AS 50 MELHORES Piadas de Diretoria

Abaixo está nossa coleção de anedotas e lista de piadas engraçadas sobre Diretoria . Existem algumas piadas diretoria curtas rima que ninguém sabe (para contar aos seus amigos) e para fazer você rir alto.

Reserve algum tempo para ler aqueles trocadilhos e quebra-cabeças em que você faz uma pergunta com respostas ou onde a configuração é a conclusão. Esperamos que você encontre esses trocadilhos com diretoria engraçado o suficiente para contar e fazer as pessoas rirem.

Top 10 Diretoria piadas e trocadilhos mais engraçados

O diretor de uma empresa diz ao novo funcionário:


— O contador já lhe disse qual é sua tarefa?
— Sim. Acordá-lo quando eu perceber que o senhor está vindo.

Preguiça

De manhã, a mãe foi bater na porta do quarto do filho:
- Filho acorda!
- Hoje não vou a escola! E não vou por três motivos: estou morto de sono, detesto aquele colégio e não aguento mais os professores!
- Mas você tem que ir, filho! E por três motivos: você tem um dever a cumprir, já tem 45 anos e é o diretor do colégio!

No Manicômio

Um maluquinho chega pro cara de terno e pergunta:
- Ei... psiu... Quem é você?
- Ora, você não me conhece?
- Eu sou o diretor do manicômio.
- Ih, cara, sai dessa... Eu entrei aqui achando que era Napoleão e não sai até agora!

Parecendo Muito Magra

A linda modelo estava aparecendo muito magra nas fotografias da agência de publicidade. Por isso, pediu ao diretor de produção que desse um jeito de ela ficar cheinha. Ele deu, mas agora a garota está insistindo em casar.

Ao chegar no hospício, o diretor se depara com o prédio cercado de policiais.


— O que está acontecendo aqui? — pergunta a um Tenente.
— É que um dos loucos fugiu!
— Qual deles?
— Um que dizia que era um papel-carbono!
— E por que tantos soldados para pegar um louco?!
— É que nós já prendemos três cópias, mas ainda estamos na pista do original!

O diretor da Penitenciária reúne os presos no pátio e diz, com ajuda de um megafone:


— Atenção! Quero todo mundo varrendo e limpando as suas celas, porque amanhã o presidente vem aí!
Ao que um dos presos comenta com um amigo:
— Custou, mas botaram esse safado no xadrez!

Entra e Sai

O novo diretor chega ao hospício e vê um louco que entra e sai pelo portão. O médico se aproxima e pergunta:
— Que é isso? Você está chegando ou saindo?
E ele:
— Se eu soubesse não estava aqui!

Passado, Presente e Futuro

Na escola, a professora vai explicando:

- Se digo que fui rica é passado. Então, Mariazinha se digo que serei diretora, o que é?

- Futuro, professora.

- E Joãozinho, se digo que sou bonita, é o quê?

- Mentirosa.

No hospício um doido pulou na piscina para se matar, um outro doido pulou e salvou o doido que estava se afogando.


No outro dia o diretor do hospício foi conversar com o doido herói:
— Rapaz estamos surpresos com seu ato e reavaliamos seu caso e você terá alta!

A diretoria do Palmeiras vendo o público dos jogos do Palmeiras diminuir a cada jogo resolveu fazer uma promoção nos jogos do Palmeiras e pôs uma placa no estádio escrito:
"Quem for com a camisa do Palmeiras paga meia.
Quem for com a camisa e o short entra de graça.
Quem for com o uniforme completo joga no time."

Na Cadeira Elétrica

Aquele bandido muito perigoso, condenado à morte, senta-se na cadeira elétrica para ser executado.
- De acordo com a lei, o senhor tem o direito de solicitar o seu último desejo - diz o diretor do presídio.
- Eu gostaria que o senhor segurasse a minha mão!

Você pode explorar piadas para fazer com diretoria marquinho curtas do Reddit, incluindo frases e brincadeiras. Leia-os e você entenderá quais piadas são engraçadas. Aqueles de vocês que têm adolescentes podem contar charadas de diretoria limpo. Há também trocadilhos com diretoria para crianças, 5 anos, meninos e meninas.

Loucos com galos

O diretor do hospício vai ao pátio e vê que todos os loucos estão com um galo na cabeça.

— Quem é o responsável por isso? — quis saber ele.

E um dos loucos responde:

— É o Valmir... Ele desenhou uma linha no chão e duvidou que a gente conseguia passar por baixo!

No primeiro dia de aula, numa escola secundária dos EUA, a professora apresentou aos alunos um novo colega, Sakiro Suzuki,vindo do Japão.
A aula começa e a professora: Vamos ver quem conhece a história americana.
Quem disse:
"Dê-me a liberdade ou a morte?"
Silêncio total na sala. Apenas Suzuki levanta a mão:
— Patrick Henry em 1775 na Filadélfia.
— Muito bem, Suzuki.
E quem disse:
"O estado é o povo, e o povo não pode afundar-se?"
Suzuki:
— Abraham Lincoln, em 1863, em Washington A professora olha os alunos e diz:
— Não têm vergonha? Suzuki é japonês e sabe mais sobre a história americana que vocês!
Então, ouve-se uma voz baixinha,lá ao fundo:
"Japonês filho da puta!"
— Quem foi? - grita a professora.
Suzuki levanta a mão e, sem esperar, responde:
— General McArthur, em 1941 em Pearl Halbour.
A turma fica super silenciosa... apenas ouve-se do fundo da sala:
"Acho que vou vomitar."
A professora grita:
— Quem foi?
E Suzuki:
— George Bush Sênior, ao Primeiro-Ministro Tanaka durante um almoço, em Tókio, em 1991.
Um dos alunos fala:
"Chupa o meu pau!"
E a professora, irritada:
— Acabou-se! Quem foi agora?
E Suzuki, sem hesitações:
— Bill Clinton à Mônica Lewinsky,na Sala Oval da Casa Branca, Washington em 1997.
E outro aluno fala ao fundo:
"Suzuki de merda!"
E Suzuki responde:
— Valentino Rossi,no Grande Prêmio de Moto, no Rio de Janeiro,em 2002.
A turma fica histérica, a professora desmaia, a porta se abre e entra o diretor, que diz:
"Que merda é essa? Nunca vi uma confusão deste tamanho!"
E Suzuki, bem alto:
— Lula, para o José Dirceu, quando estourou o escândalo dos Correios.

