AS 50 MELHORES Piadas de Frio

Abaixo está nossa coleção de anedotas e lista de piadas engraçadas sobre Frio . Existem algumas piadas frio curtas que ninguém sabe (para contar aos seus amigos) e para fazer você rir alto.

Reserve algum tempo para ler aqueles trocadilhos e quebra-cabeças em que você faz uma pergunta com respostas ou onde a configuração é a conclusão. Esperamos que você encontre esses trocadilhos com frio engraçado o suficiente para contar e fazer as pessoas rirem.

Top 10 Frio piadas e trocadilhos mais engraçados

Banheiro de loira

Por que o banheiro das loiras tem três torneiras?

R: Uma para água fria, outra para água quente e a outra para água oxigenada!

P: Por que a casa da loira tem 3 torneiras?
R: Água quente, água fria e oxigenada.

Um homem jogou na loteria e ganhou.

..
Quando chegou em casa disse:
— Mulher ganhei na loteria!Ganhei na loteria! Arrume suas malas...
E a mulher disse:
— Mas amor que roupa eu boto, não sei se vai fazer calor, ou se vai fazer frio...
E o marido respondeu:
— Leva tudo, que você vai voltar para a casa da sua mãe...

O mendigo perguntou a outro se não sabia de algum lugarzinho onde pudesse dormir em noites frias e o outro:


— O que é isso, meu! Está afrouxando! Durma a céu aberto, usando como telhado a Lua e a imensidão de estrelas que há no Firmamento!
— Mas é que eu estava pensando em algo um pouquinho menor!

Os peixes não podem viver sem a água fria, também eu não posso viver sem a tua companhia.

Provocando Queimada

A professora pergunta para Joãozinho:
- Joãozinho, você sabe como se provoca uma queimada?
E o garoto responde:
- Chamando ela de fria, fessora!

Mensagem Para o Ex-Namorado

A garota manda uma mensagem para seu ex-namorado:
- E aí tudo bem com você?
O ex responde:
- Não, estou com frio, com fome e sem dinheiro. Só falta você aqui...
- Pra te fazer companhia?
- Não, pra completar a tragédia!

Um cara chega na lanchonete do Português:


— Seu Manoel, eu quero um "misto frio".
— Olha amigo, tu vais ter que esperar um pouco.
— Por quê?
— É que demora uma meia hora para esfriar o Gril.

Um grupo de agitadas estudantes saía do museu, e uma comentou com a outra:


— Puxa, você viu que pênis grande tinha aquela estátua grega?
— Vi, sim — Respondeu a garota, aos sussurros -, mas o que me impressionou mesmo foi que era tão frio...

Oração dos homens

Um brinde a nós, homens, portadores da inteligência e que nenhuma mulher sabe dar valor!
Que as nossas sejam nossas, que as deles sejam nossas, que as nossas nunca sejam deles, e que se forem deles, que sejam frias!!!
Bebo porque vejo no fundo deste copo a imagem da mulher amada...
Que a fonte nunca seque e que nossa sogra nunca se chame Esperança, porque "Esperança" é a última que morre!
Que nossa esposa seja rica, que as nossas amantes sejam o máximo e que elas nunca se encontrem.
Deus é 10, Romário é 11, uísque é 12, Zagallo é 13, e acima de 14 eu tô pegando!
Que sobre, nunca nos falte, e que a gente dê conta de todas.
AMÉM!!!

Com a aproximação do inverno, os índios foram ao cacique perguntar se o inverno seria rigoroso.

O chefe, vivendo tempos modernos, não tinha aprendido os segredos de meteorologia como seus ancestrais. Mas claro, não podia mostrar insegurança ou dúvida. Por algum tempo olhou para o céu, estendeu as mãos para sentir os ventos e em tom sereno e firme disse:
— Teremos um inverno muito forte... é bom ir colhendo muita lenha!
No dia seguinte, preocupado com o chute, foi ao telefone e ligou para o Serviço Nacional de Meteorologia e ouviu a resposta:
— Sim, o inverno deste ano será muito frio!
Sentindo-se mais seguro, dirigiu-se a seu povo novamente:
— É melhor recolhermos muita lenha... teremos um inverno rigoroso!
Dois dias depois, ligou novamente para o Serviço Meteorológico e ouviu a confirmação:
— Sim... este ano o inverno será rigoroso!
Voltou ao povo e disse:
— Teremos um inverno muito rigoroso. Recolham todo pedaço de lenha que encontrarem, teremos que aproveitar os gravetos também.
Uma semana depois, ainda não satisfeito, ligou para o Serviço Meteorológico outra vez:
— Tem certeza de que teremos um inverno tão forte?
— Sim. Este ano teremos um frio intenso, nós temos certeza.
— Como tem tanta certeza?
— É que os índios estão recolhendo lenha pra cacete este ano...

Você pode explorar piadas para fazer com frio curtas do Reddit, incluindo frases e brincadeiras. Leia-os e você entenderá quais piadas são engraçadas. Aqueles de vocês que têm adolescentes podem contar charadas de frio limpo. Há também trocadilhos com frio para crianças, 5 anos, meninos e meninas.

Três mulheres conversavam.

Disse a primeira:
— Sabem, o saco do José, meu marido, é frio...
Disse a segunda:
— Hoje, verei como é o saco do Manuel...
No dia seguinte, falou a segunda mulher:
— É, também o saco do Manuel é frio, que engraçado...
A terceira disse:
— Bem, hoje verei como é o saco do Joaquim...
No outro dia, Maria, mulher do Joaquim, foi encontrar as amigas. Ela estava toda quebrada, com os olhos roxos, cheia de hematomas.
— O que houve, Maria? perguntaram as duas.
— Imaginem. Peguei no saco do Joaquim e era quente. Disse-lhe apenas que como poderia o dele ser quente se o do Manuel e o do José eram frios...

Duas semanas de casamento, o marido apesar de feliz, já estava com uma vontade reprimida de sair com a galera pra fazer a festa.
Assim, ele diz a sua queridinha:
— Amorzinho, vou dar uma saidinha mas não demoro… — Onde você vai, meu docinho?
— Ao barzinho, tomar uma geladinha.
A mulher bota a mão na cintura e lhe responde:
— Quer cervejinha, meu amor?
Nesse momento ela abre a porta da geladeira e lhe mostra 25 marcas diferentes de cervejas de 12 países, alemãs, holandesas, japonesas, americanas, mexicana, etc.
O marido sem saber o que fazer, lhe responde:
— Meu docinho de coco… mas no bar… você sabe… o copo gelado… O marido nem terminou de falar, quando a esposa interrompe a sua conversa e lhe fala:
— Quer copo gelado, amor?
Nesse momento ela pega no freezer um copo bem gelado, tão branco, tão branco, que até tremia de frio. O marido responde:
— Mas minha princesa, no bar tem aqueles salgadinhos gostosos… Já estou voltando, tá?
— Quer salgadinho, meu amor?
A mulher abre o forno e tira 15 pratos de salgadinhos diferentes, quibe,coxinha, pastel, pipoca, amendoim, coração de galinha, queijo derretido,torresmo… — Mas, minha Pixunguinha… lá no bar… você sabe…. as piadas, os palavrões, tudo aquilo… — Quer palavrões, meu amor? ENTÃO VAI TOMAR NO CU, PORQUE DAQUI VOCÊ NÃO SAI NEM FODENDO, SEU FILHO DA PUTA!

