebrava alguma coisa olhava pra loira e ela estava rindo.

O caminhoneiro bravo, se vira pra loira e pergunta: Eu quebrei seu carro todo e você só fica aí rindo. Por que você está com este risinho irônico na cara?

A loira responde: É porque enquanto o senhor não estava olhando, EU SAÍ DO CÍRCULO 4 VEZES...

Loira e o Caminhoneiro

A loira estava saindo da consecionaria com seu novo carro quando deu uma fechada num caminhoneiro e os dois ficaram parados de lado. O caminhoneiro sai furioso do caminhão, puxa um giz do bolso e desenha um circulo no chão.
— Não sai desse circulo. — disse ele.
Então ele entra no caminhão, pega um porrete e quebra todos os vidros do caro da loira. É então que ele percebe um sorrisinho maroto no rosto da loira.
— Tá achando engraçado.
Ele pega a chave do caminhão e arranha a pintura do carro da loira.
— Ri agora, ri!
E a loira continua com seu sorriso.
Furioso o caminhoneiro pega uma estaca e estoura todos os pneus da loira.
— Agora já chega, né!
E a loira estava lá segurando a gargalhada.
— Agora chega. -resmungou o caminhoneiro totalmente nervoso.
Ele pega um galão de gasolina, derrama no carro da loira, acende um fósforo e põe fogo no carro.
— Agora você tira esse sorrisinho!
Ele é então interrompido pelos risos estéricos da loira!
— Caramba, de você tanto acha graça? — pergunta ele.
— É que enquanto você não estava olhando eu saí do círculo quatro vezes.

Já Foi Traído

O caminhoneiro estava no seu leito de morte e pergunta à mulher, com voz moribunda:
— Mulher, sei que estou morrendo e nada disso mais me importa agora, mas só por curiosidade, você já me traiu alguma vez?
Ela pensou um instante, mas acabou confessando:
— Sim, eu te traí sim, mas apenas duas vezes e somente para te ajudar.
— Como foi a primeira?
— Você se lembra daquela vez que pediu um empréstimo ao banco para trocar o caminhão e eles não liberavam nunca o dinheiro e você já estava ficando desesperado?
— E de repente o dinheiro foi liberado de uma hora para outra?
— Sim!
— Tem razão, foi por uma boa causa, naquela época eu estava até pensando em me suicidar. E a outra vez?
— Você se lembra quando se candidatou a Presidente do Sindicato e faltavam 165 votos para vencer?

A justa mulher do caminhoneiro

O caminhoneiro estava no seu leito de morte e pergunta
a mulher, com voz moribunda:

- Mulher, sei que estou morrendo e nada disso mais me
importa agora, mas só por curiosidade, você já me
traiu alguma vez na vida?

Ela enrubesceu, titubeou, mas acabou confessando a
verdade:

- Sim, meu marido! Eu te traí sim, mas apenas duas
vezes e somente para te ajudar.

- Como foi a primeira? - indagou o marido.

- Você se lembra daquela vez que pediu um empréstimo
ao banco para trocar o caminhao e eles nao liberavam
nunca o dinheiro e você já estava ficando
desesperado? E de repente o dinheiro foi liberado de
uma hora para outra?

- Sim... Tem razao, foi por uma boa causa, naquela
época eu estava até pensando em me suicidar. E a
outra vez?

- Você se lembra quando se candidatou a Presidente do
Sindicato e faltavam apenas 165 votos para vencer

Um caminhoneiro foi vaijar e desconfiado de sua mulher, deixou um indio vigiando sua mulher, o india a viagiava ensima da arvore.
Quando voltou da viagem ele foi procurar o índio Encontrando o índio o caminhoneiro perguntou o que o indio viu?
Indio viu homen titando brusa de sua mulher Indio viu homem tirando shorts de mulher, que mais Indio viu homem tirando sutiã da mulher, que mais Indio não aguentou punheta e caiu da arvore.

Batida no Carro

Um caipira foi andar com seu carro na cidade, e tomava todo cuidado do mundo para não bater. Mas quando menos esperava, um caminhão bate na traseira do seu carro.
O caipira furioso diz:
— Seu mardito, agora ocê vai ter que paga a merda que ocê fez!
O caminhoneiro responde:
— Desculpe senhor! Olhe eu estou duro, mas meu patrão resolve com você, mas não sei se você vai conseguir falar com ele pois ele é americano.
— Não! Eu me reviro nessa parte — responde o homem.
O caipira ligou, chamou, chamou, até que o americano atendeu:
— Hello!
O homem bravo logo responde:
— Relou o caramba! Amassou foi tudo!

Basta pensar que existem piadas baseadas na verdade que podem derrubar governos, ou piadas que fazem as meninas rirem. Muitos caminhoneiro abro piadas e trocadilhos são piadas que deveriam ser engraçadas, mas algumas podem ser ofensivas. Quando as piadas vão longe demais, são cruéis ou racistas, tentamos silenciá-las e é ótimo se você nos der feedback sempre que uma piada se tornar intimidadora e inadequada.

Sugerimos usar apenas caminhoneiro viajando brincadeiras para adultos e blagues para amigos. Algumas das piadas sujas e sujas são engraçadas, mas use-as com cautela na vida real. Tente se lembrar de piadas engraçadas que você nunca ouviu para contar a seus amigos e elas vão fazer você rir.

Piadas