Sou Um Milho

Um louco pensava ser um milho. Toda vez que perguntavam a ele o que ele era, ele dizia:
— Sou um milho!
Foi para o Sanatório para se recuperar e depois de 6 meses, estava praticamente recuperado. O agora ex-louco foi conduzido a sala do diretor do sanatório, onde o diretor perguntou:
— O que você é?
— Sou um homem, diretor!
— Tem certeza?
— Perfeitamente!
— Parabéns! Você está curado, pode ir para casa!
E o louco sai do sanatório todo satisfeito. Minutos depois ele retorna desesperado e ofegante, fechando a porta rapidamente, tentando mante-la fechada. O diretor vendo aquela cena pergunta:
— O que houve, rapaz?
— Tem uma galinha lá fora!
— Mas você não é um milho!
— Eu sei doutor, mas será que a galinha sabe?

Lula está fazendo uma visita num hospital.

Ele está passando por uma ala acompanhado do diretor do hospital, quandovê um homem num quarto masturbando-se ferozmente. Asituação é meio constrangedora,e o presidente pede uma explicação. O diretor explica:
— Trata-sede uma doença rara. Este paciente produz uma quantidade anormal de esperma e ele é obrigado a masturbar-se quatro vezes ao dia para evitar que seus testículos explodam. O presidente se satisfaz com a resposta eprossegue a visita. Mais adiante, ele vê um pacientesentado numa cama com uma enfermeira ajoelhada aplicando-lhe uma bela sessão de sexo oral. - Exijouma explicação para esta imoralidade num hospital tão conceituado como este. O diretor responde:
— Mesmo problema, mas com um Plano de Saúde melhor...

Numa visita rotineira, o diretor do hospício surpreende um dos pacientes entusiasmado com algumas pastilhas em um vidrinho.
— O que é isso? — pergunta, curioso.
— São as Pílulas da Sabedoria! — esclarece o louco.
— Pílulas da Sabedoria?
— Sim, você engole uma e começa a adivinhar...
— Onde você arranjou isso?
— Fui eu mesmo que inventei. Quer provar uma?
Curioso, o diretor pega uma, coloca na boca e mastiga.
— Mas isso é merda! — esbraveja ele, cuspindo.
— Viu? Já tá começando a fazer efeito...

Certo dia, Lula resolve visitar um hospício com a dona Marisa.

muito curioso, ele pergunta ao diretor:
— Companheiro. . . quando um louco acha que não ta mais louco, qual o critério pra saber se ele ta curado mesmo?
— Nem, nos fazemos o teste da banheira.
— E que nem aquele que tinha no Gugu? - perguntou o Lula.
— Não, não tem nada a ver. . . a gente enche uma banheira, entrega uma colher e uma xícara de chá e pedimos pra ele esvaziar a banheira.
— Entendi, companheiro. . . uma pessoa normal, escolher a xícara, que e maior, ne?
— Não. . . uma pessoa normal, tira a tampa do ralo. . .

Comer Funcionários

Em Nairobi, no Quênia, depois de um extensivo processo de recrutamento com entrevistas, testes e dinâmicas, uma grande empresa contratou um grupo de canibais:
— Agora vocês fazem parte de uma grande equipe — disse o diretor de RH, durante a cerimônia de boas vindas — Vocês vão desfrutar de todos os benefícios da empresa, por exemplo, podem ir à nossa lanchonete quando quiserem comer alguma coisa. Só peço que não comam os nossos outros funcionários!
Um mês depois, o diretor de RH os chama:
— Vocês estão trabalhando duro e eu estou satisfeito, mas a senhora do cafezinho desapareceu. Algum de vocês sabe o que pode ter acontecido?
Todos os canibais negaram com a cabeça. Depois que o chefe foi embora, o líder canibal pergunta:
— Quem foi o idiota que comeu a senhora do café?
Um deles, timidamente, ergue a mão. E o líder dá a bronca:
— Mas você é um asno mesmo! Um mês comendo gerentes e advogados e ninguém percebeu nada... Mas você tinha que comer justo a senhora do café?