Seguindo seu conselho

Durante as grandes navegações as tripulações em geral padeciam de um mal crônico... falta de mulher!
Para aliviar essa falta os marinheiros serviam-se solitariamente de barris para aliviar a tensão. Uma vez cheio, o barril era fechado e lançado ao mar. Um destes, foi conduzido por uma corrente marítima tão fria que, meio congelado, acabou nas praias de um convento. Após alguns meses as freiras estava todas grávidas! Apreensiva com tanta gravidez inesperada a madre superiora perguntou a Irmã Fofoqueira!
- Irmã, você que sempre sabe de tudo, recorda de algo que explique estes fatos?
- Madre, lembro-me que acerca de um ano, encalhou na praia um estranho barril. Seu conteúdo parecia chope, mas não era...
- Sim, irmã, e o que aconteceu depois?
- A madre disse que devíamos sempre exaltar a Obra Divina, até mesmo com coisas aparentemente inúteis...
- Sim, irmã, e daí?
- Seguimos o seu conselho, e resolvemos usar aquela estranha matéria para fazer velas!

Vingança à moda mineira

Dois casais, um de paulistanos e outro de Mineiros, estavam jogando cartas e uma carta caiu embaixo da mesa. O Mineiro abaixou para pegar e deu uma olhadela na mulher do paulista por baixo da mesa, ela estava sem calcinha e com... à mostra. Alguns minutos depois o mineiro suando frio levantou para tomar água e a mulher do paulista disfarçou e foi atrás dele. Chegando na cozinha ela perguntou:
E aí? O que você achou?
Maravilhoso! - respondeu o Mineiro.
Qualquer 500 reais e a gente conversa - disparou a paulista.
É muito dinheiro, mas tudo bem, é só dizer quando!
Amanhã a tarde ele não vai estar em casa você pode ir lá.
Combinado!
No outro dia a tarde o mineiro chega na hora marcada, paga os 500 reais e manda ver na mulher do paulista. A noite o paulista chega do trabalho e pergunta a mulher: O mineiro esteve aqui a tarde?
Sim, respondeu a mulher assustada.
Deixou 500 reais?
Sim, respondeu a mulher completamente apavorada.
Ufa que alívio! Aquele mineiro safado esteve no meu escritório pela manhã, me pediu 500 reais emprestado e disse que passava aqui a tarde sem falta para me pagar...

Onde Está Deus?

Um casal tinha dois filhos muito bagunceiros. Eles sabiam que se alguma coisa acontecesse onde moravam, era culpa deles. Um dia, a mãe dos garotos ouviu falar de um padre que sabia como acalmá-los. Ela foi até ele e pediu:
— Seu padre, você pode dar um jeito nesses meus filhos?
E o padre responde:
— Posso sim, mas quero vê-los em horários diferentes na minha igreja.
De manhã, o mais novo vai para a igreja. Chegando lá, senta num banco e aparece o padre, que pergunta:
— Onde está Deus?
O menino começa a suar. Olha pra um lado, pro outro, e o padre repete a pergunta, só que num tom mais severo:
— Onde está Deus?
O garoto começa a suar frio e o padre fala numa voz mais severa ainda:
— Onde está Deus?
O menino apavorado corre pra casa, passa direto pela mãe e se tranca no quarto. O irmão mais velho pergunta pela porta:
— O que aconteceu lá na igreja?
E o mais novo:
— Estamos fodidos. Deus sumiu e acham que foi a gente!

Inferno endotérmico ou exotérmico

Pergunta feita pelo Dr. Fernando, da FATEC, em sua prova final do Curso de maio de 1997. Este doutor é reconhecido por fazer perguntas do tipo:
"Por que os aviões voam?" em suas provas finais.
Sua única questão na prova final de maio de 1997 para sua turma foi:
"O inferno é exotérmico ou endotérmico? Justifique sua resposta."
Vários alunos justificaram suas opiniões baseados na Lei de Boyle ou em alguma variante da mesma.
Um aluno, entretanto, escreveu o seguinte:

"Primeiramente, postulamos que se almas existem então elas devem ter alguma massa. Se elas têm, então um mol de almas também tem massa. Então, a que taxa as almas estão se movendo para fora e a que taxa elas estão se movendo para dentro do inferno? Eu acho que podemos assumir seguramente que uma vez que uma alma entra no inferno ela nunca mais sai.
Por isso não há almas saindo. Para as almas que entram no inferno, vamos dar uma olhada nas diferentes. Religiões que existem no mundo hoje em dia. Algumas dessas religiões pregam que se você não pertencer a ela, você vai para o inferno. Como há mais de uma religião desse tipo e as pessoas não possuem duas religiões, podemos projetar que todas as pessoas e almas vão para o inferno. Com as taxas de natalidade e mortalidade do jeito que estão, podemos esperar um crescimento exponencial das almas no inferno. Agora vamos olhar a taxa de mudança de volume no inferno. A Lei de Boyle diz que para a temperatura e a pressão no inferno serem as mesmas, a relação entre a massa das almas e o volume do inferno deve ser constante. Existem então duas opções:
1) Se o inferno se expandir numa taxa menor do que a taxa com que as almas entram, então a temperatura e a pressão no inferno vão aumentar até ele explodir.
2) Se o inferno estiver se expandindo numa taxa maior do que a entrada de almas, então a temperatura e a pressão irão baixar até que o inferno se congele.
Então, qual das duas?
Se nós aceitarmos o que a menina mais gostosa da FATEC me disse no primeiro ano: "haverá uma noite fria no inferno antes de eu me deitar com você", e levando-se em conta que ainda NÃO obtive sucesso com ela, então a opção 2 não é verdadeira.
Por isso, o inferno é exotérmico."

O aluno Sérgio Fonseca tirou o único 10 na turma.

O Buraco do Coveiro

No cemitério o coveiro cavava uma nova cova, mas estava tão distraído que não percebeu que cavava demais. Após algum tempo ele olhou para cima e percebeu que não conseguiria sair dali sozinho. Ele gritou para pedir ajuda, mas ninguém apareceu. Passaram-se várias horas e ele já estava desesperado e com muito frio. Ele então escuta o som de passos e grita mais uma vez por ajuda, até que um bêbado se aproxima do buraco.
- O que aconteceu? - pergunta o bêbado.
- Você tem que me ajudar, eu estou preso nesse buraco, morrendo de frio - explica o coveiro.
O bêbado responde:
- É claro que está com frio, tiraram toda a terra de cima de você. Não se preocupe, pobre mortinho, vou te ajudar!
E o bêbado cuidadosamente começou a enterrar o coveiro.

O turco chega com um pu*a carrão numa boate e consegue convencer o porteiro a entrar sem pagar, dizendo depois eu lhe recompenso. Entrou de fininho e se divertiu a valer, no fim chegou na saída, encostou no porteiro e enfiou a mão no bolso do paletó do porteiro e disse no seu ouvido:
— Isso é pra você tomar um whisky, e saiu tranqüilamente... O porteiro sentindo o seu peito ficar frio, enfiou a mão no bolso e tirou duas pedras de gelo...

A Laura se casou e foi morar numa edícula, mas continuava almoçando na casa dos pais.


Num domingo, sua mãe a chama para almoçar e ela grita:
— Já vou mãe, não demoro.
Luizinho, o irmão mais novo, diz com cara de sacana:
— Não demora, é? Eu sei muito bem o que eles estão fazendo...
— Deixa de ser idiota e cala a boca, moleque!
A mãe, ansiosa grita de novo:
— Laura, minha filha, filha, venha logo, antes que a comida fique fria!
E a filha, quase chorando:
— Já vou, mãe!
O Luizinho, então volta à carga:
— Eu sei o que eles estão fazendo... A Laura me pediu o tubo da vaselina e eu dei o de cola...

A garrafa térmica

Uma loira entra numa loja e vê uma coisa brilhante.

- O que é isso? - pergunta ela

- Uma garrafa térmica - responde o vendedor.

- E o que ela faz? - pergunta ela.

O vendedor explica:

- Ela mantém frias as coisas frias e quentes as coisas quentes.

A loira compra a garrafa térmica. No dia seguinte ela a leva para o trabalho.

Seu chefe, estranhando esse objeto brilhante, pergunta o que é.

- Uma garrafa térmica - responde ela.

- E o que faz? - pergunta o chefe.

- Mantém quentes as coisas quentes e frias as coisas frias - responde a loira.

O chefe pergunta:

- E o que tem dentro?

A loira, satisfeita, diz:

- Duas xícaras de café e um suco gelado.

Feijões Cozidos Com Bacon

Era uma vez um homem que tinha uma paixão terrível:
feijões cozidos com bacon.

Ele os adorava, mas eles provocavam muitos gases,
criando uma situação um pouco embaraçosa ao homem. Um
dia, ele conheceu uma garota e se apaixonou.

Quando estava aparente que eles iriam se casar, ele
pensou:

- Ela nunca vai se casar comigo se eu continuar desse
jeito.

Então, ele fez um supremo sacrifício e largou os
feijões.

Pouco depois eles se casaram...

Alguns meses depois, ao sair em serviço, o carro dele
quebrou e, como eles viviam fora da cidade, ele
telefonou para sua esposa dizendo a ela que chegaria
atrasado porque teria de voltar a pé.

No caminho de volta para casa, ele passou por um pequeno
restaurante, que exalava um maravilhoso e inebriante
aroma de feijões cozidos com bacon.

Como ainda tinha que andar alguns quilômetros até em
casa, ele pensou que qualquer efeito negativo passaria
muito antes de chegar.

Não teve dúvidas, entrou e pediu, babando, duas porções
caprichadas de feijões. Já retornando para casa, sua
volta foi marcada por estrondosos e contínuos gases, os
quais, sem o menor constrangimento ou inibição, ele
soltava com um misto de prazer e realização.

Chegando em casa, sentiu-se bem aliviado e seguro. Sua
esposa o encontrou na porta e, parecendo bastante
excitada, lhe disse:

- Querido, eu tenho a maior surpresa para você no
jantar de hoje! Coloque essa venda para não
estragá-la.

Vendado, ela o guiou até a cadeira na cabeceira da
mesa de jantar. O fez sentar-se e prometer que não
olharia em hipótese nenhuma.

Neste ponto, ele sentiu que havia um enorme flato a
caminho. Um suor frio percorreu-lhe a coluna, ao
segurar aquilo que lhe pareceu ser todo o gás de um
Zeppelin. Mas ele o segurou brava e heroicamente.

Quando sua esposa estava prestes a remover a venda, o
telefone tocou.

Ela, novamente, o fez prometer que não ia olhar até que
ela voltasse e saiu para atender o telefone. Enquanto
ela estava fora, ele aproveitou a oportunidade.

Jogou seu peso para apenas uma perna e soltou um que,
não apenas saiu alto, como tinha o som daqueles apitos
de marinheiro embarcando.

Tendo em vista a dificuldade para respirar, devido ao
mau cheiro, ele procurou pelo guardanapo e começou a
abanar o ar em volta de si. Estava começando a se
sentir melhor quando outro surgiu a toda força.

Levantou a perna e RRRIIIPPPPP! Soou como um motor a
diesel pegando e, agora, fedeu mais ainda. Parecia com
o fedor de animal morto, mas com carniça de toda uma
parelha de cavalos!

Esperando que aquele nausebundo odor se dissipasse,
começou a sacudir os braços loucamente.

As coisas começavam a voltar ao normal quando sentiu
os loucos ímpetos de mais um. Levantou uma perna,
igual a um lutador de sumô, e mandou ver...
O barulho foi como se tivessem tocado os trombones do
inferno.

Esse foi um legítimo merecedor de uma medalha de ouro.
Seis graus na escala Richter!!! Nem um tiro do canhão
Bertha da Primeira Guerra (que atingia Paris a 60 km de
distância) era igual em decibéis.

As janelas vibraram, a louça na mesa sacudiu e, setenta
segundos depois, a rosa sobre a mesa feneceu.

Após noventa, morreu sequinha! Enquanto ficava com um
ouvido atento à conversa da mulher no telefone e
mantendo a sua promessa de não tirar a venda, ele
manteve uma cadência de fogo cerrado.

Uma barragem de artilharia, mesmo! Quase seis minutos
dando tiros e abanando-se ora com os braços, ora com o
guardanapo.

Quando ouviu a mulher despedir-se no telefone,
suavemente depositou o guardanapo no colo e cruzou por
sobre ele suas mãos.

Um sorriso, um misto de marotice e inocência, marcava a
expressão angelical da sua cara, quando sua esposa
entrou pedindo desculpas por haver demorando tanto.

Perguntou-lhe se havia olhado a mesa de jantar, o que
ele negou, veementemente. Certificando-se de que não a
enganara, a esposa, retirou sua venda e gritou:

- SURPRESA!!!

Para seu choque e horror estavam doze convidados, com
caras que iam do espanto incrédulo ao horror
tragicômico, sentados na mesa, ao seu redor,
para a festa surpresa do seu ANIVERSÁRIO.

Duas pulgas conversavam:


— Essa noite quase morri de frio, cara! — diz o primeiro.
— Você dormiu aonde? — perguntou o amigo.
— Dormi no bigode de um motoqueiro!
— Você é doido, cara? Os motoqueiros vivem zanzando por aí e quem sofre é você que fica com o vento batendo na cara!
— Pois é! Nem me fala...
— Quer um lugar legal pra você dormir? Procura uma mulher de saia, sobe na perna dela e vai reto toda vida! Você vai chegar numa floresta quentinha, aí é só se esconder e dormir, sossegado!
Empolgadíssimo, a pulga logo encontrou uma mulher de saia e seguiu as recomendações do amigo.
Uma semana depois eles se reencontram:
— E aí, cara? Fez o que eu te falei?
— Você tava me sacaneando, né? — esbravejou a pulga friorento, partindo pra cima do amigo.
— Calma, cara! O que aconteceu? Não achou a floresta quentinha?
— Achar eu achei! Mas eu tava dormindo sossegado e começou uma confusão danada! Fui tão chacoalhado que fiquei tonto e, quando dei por mim, tava de novo no bigode do motoqueiro!

Pintim do mineirim

Um mineirim tava no Rijaneiro, abismado côas praia, pé descarço, sem camisa, aquele carção Naique sem cueca. Os cariocas zombando, contando piadas de mineiro.
Alheio a tudo, o mineirim olhou pro marzão e num se agüentou: correu a toda velocidade e deu um mergúio, deu cambaióta, pegou jacaré e tudo o mais.
Quando saiu, o carção de ticido finim tava transparente e grudadim na pele. Todos na praia tavam olhando pro tamanho do pinguelo que mineirim tinha.
O bicho ia até pertim do juei. A turma nunca tinha visto coisa igual.
As muiés c`um sorrisão, os homi roxo dinveja, só tinham olhos pro bixo.
O mineirim intão percebeu a situação, ficou todo envergonhado e gritou:
- Que qui foi, uai?! Vão dizê qui quando oceis pula n`água fria, o pintim dôceis num incóie???