Trabalho ou Prazer

Um presidente de empresa, casado há 25 anos, está na maior dúvida se transar com a mulher dele, depois de tanto tempo, é trabalho ou prazer.
Na dúvida, liga pro diretor geral e pergunta.
— Para eu transar com minha mulher depois de 25 anos de casado, é trabalho ou prazer?
O diretor liga pro vice-diretor e faz a mesma pergunta.
— Para o presidente, transar com a mulher dele depois de 25 anos de casado, é trabalho ou prazer?
O vice-diretor liga para gerente geral e pede para que responda se é trabalho ou prazer quando o presidente da empresa transa com a mulher dele, depois de 25 anos de casado...
E assim segue a corrente de ligações, até que a pergunta chega no jurídico e o advogado chefe, pergunta para o estagiário que está todo afobado, fazendo mil coisas ao mesmo tempo:
— Rapaz, você tem um minuto para responder; quando o presidente da empresa transa com a mulher dele, depois de 25 anos de casado, é trabalho ou prazer?
O rapaz imediatamente, com convicção, responde:
— É prazer!
O advogado chefe, impressionado pela agilidade e convicção da resposta do rapaz, indaga.
— Ué? Como é que você pode responder isso com tanta segurança?
O rapaz, que é estagiário, diz:
— É que se fosse trabalho já tinham mandado eu fazer.

Como todo bom torcedor sabe, o corinthians tem a uma grande divida com o INSS.


O presidente do corinthians foi falar com o LULA.
Companheiro lula, voce como presidente do brasil o homem que manda em tudo, poderia pedir para o INSS e deletar esta divida.
O LULA bem que tentou, mas o pessoal do INSS falou, companheiro e ano eleitoral, nao vai pegar bem.
Mas o LULA sugeriu o seguinte vamos falar com a DILMA.
Foram la, dilma se voce se eleger voce exclui a divida do corinthians, em troca eles lhe apoiam.
A DILMA topou na hora.
Fizeram uma reuniao com a diretoria do corinthians toda a cupula.
Senhores diretores, temos uma preposta se a DILMA se eleger ela elemina a divida do timao com INSS.
Todos ficaram euforicos....
Mas um dos diretores, ergeu a mao e perguntou.
Mas DILMA como pode, voce e GAUCHA veio do RIO GRANDE torce para o INTERNACIONAL que sabemos, voce vai ajudar o TIMAO.
O assesor imediatamente levantou???
Com aquela foz de lulista.
Meus amigos companheiros,,, a companheira dilma faz tempo que virou corinthiana..
Pois ja assaltou banco.
Soltou bomba em praca publica.
Mandou sequestrar empresario.
Ela e corinthiana de coracao...

Exemplo de Coexistência Pacífica

A professorinha vai ao zoológico. Na jaula dos leões, fica encantada ao ver o majestoso rei da selva dormindo tranquilamente ao lado de vários cordeirinhos. Antevendo a possibilidade de ensinar aos alunos o verdadeiro sentido da coexistência pacífica, pergunta ao diretor do zoológico:
— Mas como o senhor consegue realizar uma convivência tão bonita e extraordinária como essa?
— É simples, minha senhora. Nós apenas colocamos mais alguns cordeirinhos aí dentro, duas a três vezes por dia.

Paixão Pelo Teatro

A grande paixão do Joaquim, um português de origem lusitana, é o teatro. Ele é concluinte de um curso de interpretação e já participou de várias peças, mas todas elas como disciplinas do curso. Sua grande oportunidade ainda não havia chegado. Mas não por falta de esforço. Ele já havia visitado todas as companhias de teatro, viajou a outras cidades, esteve em todos os estúdios de televisão para tentar um papel, uma pontinha, uma figuração numa novela, mas não está fácil. A resposta é sempre a mesma: "nosso elenco está completo", "no momento não estamos contratando ninguém", essas desculpas. Mas ele é muito persistente. No dia seguinte, na outra semana, no outro mês lá está ele de novo, mais uma tentativa, mais uma conversa, mais uma esperança. "Quem sabe não é hoje?"
Eis que, um dia, surge a oportunidade de realizar o seu grande sonho. Ele é convidado, quer dizer, de tanto insistir ele conseguiu uma pontinha numa peça que será apresentada no principal teatro da cidade. Ele recebe o texto com a sua fala - uma fala. Não é exatamente o papel principal. Também não se pode dizer que é um papel secundário. Na verdade, ele tem uma entrada em cena e uma fala. Numa certa hora ele deve entrar e falar: "Aqui estou eu, minha rainha." É tudo. Ah! Que felicidade! Um grande astro vai surgir na constelação... A partir desse momento, Joaquim passa todo o tempo decorando o texto, testando inflexões, exercitando a voz, ensaiando a marcação, fazendo laboratório, essas coisas todas que os grandes astros e estrelas costumam fazer. Sua estreia vai ser um estouro! Ele não vê a hora de adentrar o palco e apresentar-se diante de uma plateia ávida por conhecer o seu grande talento. E chega o grande dia: a estreia. Lá está o Joaquim devidamente caracterizado a espera da hora de entrar em cena. Desde o primeiro minuto, ele fica bem pertinho do diretor. Colado nele.
— É agora? Entro? — pergunta ele logo no início do primeiro ato.
E o diretor:
— Não. Agora não. Espere.
E Joaquim, impaciente, pergunta a cada instante:
— Já entro?
— Agora?
— É minha hora?
E fica a torrar a paciência do diretor. E haja paciência...
— Vou?
— Comé-quié? Entro ou não entro?
No finzinho do terceiro ato o traidor mata o rei. Logo depois, deve entrar o nosso grande astro. E o diretor avisa:
— É agora. Vai.
Ele entra em cena e a rainha, a principal personagem representada por uma grande estrela, lá está a esperar a fala dele para dar sequência ao espetáculo.
O Joaquim finalmente diz a sua tão esperada e ensaiada fala:
— Aqui estou eu, minha rainha!
— Chegaste tarde! Mataram o rei!
O nosso grande astro faz uma reverência e completa:
— Eu bem que poderia ter evitado essa tragédia, minha rainha. Há muito tempo que eu queria entrar, mas aquele gajo ali não deixava.