Manoel numa fria

Sofrendo com o frio, Manoel vai ate a farmácia e pede um saco d'água quente.

- É para aquecerei os pés na cama! - explica ele para o farmacêutico.

- Olha, no momento este produto esta em falta, mas eu posso lhe dar uma indicação... la em casa eu tenho um gato e coloco ele nos pés da cama. . . não é a mesma coisa, mas ajuda bastante!

Empolgado com a sugestão do farmacêutico, Manoel passou numa pet shop e comprou um gato siames.

No dia seguinte ele chega na farmácia, furioso, com arranhões espalhados por todo corpo.

- P que aconteceu? - perguntou o farmacêutico, aflito.

- Ora pois! tudo isto foi gracas a sua idéia maluca de colocar um bichano nos pés!

- Por que? - tornou ele, sentindo-se culpado - o gato era muito bravo?

- Não... era mansinho... mas precisa ver o trabalho que deu para colocarei água quente dentro dele!

A Primeira E A Segunda

O velhinho de 70 anos foi fazer um check-up com seu
médico e durante os exames reclamou ao médico que
estava com um problema sério:

- Doutor, estou com um problema grave ! Quando faço
amor com minha esposa, nem sempre consigo ir para a
segunda.

O médico riu e disse:

- Ora, meu senhor, na sua idade a primeira já merece
aplausos.

O velho insistiu:

- O pior doutor e que na primeira eu sinto calor e na
segunda eu sinto frio.

O médico ficou curioso e resolveu dar atenção ao velho:

- Tudo bem, meu senhor! Então vejamos, qual o
intervalo médio entre a primeira e a segunda?

O velhinho tascou:

- Bom, a primeira eu dou em Janeiro e a segunda em
Julho.

A Loira e a Garrafa Térmica

A loira ganhou do namorado uma garrafa térmica de presente. Deslumbrada com aquele instrumento fálico ela pergunta:
- Para que serve isso?
O namorado, paciente, explica:
- A garrafa térmica mantém quente o que é quente e mantém frio o que é frio!
A loira retruca com a naturalidade que lhe é peculiar:
- Ué!! Mas ela nunca se confunde?

Dividir Para Multiplicar

O casal de velhinhos entra num daqueles restaurantezinhos fuleiros, pede um misto-frio e uma Coca-cola.
Assim que são servidos, o velhinho pede mais um copo e divide a Coca-cola, entrega a metade do misto-frio para a velhinha e começa a comer, enquanto ela fica olhando.
Penalizado, ao vê-los dividir um lanche tão mingüado, o atendente faz um outro sanduíche e entrega para a velhinha, dizendo:
- Esse é por conta da casa!
O velhinho agradece e explica, orgulhoso:
- Somos casados há sessenta anos e sempre dividimos tudo o que possuímos, meio a meio.
- Muito bacana! - elogia o atendente. E, dirigindo-se à velhinha: - A senhora não vai comer seu lanche?
- Sim, daqui a pouco! Agora é a vez dele usar a dentadura!

Dicionário Idiota Inglês - Português

01. AGREE: Um tipo de doce. Ex.: "Hoje eu quero molho AGREE-doce"
02. BEACH: Homem afeminado. Ex.: "Ele é meio beach."
03. BEGIN: Buraquinho que todos tem na barriga. Ex.: "Meu begin é pequeno."
04. BITE: Agredir. Ex.: "Ele sempre bite nela."
05. BROUGHT: Pessoa jovem. Ex.: "Ela é um brought."
06. CAN: Pergunta feita por quem tem amnésia. Ex.: "Can sou eu?"
07. CAN'T: Antônimo de frio. Ex.: "O café está can't."
08. CHEESE: Antepenúltima letra do alfabeto. Ex.: "Exemplo se escreve com cheese."
09. COFFEE: Onomatopéia que representa tosse. Ex.: "Coffee, coffee."
10. CREAM: Ato penal que pode levar à cadeia. Ex.: "Ele cometeu um cream."
11. DARK: Palavra de famoso provérbio: "É melhor dark receber."
12. DATE: Deitar. Ex.: "Date-se ai'."
13. DAY: Dar. Ex.: "Day um presente para ele."
14. DICK: Começo de uma música brega: "Dick vale o céu azul e o sol sempre a brilhar..."
15. EDUCATION: Parte do rosto. Ex.: "Este cravo eu tirei education."
16. ELEVEN: Erguer. Ex.: "Eleven até esta altura."
17. EYE: Interjeição de dor. Ex.:"Eye! Que dor de cabeça!"
18. FAIL: Antônimo de bonito. Ex.: "Ele é fail."
19. FEEL: Barbante. Ex.: "Me dê este feel para amarrar o pacote."
20. FOURTEEN: Homem baixo e forte: "Não mexe com ele, ele é bem fourteen"
21. FRENCH: Dianteiro. Ex.: "Ele saiu na french."
22. GOOD: Bolinha de vidro, birosca. Ex.: "Ele gosta de jogar bolinha de good."
23. HAIR: Uma das marchas de um veículo automotor. Ex.: "Ele engatou a hair."
24. HAND: Render. Ex.: "Voce se hand?"
25. HOST: Face. Ex: "Estou com uma espinha no meu host."
26. HAT: Antônimo de TURTLE. Ex.: "Ele não consegue traçar uma linha hat."
27. HELLO: Esbarrar. Ex.: "Ele hello o braço na parede."
28. ICE: Expressão de desejo. Ex.: "Ice ela me desse bola..."
29. LABEL: Parte de fora da boca. Ex.: "Ela passou batom no label."
30. LAY: Norma a ser seguida. Ex.: "Roubar é contra a lay."
31. MAY GO: Pessoa dócil, afável. Ex.: "Ele é muito may go."
32. MISTER: Sanduíche de queijo e presunto. Ex.: "Eu gosto de mister can't."
33. MONDAY: Ordenar. Ex.: "Ontem monday lavar o carro."
34. MORNING: Nem quente nem frio. Ex.: "Meu café está morning."
35. MUST GO: Conjugação do verbo MASTIGAR. Ex.: "Ele colocou o chiclete na boca e must go."
36. NEVER: Flocos de gelo que caem no inverno. Ex.: "É divertido fazer bonecos de never.
37. NEW: Sem roupa. Ex.: "Ele saiu new de casa."
38. PACKER: Prefixo que indica bastante. Ex.: "Eu gosto dela packer-amba."
39. PAINT: Artefato usado para pentear o cabelo. Ex.: "Me empresta o paint."
40. TEN: Conjugação do verbo POSSUIR. Ex.: "Ele não ten casa própria."
41. PART: Lugar para onde mandamos as pessoas indesejadas. Ex.: "Vá para o raio que o part."
42. QUICK: Instrumento musical. Ex.: "Gosto de tocar quick."
43. RIVER: Superlativo: Pior que feio. Ex.: "Ele é o river."
44. SAD: Sentimento de secura na boca. Ex.: "No deserto as pessoas sentem sad."
45. SAY YOU: Parte da anatomia feminina. Ex.: "Os say you daquela mulher são grandes."
46. SHOOT: Agressão física covarde. Ex.: "Dei um shoot nele."
47. SHOW: Presente indicativo do verbo SER. Ex.: "Eu show eu."
48. SOCCER: Mais uma agressão física. Ex.: "Dei um soccer nele."
49. SOMEWHERE: Nome usado no interior. Ex.: "O Somewhere é irmão do Manuer."
50. STOCK CAR: Guardar materiais em estoque. Ex.: "Preciso stock car óleo."
51. TALK: Pó branco para usar em crianças. Ex.: "O melhor talk é o Johnson's."
52. THE SMITHS: Mandar embora. Ex.: "O patrão the smiths quem não trabalha."
53. TO SEE: O mesmo que coffee. Ex.: "Eu nunca to see tanto na vida."
54. TOO MUCH: Fruto vermelho de fazer salada ou molho. Ex.: "Eu quero molho de too much
55. TURTLE: Antônimo de HAT. Ex.: "Bêbado só anda turtle."
56. VAIN: Uma das flexões do verbo VIR. Ex.: "Eles vain hoje?"
57. VASE: Jogada. Ex.: "Agora é a minha vase!"
58. YEAR: Deixar, partir. Ex.: "Ela teve que year?"
59. YELLOW: Com ela, junto com ela. Ex.: "Saímos eu yellow."
60. PAY DAY: Significado: Soltei gases.
61. SALESWOMAN: Significado: seios de mulher.
62. SERIAL KILLER: Significado: cereal a quilo.
63. ME TOO - Mentir. Ex.: Ele me too prá mim.
64. CHOPPER: Centro de divertisões e compra. Ex: Chopper center
65. SPIR: Alma. Ex: Spir de porco
66. FIRE: Defeito - Ex.: Ele tem uma fire na cara.
67. ALL: Pelo - Ex.: Ela poderia, all menos, me beijar.
68. HIRE: Gostosa - Ex.: Você viu a Cláudia hire?
69. YOU: Expressão de curiosidade. Ex: You seu irmão, como vai?
70. CIGARRETTES: Direção. Ex: "O guarda falou para não pegar a direita e sim cigarretes"

Pintim Incóido

Um mineirinho estava no Rio de Janeiro andando na praia, pés descalços, sem camisa, aquele calção leve e sem cueca.
Então o mineirim olhou para o mar e não se agüentou, correu a toda velocidade e deu um mergulho.
Quando saiu, o calção de tecido fino, estava transparente e grudado na pele.
Todos na praia estavam olhando pro tamanho da manguaça que o mineirim tinha. O bicho ia até pertinho do joelho. Os cariocas nunca tinham visto coisa igual. As mulheres com um sorriso, os homens roxos de inveja, todos só tinham olhos pro bichinho.
O mineirim então percebeu a situação, ficou todo envergonhado e gritou:
- Qui qui foi uai !!!, vão dizê qui quando oceis pula nágua fria, o pintim doceis num incóie ???!!!!.

Joaozinho tambem sabe!

Joãozinho, qual é o seu problema?

- Sou muito inteligente para estar no primeiro ano.

Minha irmã está no terceiro ano e eu sou mais inteligente do que ela.

Eu quero ir para o terceiro ano também.

>

A professora, vendo que não vai conseguir resolver este problema, o

manda para a diretoria.

>

Enquanto o Joãozinho espera na ante-sala, a professora explica a

situação ao diretor.

O diretor diz para a professora que vai fazer um teste com o garoto.

Como é certo que ele não vai conseguir responder a todas as perguntas,

vai mesmo ficar no primeiro ano. A professora concorda.

Chama o Joãozinho e explica-lhe que ele vai ter que passar por um

teste; o menino aceita.

>

O Diretor pergunta para o Joãozinho:

- Joãozinho, quanto é 3 vezes 3?

- 9.

- E quanto é 6 vezes 6?

- 36.

O diretor continua com a bateria de perguntas que um aluno do terceiro

ano deve saber responder. Joãozinho não comete erro algum.

O diretor então diz à professora:

- Acho que temos mesmo que colocar o Joãozinho no terceiro ano.

A professora diz: - Posso fazer algumas perguntas também?

O diretor e o Joãozinho concordam. A professora pergunta:

- O que é que a vaca tem quatro e eu só tenho duas?

Joãozinho pensa um instante e responde:

- Pernas.

Ela faz outra pergunta:

- O que é que há nas suas calças que não há nas minhas?

O diretor arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper...

- Bolsos. (Responde o Joãozinho).

Mais uma:

- O que é que entra na frente na mulher e que só pode entrar atrás

no homem?

Estupefato com os questionamentos, o diretor prende a respiração...

- A letra "M". (Responde o garoto.)

A professora continua a argüição:

- Onde é que a mulher tem o cabelo mais enroladinho?

- Na África. (Responde Joãozinho de primeira.)

E continua:

- O que que entra duro e sai mole pingando?

O diretor apavorado!.... E o Joãozinho responde:

- O macarrão na panela.

E a professora não para:

- O que é que começa com "b", tem "c" no meio, termina com "a" e para

ser usada é preciso abrir as pernas? O professor fica paralizado!!!

E o Joãozinho responde:

- A bicicleta.

E a professora continua:

- Qual o monossílabo tônico que começa com a letra "C" termina com a

letra"U" e ora está sujo ora está limpo?

O Diretor começa a suar frio.....

- O céu, professora!

- O que é que começa com "C" tem duas letras, um buraco no meio e

eu já dei para várias pessoas?

- CD !

Não mais se contendo, o diretor interrompe, respira aliviado e diz

para a professora:

- Puta que Pariu!!!! Põe esse moleque como diretor, que vou fazer

minha matrícula no terceiro ano. Errei todas!

Frio Crítico

Acabo de falar com um amigo que mora lá e ele me disse que nessa madrugada fez 6 graus negativos e sensação térmica de -20 graus. Ele mora no interior e sua sogra está depressiva e não faz outra coisa a não ser olhar pela janela da cozinha. Me disse que se continuar nessa situação não vai ter outra alternativa, vai ter que deixar a véia entrar.

Um nordestino que morava em uma região muito pobre reclamava com um cumpadre do sofrimento que é a seca, a sede e, principalmente, a fome! O compadre, que era meio irresponsável, falou:
— Porque que você não vai para os Estados Unidos bichinho? Lá num tem seca nem fome e todo mundo é rico!
O nordestino perguntou:
— Mas cumu que eu vou prá lá?
E o cumpadre:
— Ora, arrume emprego em um navio que vá para lá!
O nordestino arrumou sua trouxa e se mandou para os Estados Unidos, matando-se de trabalhar em um navio cargueiro.
Chegando em Nova Iorque o nordestino além de fome começou a sofrer com o frio, porque não conseguia arrumar emprego pois não falava uma só palavra em inglês... Ele estava sentado em uma calçada, congelado e faminto, esperando pela morte, quando passou um mexicano e perguntou:
— O que acontece Muchacho? Queres ir para o meu circo?
O nordestino então, com dificuldade de andar foi até o circo, que era aquecido, onde tomou um banho quente, trocou de roupa, fez uma farta refeição e foi dormir para recuperar as forças. Quando acordou foi procurar o mexicano:
— O que posso fazer para recompensá-lo?
O mexicano respondeu:
— Quero que vistas uma pele de leão e entres no picadeiro para lutares com uma jiboia!
O nordestino recuou um passo, mas pensou que se não fosse o mexicano já estaria morto...
Na hora do espetáculo o mexicano anunciou:
— E agora, a sensacional luta do leão africano com a jiboia da amazônia!
O nordestino, vestido de leão, entrou no picadeiro urrando, mas quando viu a imensa cobra entrando do outro lado ajoelhou-se e disse:
— Meu padim padre Cícero, de Juazeiro no Ceará, não deixe essa cobra me matar!
A cobra colocou as mãos na cintura e disse:
— Ó chente bichinho, tu é de lá também?