Futebol sem Bola

Os loucos resolveram jogar uma partida de futebol. Detalhe: sem bola. Ficaram correndo, chutando e comemorando os gols durante horas, mas um deles se recusou a participar do jogo. Isso chamou a atenção do diretor do hospício, que foi falar com ele:
— Ei, rapaz. Por que você não vai jogar futebol com os seus amigos?
— Eu não! — respondeu ele — Não sou louco!
Sensibilizado com a resposta, o diretor resolveu dar alta para o rapaz. Com certeza ele não estava louco. Depois de liberar o louco para que ele voltasse para sua casa, o diretor voltou até o pátio para falar com os internos:
— E aí, quanto está o jogo?
— Cinco a zero pra geeeeente! — gritou um louco, babando.
— E o amigo de vocês, não quis participar do jogo por quê?
— Ah, ele é bobo! — disse outro — Disse que não joga com bola murcha!

O diretor de produção, o diretor de marketing e o presidente de uma empresa estacionaram o carro e estão a caminho de uma reunião. Ao atravessarem um parque, encontram uma lâmpada antiga. Esfregam a lâmpada e de repente aparece um gênio. O gênio lhes diz:
— Só tenho 3 desejos, por isso, cada um só pode pedir um!
O diretor de produção diz logo:
— Eu primeiro, eu primeiro! — e exprime o desejo. — Eu quero estar nas Bahamas, ao volante de um barco ultra-rápido e muito dinheiro na conta.
E puff... Partiu!
— Agora eu, agora eu! — grita o diretor de marketing — Eu quero estar nas Caraíbas, rodeado das mais belas mulheres, com uma fonte inesgotável de cocktails exóticos e muito dinheiro na conta.
Puff... Partiu!
Em seguida diz o gênio ao presidente da empresa:
— É a sua vez.
O presidente diz:
— Cancele os pedidos deles. Eu quero estes dois cretinos de volta ao trabalho depois do almoço!
Moral da História: Não seja idiota. Deixe sempre o chefe falar primeiro.

Teste da Banheira

Durante a visita a um hospital psiquiátrico, um dos visitantes perguntou ao diretor:
— Qual é o critério pelo qual vocês decidem quem precisa ser hospitalizado aqui?
O diretor respondeu:
— Nós enchemos uma banheira com água e oferecemos ao doente uma colher, um copo e um balde e pedimos que a esvazie. De acordo com a forma que ele decida realizar a missão, nós decidimos se o hospitalizamos ou não.
— Entendi — disse o visitante — uma pessoa normal usaria o balde, que é maior que o copo e a colher.
— Não — respondeu o diretor — uma pessoa normal tiraria a tampa do ralo. O que o senhor prefere? Quarto particular ou enfermaria?

A fim de atingir maiores niveis de qualidade e produtividade dos nossos funcionarios, esta sendo lancada uma nova politica de recursos humanos.
A partir de hoje todos os empregados terao a oportunidade unica de participar de nossa Meta Especial de Rendimento e Desempenho Adicional (M. E. R. D. A.).
Desta forma, daremos ao nosso pessoal mais M. E. R. D. A. do que qualquer outra empresa do mercado.
Se voce nao receber sua porcao de M. E. R. D. A. no trabalho, fale com seu gerente.
Voce sera colocado imediatamente no topo da lista. Nossos gerentes de M. E. R. D. A. se empenharao para que voce receba toda a M. E. R. D. A. que puder suportar.
Os funcionarios que nao entrarem em contato com a M. E. R. D. A. serao colocados na B. O. A. M. E. R. D. A. (Base de Orientacao Ativa) e aqueles que, mesmo assim, nao conseguirem manusear esta B. O. A. M. E. R. D. A., serao convidados a C. O. M. E. R.
M. E. R. D. A. (Comissao Organizacional de Melhoria e Envolvimento Real da M. E. R. D. A.).
Como nossos gerentes tiveram um treinamento de M. E. R. D. A. antes de serem promovidos, eles nao tem mais necessidade de fazer M. E. R. D. A. e podem fornecer toda a M. E. R. D. A. que desejar.
E claro que pode chegar o momento em que voce fique cheio de M. E. R. D. A. e se interesse entao em treinar outros funcionarios. Isto sera otimo.
Inscreva-se em nosso programa Q. U. E. M. E. R. D. A. (Qualidade Unica de Especializacao da M. E. R. D. A.).
Os selecionados para este estagio realizarao, sem duvida, muitos trabalhos de M. E. R. D. A. e poderao candidatar-se ao cargo D. E. U. M. E. R. D. A. (Diretoria Executiva de Unidade da M. E. R. D. A.).
Habilite-se. Ajude-nos a fazer desta cia. uma empresa de M. E. R. D. A..
Se tiver duvidas, nao hesite em procurar a E. T. A. M. E. R. D. A. (Equipe de Treinamento Administrativo da M. E. R. D. A.), ligada a P. U. T. A. M. E. R. D. A. (Poderosa Unidade de Treinamento Administrativo da M. E. R. D. A.).
Obrigado.

Há alguns anos atrás houve um desfile na União Soviética.