Fácil Falar

O cara chega ao restaurante, senta-se e, acenando com o braço, diz:
— Faz favor, firmeza, fineza fazer frango frito!
— Pois não, com que, cavalheiro?
— Farofa, feijão e fritas.
— Deseja beber alguma coisa?
— Fanta.
— Um pãozinho para esperar a refeição?
— Faça fatiado.
O garçom serve o cliente inconformado com o fato dele falar tudo com F, e volta depois que o sujeito termina a refeição.
— Vai querer sobremesa?
— Frutas frescas.
— Tem alguma preferência?
— Figo
Depois da sobremesa, ainda curioso, o garçom pergunta:
— O senhor deseja um café?
— Forte e fervido.
Quando o sujeito termina o café, o garçom lhe faz algumas perguntas:
— E então, como estava o cafezinho?
— Frio, fraco, fedorento, fervido num filtro furado, formiguinhas flutuando no fundo e fazendo fofoca.
O garçom então decide desafiá-lo a fim de testar até onde ele vai.
— Qual é o seu nome?
— Fernando Fagundes Faria Filho.
— De onde o senhor vem?
— Fortaleza.
— O senhor trabalha?
— Fui ferreiro.
— Deixou o serviço?
— Fui forçado.
— Por quê?
— Faltou ferro.
— E o que o senhor fazia?
— Ferrolho, ferradura, faca...ferragem.
— O senhor torce por algum time?
— Fui Fluminense.
— E deixou de ser por quê?
— Fez feio.
— Qual é o seu time agora?
— Flamengo.
— O senhor é casado?
— Fui.
— E a sua esposa?
— Faleceu.
— De quê?
— Frio e fome.
O garçom perde a calma e diz:
— Escute aqui, se você falar mais dez palavras com a letra "F", pode se levantar e ir embora sem pagar a conta.
— Foi formidável, figura. Fazendo fiado, fácil, fácil fico freguês!
O homem levanta-se e sai andando, mas o garçom grita:
— Ei, espere aí! Ainda falta uma palavra!
O homem responde, sem se virar:
— Foda-se!

Cientistas em Israel provocaram controvérsia ao criar uma galinha sem penas que, segundo eles, cresce mais rápido - e pode ser mais humana. Os frangos, criados na Universidade Hebraica de Israel, não precisam ser depenados, economizando dinheiro nas granjas. O professor Avigdor Cahaner, responsável pelo 'frango careca', afirma que eles não se adaptariam bem em países mais frios mas, em compensação, estariam bem melhor em países quentes. No entanto, os críticos acham que as mudanças não beneficiam os frangos e, provavelmente, tornam suas vidas muito pior.

Jacó está no seu leito de morte e Sara ao seu lado segura a sua mão.


— Sara, eu estou morrendo... — diz ele com voz rouca.
— Calma Jacó, eu estou aqui do seu lado, como sempre!
— Sara, me diz uma coisa, quando nós vivíamos na Polônia e os camponeses da vila vizinha invadiram e queimaram a nossa casa, você estava comigo?
— Mas claro, Jacó! Eu estava com você sim!
— Sara, e em 42, em Paris, quando aqueles bandidos nos capturaram, você estava comigo?
— Claro que sim, Jacó! Eu sempre estive ao seu lado!
— E quando fomos levados para Auschwitz, você estava comigo?
— Estava sim!
— Puta que o pariu, Sara! Como você é pé-fria!

LIÇÕES DE COMPORTAMENTO NO EMPREGO Lição número um:


Um urubu esta pousado numa arvore sem fazer nada o dia todo.
Um coelhinho viu o urubu e perguntou:
* Posso sentar como você, e ficar fazendo nada o dia todo?
* Urubu respondeu:
* Claro, por que não?
Assim, o coelhinho sentou-se embaixo da arvore e içou descansando.
Subitamente, apareceu uma raposa que saltou sobre o coelho e o comeu.
Moral da historia:
Para ficar sentado sem fazer nada, você precisa estar sentado muito alto.
Lição número dois:
O peru estava batendo papo com o touro.
* Eu adoraria ser capaz de chegar ao topo daquela arvore - suspirou o peru - mas não tenho forca.
* Ora, por que você não come um pouco do meu esterco? - replicou o touro, explicando:
* Ele tem muitos nutrientes.
O peru bicou um pedaço de esterco e verificou que realmente isso lhe dava a forca necessária para chegar ao primeiro galho da arvore.
No dia seguinte, depois de comer mais uns bons nacos de esterco, ele chegou ao segundo galho. Finalmente, depois de duas semanas, comendo esterco do boi, do búfalo, das zebras etc., ele estava orgulhosamente empoleirado no alto da arvore.
Imediatamente, foi visto por um fazendeiro que atirou nele.
Moral da historia:
Qualquer bosta pode levar você ao topo, mas não o manterá lá.
Lição número três:
Era uma vez um pardal cansado da vida.
Um dia, resolveu sair voando pelo mundo em busca de aventura.
Voou ata chegar numa região extremamente fria e foi gelando, gelando ate não poder mais voar e caiu na neve.
Uma vaca, vendo o pobre pardal naquela situação, resolveu ajuda-lo e cagou em cima dele. Ao sentir-se aquecido e confortável, o pardal começou a cantar.
Um gato ouviu o seu canto e foi ate lá, retirou-o da merda e o comeu.
Moral da historia:
1) Nem sempre aquele que caga em cima de você e seu inimigo;
2) Nem sempre aquele que tira você da merda e seu amigo;
3) Desde que você se sinta quente e confortável, mesmo que esteja na merda, conserve seu bico fechado.

Aulas de Pilotagem de Helicóptero

Uma loira estava tendo aulas de pilotagem de helicóptero. O instrutor avisou:
- Eu vou falar com você pelo rádio a cada 1.000 pés para ver como você está.
A 1.000 pés o instrutor pelo rádio disse que ela estava indo muito bem. A 2.000 pés ele disse que ela ainda estava indo bem. Logo antes de chegar a 3.000 pés, a hélice parou, e o helicóptero caiu no chão. O instrutor correu até onde ela caiu, a puxou para fora do helicóptero e perguntou:
- O que deu errado?
A loira respondeu:
- A 2.500 pés eu comecei a ficar frio, então eu desliguei o ventiladorzão.

Os 3 bebados

Havia 3 bêbados, bebendo ao lado de um morro, a bebida acabou, então fizeram um sorteio para decidir quem ia subir o morro, para comprar mais cachaça. O sorteado já bêbado subiu o morro e comprou a cachaça colocando-a no bolso traseiro da calça, porém na hora de descer, escorregou e foi rolando até lá em baixo, quando parou, sentiu aquele frio na bunda e disse:
- DEUS, QUEIRA QUE SEJA SANGUE!

São 6 da manhã...
O telefone na casa do judeu Michel toca ...
— Alô - Michel ?
— Sim !
— Aqui é Anuar seu amiga... eu tem brobosta 'brá você.
— As 6 horras da manhã ?
— Eu vai logo ao assunto : Eu sembre ssabe que você quer transar com Sarah minha mulher , são 30 anos que eu sabe e agora tem brobosta .
Michel, que se mantinha solteiro e com 65 anos, diz :
— Qual é a brobosta ???
— Michel, Anuar libera Sarah prá bocê tranza por 2 horas máximo e mínimo de cinco mil dolares.
Michel que tinha um tesão enorme por Sarah diz ...
— Eu topa ... eu topa... quando pode ???
— Michel - responde Anuar - somente hoje venha agora com dinheira na mon.
Em cinco minutos Michel chega, paga os cinco mil e sobe para satisfazer seu sonho.
Após 2 horas desce satisfeito e Anuar meio triste ainda contando seu dinheiro ( Michel tinha pago em nosta de US$ 1 ) pergunta :
— Satisfeita Michel ?
E Michel responde :
— Eu gosta muito, mas acha Sarah meio fria , distante !!!
E Anuar fecha dizendo :
— Lamentável Michel, triste Michel .... Mas Sarah falece hoje às cinco da manhã. Uma pena excelente mulher ...

Novos sacerdotes

Num seminário, o bispo vai ordenar três novos sacerdotes: João, Pedro e Paulo. Mas, como tem dúvidas sobre a vocação dos três, resolve fazer um teste: compra uma Playboy e pede pros noviços amarrarem um sino no pingolinho.

Chama João e mostra a capa da revista. Imediatamente ouve o sino tocar: “Tlin!”.

- Que absurdo! Que escândalo! Vá agora mesmo tomar uma ducha fria!

Chama Pedro e mostra a capa da revista. Nada acontece. O padre fica feliz.

Mostra então o poster central e ouve: “Tlin!”.

- Que absurdo! Vai tomar uma ducha fria!

O padre chama então Paulo e mostra a capa da Playboy. Nada. Mostra o poster central. Nada. Mostra todas as fotos da revista e mais as de uma Penthouse. Nada.

- Ah, que felicidade! -, alegra-se o padre – enfim uma verdadeira vocação! Vai, Paulo, vai tomar banho com João e Pedro.

- “Tlin tlin tlin tlin tlin tlin tlin!”.

O coelhinho tropeça numa cobra e logo justifica:


— Desculpe! É que eu não te vi porque sou cego!
— Não tem problema! — ameniza a cobra. — Eu também não te vi. Também sou cega. Que tipo de animal é você?
— Não sei! Quer me apalpar pra ver se você descobre?
— Quero! Hummm, você é macio, fofinho, tem orelhas longas, focinho pequeno... já sei! Você deve ser um coelhinho!
— Que legal! E você, que bicho você é? — Legal! Hummm, você é grosso, frio, duro, escorregadio... Acho que você é um advogado!

Um homem se perdeu no meio da China.

Passou 3 meses dormindo em cavernas e comendo plantas, passando frio e fome.
Um belo dia ele avistou no alto de um monte uma enorme casa chinesa. Correu em sua direção e bateu a porta. Abriu-a um senhor chinês de longas barbas brancas que perguntou o que o esfarrapado rapaz desejava.
— Estou há mais de 3 meses perdido pelos campos, dormindo em cavernas frias e comendo plantas. Por favor, eu gostaria de uma cama limpa, um lugar para banhar-me e um prato de comida decente. Estou muito cansado e faminto.
O velho chinês ponderou e falou:
— Eu lhe ofereço um quarto limpo, um banheiro, roupas limpas e uma nobre refeição. A única condição e que o senhor não faça nada a minha neta.
— Claro, senhor. O senhor realmente e um homem bom.
— Se acontecer alguma coisa a minha neta, o senhor sofrera as três piores torturas chinesas.
— O senhor pode ficar tranquilo.
Então o rapaz tomou seu banho, vestiu suas novas roupas e desceu para jantar. Foi sentar a mesa, olhar para a jovem neta chinesa do velho avô chinês e se apaixonar. Além de maravilhosa, ele sentiu que o interesse era mútuo. Paixão a primeira vista. Pensou em silêncio:
— Há 3 meses não vejo uma mulher, e com certeza essa noite valerá qualquer sacrifício, mesmo essas 3 piores torturas chinesas.
De noite foi ao quarto da jovem e teve a noite mais incrível de sua vida. Ao acordar, sentiu um grande peso sobre o seu peito. Abriu os olhos e viu uma enorme pedra sobre seu peito. Nela estava escrito:
"Primeira grande tortura chinesa: grande pedra sobre peito."
Bem se for assim, tudo bem. Ergueu a pedra e conseguiu lançá-la pela janela próxima a cama. Foi quando ele viu uma linha amarrada à pedra. Em uma outra face da pedra estava escrito:
"Segunda grande tortura chinesa: pedra amarrada ao testículo esquerdo."
Desesperado com a situação o rapaz se atirou pela janela atrás da pedra. Foi quando pode ver escrito numa terceira face da pedra:
"Terceira grande tortura chinesa: testículo direito amarrado ao pé da cama."

Homem de cor

Após ser chamado de homem de cor, o crioulo vira-se para o homem e diz:
- Meu caro irmão branco, quando eu nasci, eu era negro, depois eu cresci, e continuei negro; quando eu pego sol, eu sou negro, quando sinto frio, eu permaneço negro, quando eu tenho medo, eu sou negro, quando adoeço, continuo negro, e o dia em que eu morrer, ainda serei negro. Enquanto que você, homem branco, quando você nasce, você é rosa; quando você cresce, você fica branco; quando você pega um sol, você fica vermelho; quando sente frio, fica azul; quando sente medo, fica verde; quando adoece, fica amarelo e quando você morrer, vai ficar cinza. Então, meu amigo, como é que você ainda tem a cara de pau de me chamar de homem de cor?!

As duas bichas estão voltando da Europa de avião quando, no meio da noite, uma delas convida:


— Querido, que tal se a gente desse uma trepadinha, agora?
— Você está maluca! Aqui tá cheio de gente...
— Mas está todo mundo dormindo...
— É... mas tem as aeromoças...
— Elas também estão dormindo, quer ver? — e grita: — Aeromoça... Aeromoça... me traz um uísque!
Silêncio total. Então a bicha abaixou as calças e sentou no colo da outra.
Algumas horas depois, o dia já estava amanhecendo e a aeromoça nota um dos passageiros tiritando de frio.
— Nossa, o senhor está gelado. Por que não pediu um cobertor?
— Eu não sou besta! O sujeito ali atrás pediu um uísque e acabou levando no cu a noite toda!

Um casal de velhos judeus, Salomão e Sarah está na cama quando o velho começar a rememorar:


— Sarah? me diz uma coisa: Quando nos vivíamos na Polônia e os camponeses da vila vizinha invadiram e queimaram nossa casa, você estava comigo? - Mas claro Salomão. Eu estava com você... - Sarah? em 42 em Paris durante a guerra quando os nazistas nos capturaram, você estava comigo? - Mas claro Salomão. Eu estava com você... - Sarah? Em Auschwitz, no campo de concentracão, você estava comigo? - Mas claro Salomão. Eu estava com você... - Sarah? Quando nós escapamos do campo, você estava comigo? - Mas claro Salomão. Eu estava com você... - Então me diga Sarah: quando os alemães nos pegaram depois de 3 dias que nós andávamos na neve, você estava comigo? - Mas claro Salomão. Eu estava com você.. - Sarah, me diz uma coisa: Você não acha que você é meio pé-frio?

Um corno numa fria

tres amigos perceberam que seu chefe saia mais cedo do trabalho,e deixava a firma com eles sozinhos la, entao decidiram que no dia seguinte assim que o chefe fosse, eles tambem iriam entao assim que o chefe saiu.