Tanques, soldados, mísseis e aeronaves desfilaram. Depois dez homens vestidos de terno e gravata seguiram os pelotões.
– Aqueles são nossos espiões?, perguntou Gorbatchev para o diretor da KGB.
– Não, são economistas. Imagine o estrago que vão causar nos quando os deixarmos com os Americanos.

A professora da 6 a série perguntou para a turma:


— Qual é a parte do corpo humano que aumenta em 10 vezes seu tamanho quando estimulada? Ninguém respondeu, até que a Natascha levantou, furiosa, e disse:
— Você não deveria fazer uma pergunta dessas para crianças da 6 a série! Eu vou contar para meus pais, e eles vão falar com o diretor, e ele vai demitir você! Então, ela sentou-se murmurando:
— Cara, ela vai se meter numa encrenca! Para o espanto da Natascha, a professora não apenas a ignorou, como fez a pergunta novamente! - Qual é a parte do corpo que aumenta em 10 vezes seu tamanho quando é estimulada? Alguém sabe? Finalmente, Rodrigo levantou-se, olhou em redor nervosamente, e disse:
— A parte do corpo que aumenta 10 vezes seu tamanho quando é estimulada é a pupila do olho. A professora disse:
— Muito bem, Rodrigo! - então, voltou-se para a Natascha e continuou - E quanto a você, mocinha, tenho três coisas para lhe dizer: Uma, você tem uma mente muito suja para sua idade. Duas, você não leu a sua lição de casa. E, três, um dia você vai ficar muito, mas muito desapontada, viu?

O sujeito acaba de assumir o comando de uma importante multinacional e, no dia de sua posse, recebe três envelopes do seu antecessor:
— Abra cada um deles, toda vez que se deparar com um problema difícil — aconselha o ex-presidente.
As coisas parecem que iam caminhando bem até que alguns meses depois a empresa começa a dar prejuízo.
Ele abre o primeiro envelope:
"Culpe o seu antecessor"!
Ele reúne-se com os acionistas, mostra gráficos e consegue provar que a culpa era do seu antecessores.
Animados com o discurso, os acionistas voltam a investir e logo a empresa se recupera.
Mais alguns meses se passam, o lucro desaparece, ele abre o segundo envelope:
"Corte custos".
Imediatamente ele reúne a diretoria e exige cortes drásticos em todas as áreas. No mês seguinte os resultados já começam a ser satisfatório novamente.
Passa-se mais um ano e novamente a empresa volta a dar prejuízo. Ele abre o terceiro envelope:
"Prepare três envelopes!"

O presidente argentino, em visita oficial ao Brasil, iria conhecer uma escola de Brasília.

E o diretor da escola foi preparar seus alunos para receberem a visita:
— Vocês devem ser educados com o senhor De la Rua. Joãozinho, eu vou perguntar a você o que é a Argentina para nós. E você responderá que a Argentina é um país amigo. - Não, diretor! AArgentina é um país irmão. - Muito bem, Joãozinho. Mas não precisa tanto. Diga apenas que a Argentina é um país amigo. - Não é não, a Argentina é um país irmão! - Tá bom, Joãozinho. Por que você acha que a Argentina é um país irmão, e não um país amigo? - Porque amigo a gente pode escolher!

O Presidiário Leproso

O português foi preso na cela em frente a de um leproso.

Dia após dia, ele observava o leproso cuidando de suas feridas. Até que certa vez, caiu um dedo do leproso. Este o pegou e o atirou pela janela.

Uma semana depois, caiu outro dedo e o leproso atirou-o pela janela. Algum tempo depois, caiu uma orelha, o leproso atirou-a pela janela. Uma semana depois caiu o pé, o leproso atirou-o pela janela.

Aí o português não agüentou mais e pediu uma audiência com o Diretor.

- Olha, senhor diretor, eu não quero ser chamado de dedo duro, mas o gajo que está na cela em frente à minha está fugindo aos pouquinhos.

O manda-chuva chama um dos seus funcionários e fala:


— Eu quero dizer que você tem demonstrado grande capacidade e competência no desempenho de suas funções. Veja que você entrou aqui como escriturário, não faz nem um ano. E tudo isso, apesar de sua pouca idade, pois sequer completou 18 anos, você teve uma rápida ascensão. Apenas dois meses depois de chegar, você logo foi promovido a supervisor. Mais 3 meses e você foi designado chefe de sua secção. Não demorou nem 3 meses e logo recebeu outra promoção: foi designado chefe do departamento. Hoje, apenas 2 meses depois e você já é um de nossos diretores. O mais influente deles. Como eu gosto de saber a opinião de nossos colaboradores, eu pergunto: você está satisfeito conosco, com suas atividades, com suas promoções por merecimento e com o seu salário?
— Estou sim, papai.

Dever de Casa Familiar

A professora pede como dever de casa que os alunos anotem frases que seus familiares disserem. Joãozinho chega em casa e diz:
- Pai, me diga um frase!
O pai respondeu:
- Cale a boca!
A irmã que estava tomando banho disse enquanto cantava no chuveiro:
- Me leva no colo, me leva!
E o irmão que assistia TV disse:
- Batman, Batman, Batman!
No dia seguinte a professora pergunta para Joãozinho o que seus familiares disseram e Joãozinho responde:
- Cale a boca!
A professora com ameaça Joãozinho:
- O que é isso? Quer ir pra diretoria?
E Joãozinho continua:
- Me leva no colo, me leva!
A professora já indignada pergunta:
- Garoto, quem você pensa que é?
E Joãozinho encerra:
- Batman, Batman, Batman!

Lula visita o hospício

Durante uma visita, dessas demagógicas, a um asilo de loucos, o Presidente Lula pergunta ao diretor qual o critério para definir se um paciente está curado ou não.
- Bem - disse o diretor - nós enchemos uma banheira, oferecemos uma colher de chá e uma xícara, e pedimos para ele esvaziar a banheira.
- Já entendi - disse Lula - uma pessoa normal escolhe a xícara, que é maior.......
- Não - responde o diretor - uma pessoa normal tira a tampa do ralo...

O Ministro da Saúde está fazendo uma visita rotineira em um hospital, acompanhado de um dos seus diretores quando, ao abrir a porta de um quarto, vê um sujeito se masturbando.
Meio constrangido, o diretor apressa-se em explicar:
— Trata-se de uma rara doença. Esse paciente produz excesso de esperma e é obrigado a se masturbar várias vezes por dia, caso contrário os seus testículos incham como uma bola.
Depois de visitar o Centro Cirúrgico, a enfermaria e a UTI, a Ministro já está indo embora quando, por engano, abre a porta de um outro quarto e vê uma enfermeira fazendo um tremendo boquete num paciente.
— Mas o que é isso? — pergunta o ministro, espantado.
E o diretor:
— Esse rapaz tem a mesma doença que o outro! Só que o Plano de Saúde dele é muito melhor...

O presidente de uma Grande empresa, sentado em sua enorme sala sem absolutamente nada para fazer, começa a pensar sobre o que é trabalho e o que é lazer em seu dia. Após uma enorme lista de diversões, ele chegou na hora em que transa com sua esposa, com a qual já está casado há 15 anos. Sem conseguir concluir ao certo se transar com sua esposa é trabalho ou prazer, ele chama o vice-presidente em sua sala. Um pouco menos desocupado, o vice para de ler as reportagens sobre a empresa que haviam sido publicadas no jornal e vai até a sala do Presidente que lhe pergunta: * Transar com minha esposa é trabalho ou prazer? O vice pensa alguns segundos e incerto da resposta pede duas horas para responder. Volta para sua sala, chama o diretor geral da empresa e faz a mesma pergunta: * Quando o presidente dorme com a mulher dele, é trabalho ou prazer? O vice dá ao diretor geral o prazo de uma hora para responder. Imediatamente o diretor geral, mesmo sem nada para fazer, delega a função ao diretor jurídico que passa a pergunta para o advogado sênior e assim vai até chegar ao advogado júnior. Assim como o resto da empresa, o advogado júnior fica na dúvida e vai até a mesa de seu estagiário: * Você tem cinco minutos para descobrir se quando o presidente transa com a mulher dele é trabalho ou prazer. O estagiário, então, sem parar de digitar com a mão direita e separar uma pilha de documentos com a mão esquerda, olha para o advogado júnior por cima das milhares de pastas que estão em sua mesa e responde: * é prazer. Espantado com a rapidez e confiança da resposta do estagiário, o advogado júnior pergunta: * Mas como você tem tanta segurança em sua resposta ? Ainda sem parar de trabalhar, o estagiário responde: * Por que se fosse trabalho era eu quem ia fazer!!!!

Joaozinho tambem sabe!

Joãozinho, qual é o seu problema?

- Sou muito inteligente para estar no primeiro ano.

Minha irmã está no terceiro ano e eu sou mais inteligente do que ela.

Eu quero ir para o terceiro ano também.

>

A professora, vendo que não vai conseguir resolver este problema, o

manda para a diretoria.

>

Enquanto o Joãozinho espera na ante-sala, a professora explica a

situação ao diretor.

O diretor diz para a professora que vai fazer um teste com o garoto.

Como é certo que ele não vai conseguir responder a todas as perguntas,

vai mesmo ficar no primeiro ano. A professora concorda.

Chama o Joãozinho e explica-lhe que ele vai ter que passar por um

teste; o menino aceita.

>

O Diretor pergunta para o Joãozinho:

- Joãozinho, quanto é 3 vezes 3?

- 9.

- E quanto é 6 vezes 6?

- 36.

O diretor continua com a bateria de perguntas que um aluno do terceiro

ano deve saber responder. Joãozinho não comete erro algum.

O diretor então diz à professora:

- Acho que temos mesmo que colocar o Joãozinho no terceiro ano.

A professora diz: - Posso fazer algumas perguntas também?

O diretor e o Joãozinho concordam. A professora pergunta:

- O que é que a vaca tem quatro e eu só tenho duas?

Joãozinho pensa um instante e responde:

- Pernas.

Ela faz outra pergunta:

- O que é que há nas suas calças que não há nas minhas?

O diretor arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper...

- Bolsos. (Responde o Joãozinho).

Mais uma:

- O que é que entra na frente na mulher e que só pode entrar atrás

no homem?

Estupefato com os questionamentos, o diretor prende a respiração...

- A letra "M". (Responde o garoto.)

A professora continua a argüição:

- Onde é que a mulher tem o cabelo mais enroladinho?

- Na África. (Responde Joãozinho de primeira.)

E continua:

- O que que entra duro e sai mole pingando?

O diretor apavorado!.... E o Joãozinho responde:

- O macarrão na panela.

E a professora não para:

- O que é que começa com "b", tem "c" no meio, termina com "a" e para

ser usada é preciso abrir as pernas? O professor fica paralizado!!!

E o Joãozinho responde:

- A bicicleta.