Um foi ao buteco outro foi pra gandaia, eo ultimo foi pra casa.

quando de repente se depara com seu chefe transando com sua mulher, entao sai de la correndo vai ate o buteco e dis assim ao seu amigo ;uuuufffffaaaa quase fui pego matando o serviço

O cara chega ao restaurante, senta-se e, acenando com o braço, diz:


— Faz favor, firmeza, fineza fazer frango frito!
— Pois não, com que, cavalheiro?
— Farofa, feijão e fritas.
— Deseja beber alguma coisa?
— Fanta.
— Um pãozinho para esperar a refeição?
— Faça fatiado.
O garçom serve o cliente inconformado com o fato dele falar tudo com F, e volta depois que o sujeito termina a refeição.
— Vai querer sobremesa?
— Frutas frescas.
— Tem alguma preferência?
— Figo Depois da sobremesa, ainda curioso, o garçom pergunta:
— O senhor deseja um café?
— Forte e fervido.
Quando o sujeito termina o café, o garçom lhe faz algumas perguntas:
— E então, como estava o cafezinho?
— Frio, fraco, fedorento, fervido num filtro furado, formiguinhas flutuando no fundo e fazendo fofoca.
O garçom então decide desafiá-lo a fim de testar até onde ele vai.
— Qual é o seu nome?
— Fernando Fagundes Faria Filho.
— De onde o senhor vem?
— Fortaleza.
— O senhor trabalha?
— Fui ferreiro.
— Deixou o serviço?
— Fui forçado.
— Por quê?
— Faltou ferro.
— E o que o senhor fazia?
— Ferrolho, ferradura, faca... Ferragem.
— O senhor torce por algum time?
— Fui Fluminense.
— E deixou de ser por quê?
— Fez feio.
— Qual é o seu time agora?
— Flamengo.
— O senhor é casado?
— Fui.
— E a sua esposa?
— Faleceu.
— De quê?
— Frio e fome.
O garçom perde a calma e diz:
— Escute aqui, se você falar mais dez palavras com a letra "F", pode se levantar e ir embora sem pagar a conta.
— Foi formidável, figura. Fazendo fiado, fácil, fácil fico freguês!
O homem levanta-se e sai andando, mas o garçom grita:
— Ei, espere aí! Ainda falta uma palavra!
O homem responde, sem se virar:
— Foda-se!

Morte por Justa Causa

São Pedro estava selecionando a entrada das pessoas ao céu e só entrava quem tivesse uma morte por justa causa. Enquanto isso na Terra:
Zé chega em casa preocupado, desconfiando que sua mulher esta lhe traindo. Vai até a área de serviço e vê um homem dependurado na varanda. Pisa sobre suas mãos fazendo com que o coitado caia, do 10º andar do prédio. Olha o homem estirado no chão, mas, não contente com o feito, arrasta a sua geladeira até a varanda e empurra a mesma fazendo com que ela caísse sobre o tal... Por fim se mata. Neste momento no céu chega Zé.
São Pedro pergunta:
— Como você morreu?
— Bem desconfiei que a minha mulher estava me traindo, e ao chegar em casa peguei o vagabundo dependurado na lavanderia. Derrubei-o. Após cair o vagabundo ainda teve coragem de levantar os braços, dizendo:
— O meu é maior que o seu!
Após isso joguei nossa geladeira por cima do mesmo.
São Pedro disse:
— Entre.
Neste instante entra outro.
São Pedro:
— E você senhor como morreu?
— Bem eu estava limpando as vidraças do prédio onde trabalho, e por acidente me desprendi de meus equipamentos de segurança e fui despencando prédio abaixo ate conseguir me segurar em uma mureta, na lavanderia de um "louco", que ao chegar e me ver ali, pisou sobre as minhas mão, me derrubando do 10º andar do prédio. Me "espatifei" sobre a calçada. Ao perceber que estava vivo, ergui minhas mãos ao céu, agradecendo a Deus. Mas, depois disso não vi mais nada, porque uma geladeira foi atirada em mim, pelo mesmo senhor que me derrubou.
São Pedro:
— Entre, entre!
Chega um homem pelado, e tremendo de frio.
São Pedro, pergunta:
— E você, como morreu, me conte?
— Ah... sei lá... eu estava dentro de uma geladeira.

Joãzinho O Inteligente!!

Joãozinho qual é o seu problema?
>- Sou muito inteligente para estar no primeiro ano. Minha irmã está
>no
>terceiro ano e eu sou mais inteligente do que ela. Eu quero ir para
>o
>terceiro ano também! A professora, vendo que não vai conseguir
>resolver
>este problema, o manda para a diretoria. Enquanto o Joãozinho espera
>na
>ante-sala, a professora explica a situação ao diretor.
>
>O diretor diz para a professora que vai fazer um teste com o garoto.
>
>Como é certo que ele não vai conseguir responder a todas as
>perguntas,
>vai mesmo ficar no primeiro ano. A professora concorda.
>
>Chama o Joãozinho e explica-lhe que ele vai ter que passar por um
>teste e
>o menino aceita.
>O Diretor pergunta para o Joãozinho:
>- Joãozinho, quanto é 3 vezes 3?
>- 9.
>- E quanto é 6 vezes 6?
>- 36.
>O diretor continua com a bateria de perguntas que um aluno do
>terceiro
>ano deve saber responder.
>Joãozinho não comete erro algum.
>O diretor então, diz para a professora:
>- Acho que temos mesmo que colocar o Joãozinho no terceiro ano.
>A professora diz:
>- Posso fazer algumas perguntas também?
>O diretor e o Joãozinho concordam. A professora pergunta:
>- O que é que a vaca tem quatro e eu só tenho duas?
>Joãozinho pensa um instante e responde:
>- Pernas.
>Ela faz outra pergunta:
>- O que é que há nas suas calças que não há nas minhas?
>O diretor arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper...
>- Bolsos. (Responde o Joãozinho).
>Mais uma:
>- O que é que entra na frente na mulher e que só pode entrar atrás
>no
>homem?
>Estupefato com os questionamentos, o diretor prende a respiração...
>- A letra "M". (Responde o garoto.)
>A professora continua a argüição:
>- Onde é que a mulher tem o cabelo mais enroladinho?
>- Na África. (Responde Joãozinho de primeira.)
>E continua:
>O que entra duro e sai mole pingando?
>O diretor apavorado. E o Joãozinho responde:
>- O macarrão na panela.
>E a professora não para:
>- O que é que começa com "b", tem "c" no meio, termina com "a" e
>para ser
>usada é preciso abrir as pernas?
>O diretor fica paralisado. E o Joãozinho responde:
>- A bicicleta.
>E a professora continua:
>- Qual o monossílabo tônico que começa com a letra "C" termina com a
>letra
>?U" e ora está sujo ora está limpo?
>O Diretor começa a suar frio.
>- O céu, professora.
>- O que é que começa com "C" tem duas letras, um buraco no meio e eu
>mesma
>já dei para várias pessoas?
>- CD.
>Não mais se contendo, o diretor interrompe, respira aliviado e diz
>para a professora:
>- Puta que Pariu!!!! Põe esse moleque como diretor, pois eu mesmo
>errei.

Basta pensar que existem piadas baseadas na verdade que podem derrubar governos, ou piadas que fazem as meninas rirem. Muitos frio piadas e trocadilhos são piadas que deveriam ser engraçadas, mas algumas podem ser ofensivas. Quando as piadas vão longe demais, são cruéis ou racistas, tentamos silenciá-las e é ótimo se você nos der feedback sempre que uma piada se tornar intimidadora e inadequada.

Sugerimos usar apenas frio brincadeiras para adultos e blagues para amigos. Algumas das piadas sujas e sujas são engraçadas, mas use-as com cautela na vida real. Tente se lembrar de piadas engraçadas que você nunca ouviu para contar a seus amigos e elas vão fazer você rir.

Piadas