E a professora continua:

- Qual o monossílabo tônico que começa com a letra "C" termina com a

letra"U" e ora está sujo ora está limpo?

O Diretor começa a suar frio.....

- O céu, professora!

- O que é que começa com "C" tem duas letras, um buraco no meio e

eu já dei para várias pessoas?

- CD !

Não mais se contendo, o diretor interrompe, respira aliviado e diz

para a professora:

- Puta que Pariu!!!! Põe esse moleque como diretor, que vou fazer

minha matrícula no terceiro ano. Errei todas!

Os soldados

Quatro soldados de diferentes países (um americano, um japonês, um espanhol e um portuga) encontravam-se presos em um campo de concentração.
O sádico diretor do campo, disposto a divertir-se com esses pobres soldados, resolveu promover um teste: todos deveriam contar piadas. Se as piadas fossem boas e todos da prisão rissem (incluindo o diretor), suas vidas seriam poupadas. Caso contrário, a forca seria o destino do comediante sem talento...
E chegou a vez do americano: contou uma piada engraçadíssima e todos riram, menos o portuga. O diretor, assistindo a impassividade o portuga, clamou: "Matem esse americano sem graça!!"
E lá se foi o pobre gringo...
O próximo era o japonês: contou a piada mais engraçada que conhecia.
Mais uma vez, todos riram, menos o portuga. Perante o rosto sério do lusitano, o diretor ordenou: "Matem esse japonês que não sabe contar piadas!"
E chegou a vez do espanhol. Assim que começou, o portuga caiu na risada.
E passou a rir sem parar! O diretor, não entendendo o ocorrido, perguntou ao portuga:
- Mas, homem, o Espanhol mal começou a contar a piada... Do que está rindo?
- Muito boa a piada do americano!

O zoológico de uma pequena cidade do interior acabava de comprar uma gorila fantástica.

Ela brincava com os visitantes, era muito bonita e forte.
Dentro de um mês a gorila começou a mostrar sinais de agitação e causar alguns problemas. O veterinário do zoológico constatou que ela estava no cio.
— Precisamos arrumar um macho rapidamente para acalmar a gorila! — disse ele ao diretor do zoológico.
Então todos os zoológicos das cidades vizinhas foram acionados, mas nenhum gorila em idade de acasalamento estava disponível. Todos estavam ficando desesperados com a situação quando um funcionário disse:
— Olha, eu acho que tenho uma solução...
— Diga, por favor! — pediu o diretor — Estamos ficando aflitos!
— Tem um moço que faz a limpeza das jaulas, o Tonho, que tem fama de tarado e de sempre traçar tudo que vê pela frente...
O diretor não vê outra opção e chama o Tonho em sua sala.
— O zoológico precisa de você! — diz o diretor ao homem da limpeza — Como você sabe a gorila está no cio e nós não encontramos nenhum macho... Bom, vou direto ao assunto: você não toparia transar com a gorila por mil reais?
— Olha, Doutor... Pode ser que eu me interesse sim... Mas será que eu posso te dar a resposta amanhã?
O diretor aceita e, no dia seguinte, Tonho vai até a sala dele e diz:
— Eu aceito a proposta, mas tenho uma condição...
— Claro, Tonho... Pode falar...
— O senhor me dá uma semana pra conseguir os mil reais?

No manicômio, os loucos resolveram fazer uma surpresa para o diretor, já que era seu aniversário.

Fizeram uma grande festa e, no final, o diretor agradeceu:
— Muito obrigado, gente. Mesmo vocês sendo loucos, fizeram uma super festa.
E um louco responde:
— É verdade. Mas infelizmente o senhor vai ficar sem bolo.
— Não tem bolo?
— É que a gente foi escrever "Feliz Aniversário" e o bolo enroscou na máquina de escrever.

Louco no Varal

O Presidente do Brasil estava visitando um hospício acompanhado pelo Diretor do manicômio.
- Sr. Presidente aqui é o refeitório dos loucos, aqui é o dormitório dos loucos, etc...,
E assim foi mostrando todos os aposentos ao presidente. Quando saíram na rua o presidente notou que tinha um louco pendurado num fio de alta tensão, e perguntou:
- O que ele faz lá?
- Ele pensa que é uma roupa e está no varal secando!
- Então tira ele de lá, que ele pode morrer eletrocutado!
- Não Sr. Presidente, deixa ele secar primeiro!

Cartaz no Poste

Certo dia um maluco resolveu por um cartaz no topo de um poste, passado algum tempo era uma autêntica romaria até ao cimo do poste e todos os quando chegavam ao topo do poste só diziam:
— É verdade!
Até que o diretor do manicômio resolveu saber o que dizia o cartaz, só que ninguém lhe dizia, argumentando que lá dizia que nada do que lá estava escrito podia ser revelado.
Como o subdiretor, cozinheiros e restantes empregados já lá tinham ido, o diretor resolveu também lá ir.
La vai o diretor barrigudo a subir o poste. E quando chegou lá dizia o cartaz:
"NÃO DIGA NADA A NINGUÉM, MAS AQUI ACABA O POSTE."
E o diretor:
— É verdade!

Joãozinho e o dever de casa

Joãozinho estava no colégio, e a sua professora pediu que cada aluno lhe trouxesse uma frase, com a ajuda da sua família, para a próxima aula.

Joãozinho como era competente iria lhe trazer mais de 1 frase.

Chegando em casa ele falou:

- Mãe, me dá uma frase?

- "ah não enche!"

Joãozinho foi tentar com a irmã:

- Maninha, me dá uma frase?

- ''vou de taxi!"

Chegou e perguntou ao seu pai

- Pai, me dá uma frase?

- taramm... eu sou o Batmaaaaaaaaaaamm!

Chegando no colégio no dia seguinte, todos já tinham dito suas frases e só faltava joãozinho...

- Joãozinho, e a sua ?

- "ah não enche!"

- O que é isso joãozinho... quer ir para a diretoria??

- "vou de taxii!"

- Ah garoto! Você pensa que é quem??

- taram... eu sou o Batmaaaaaaaaaaaaamm!!

O Lustre

O prefeito estava visitando o hospício da cidade.

Chegando na biblioteca, percebe que tem um louco, de
cabeça pra baixo, pendurado no teto. Preocupado,
comenta com o diretor do hospício:

- O que é que esse louco está fazendo ai no teto?

Ao que o diretor responde:

- Ele pensa que é um lustre.

O prefeito indignado, reclama:

- Mas é muito perigoso, ele pode cair e se machucar.
Porque que vocês não o tiram do teto?

O diretor então explica:

- Mas, e à noite? Como é que a gente vai fazer para
ler no escuro?

Gráfico decrescente

O diretor de uma grande empresa reúne todos os funcionários e expõe um gráfico, que mostra que no último ano a linha de lucros só havia descido.
Depois de falar durante horas, ele pediu:

- Se algum de vocês tiver uma boa idéia para fazer a linha de lucros subir, escreva e coloque na caixa de sugestões. Amanhã, teremos uma nova reunião e abriremos a caixa para discutir as idéias.

No dia seguinte, o diretor abre a caixa e vê apenas um papel, onde estava escrito:

- Vire o gráfico de cabeça pra baixo.

Eu Malufo

Dia destes, Paulo Maluf, eternamente em campanha, vai visitar uma escola da periferia.
Ao passar diante de uma das classes, ele ouve a garotada debruçada na carteira, escrevendo e falando ao mesmo tempo:
- Eu malufo, tu malufas, ele malufa, nós malufamos...
Impressionado, ele vira-se para a diretora e observa:
- Você deve estar orgulhosa destes meninos! Eles são ótimos!
- Nem todos - desconversa a diretora. - Nem todos! Outro dia pegamos um deles malufando um refrigerante da cantina.

A garotinha chega da escola em prantos.


— Mamãe, mamãe, sniff... sniff...
— O que foi, minha filha?
— Hoje... na escola... me puseram de castigo... sniff...
— De castigo? Por quê?
— Por uma coisa... sniff... que eu não fiz...
— Mas isso é um absurdo! Vamos lá, vou falar já com a diretora.
E pega a mão da menina e arrasta-a para fora da casa. Na rua, vendo a filha um pouco mais calma, pergunta:
— E o que foi que você não fez, minha filha?
— A lição de casa...

Quase Curado

Dois loucos tomavam sol à beira da piscina do hospício até que um deles se jogou na água e afundou. Rapidamente, seu amigo, num ato heróico, pulou para salvá-lo. No outro dia, o diretor do manicômio foi falar com o louco salva-vidas:

- Meu rapaz, eu tenho duas notícias para você! Uma boa e outra ruim: a boa é que você finalmente vai ter alta! Salvou uma vida!

O louco deu um sorriso de agradecimento.

- A notícia ruim é que o rapaz que você salvou ontem se enforcou!

- Não, doutor, ele não se enforcou...

- Como não? Nós o encontramos enforcado com o seu próprio cinto, hoje de manhã!

- Ah, mas fui eu que pendurei ele pra secar!

Um diretor de um manicômio, conversa com seu secretário e manda colocar areia na piscina e soltar os internos para ver se todos ainda são loucos ou se alguns melhoraram...
Ao soltar loucos todos vão correndo para a piscina e pulam nela... é areia para todo lado, euforia geral, todos eles se lambuzando na areia...
O diretor observando aquilo, reparou que tinha um que não estava dentro da piscina, o diretor e o secretário foram correndo, falar com o rapaz:
— Parabéns rapaz!!
— Por quê? - pergunta o louco.
— Você esta curado! você não é louco, porque você é o único que não esta nadando nesta piscina!
E o louco responde:
— Claro, que eu não estou louco! Com todas essas pessoas aí nadando, precisa ter um salva-vidas, né??

Fogo no clube

O diretor do Clube Lusitano é acordado em plena madrugada pelo telefone.
- Doutor, venha correndo que o clube está pegando fogo.
Ele levanta-se depressa, veste-se atabalhoadamente e sai voando, mas quando chega só encontra as cinzas.
- Mas você não chamou os bombeiros? - ele reclama para o vigia.
- Não, o senhor disse que eu só podia deixar entrar quem era sócio!

Basta pensar que existem piadas baseadas na verdade que podem derrubar governos, ou piadas que fazem as meninas rirem. Muitos diretoria universitaria piadas e trocadilhos são piadas que deveriam ser engraçadas, mas algumas podem ser ofensivas. Quando as piadas vão longe demais, são cruéis ou racistas, tentamos silenciá-las e é ótimo se você nos der feedback sempre que uma piada se tornar intimidadora e inadequada.

Sugerimos usar apenas diretoria tyson brincadeiras para adultos e blagues para amigos. Algumas das piadas sujas e sujas são engraçadas, mas use-as com cautela na vida real. Tente se lembrar de piadas engraçadas que você nunca ouviu para contar a seus amigos e elas vão fazer você rir.

Piadas