AS 24 MELHORES Piadas de Cafezinho

Abaixo está nossa coleção de anedotas e lista de piadas engraçadas sobre Cafezinho . Existem algumas piadas cafezinho curtas pudim que ninguém sabe (para contar aos seus amigos) e para fazer você rir alto.

Reserve algum tempo para ler aqueles trocadilhos e quebra-cabeças em que você faz uma pergunta com respostas ou onde a configuração é a conclusão. Esperamos que você encontre esses trocadilhos com cafezinho engraçado o suficiente para contar e fazer as pessoas rirem.

Top 10 Cafezinho piadas e trocadilhos mais engraçados

O Diabético

Dois colegas de trabalho se encontram na hora do cafezinho.
- Para mim, sem açúcar - diz um deles.
- Por quê? Você é diabético?
- Não, eu sou de Goiânia.
- Nada disso, vejo que você não morou na jogada!
- Não, mesmo! Eu só morei em Itapira, Jundiaí e Sete Lagoas!

A sogra resouvel morar na casa do genro.


Chegando lá ele falou:
— Até quando voce vai ficar aqui?
— Até voce enjoar- disse a sogra!
— Pois bem nem vai dar para tomar um cafézinho

A sogra vai na casa do genro após o casamento:


TOC! TOC! TOC! Bom dia meu geeeeennnnrrrrrooooo!!!!!
— Mas minha sogra, você aqui? O que a senhora veio fazer aqui -Eu vou ficar aqui até vocês enjoar de mim!
— Mas ué! Não vai esperar nem um cafézinho?

Preço do Cafezinho

O motorista entra num bar de beira de estrada e pergunta:
— Quanto custa um cafezinho?
— R$ 0,50 — responde o balconista.
— E o açúcar?
— Ah, o açúcar é de graça!
— Então me vê 3 quilos.

A sogra vai visitar a filha e o genro.

Ela toca a campainha ai o genro abre a porta empolgado:
— Sogrinha a quanto tempo não te vejo! Quanto tempo vai ficar desta vez?
Querendo ser gentil a sogra responde:
— Até quando vocês ficarem cansados de mim.
— Sério? Não vai querer nem tomar um cafezinho?

A sogra vai visitar a filha e o genro.


— Há quanto tempo! - diz o genro.- estou tão feliz em revê-la. Quanto tempo a senhora vai ficar aqui em casa desta vez?
E a sogra responde com a sua peculiar antipatia:
— Até você ficar cansado de mim!
E o genro:
— Que pena. Não vai ficar nem prum cafezinho?

O casal tinha acabado de se casar, aí na hora que eles chegaram no hotel para a lua de mel, eles ouviram a porta bater, ele abriu e era a sogra´, aí ela disse:
— Vou ficar aki até vcs enjoarem completamente de mim!
Aí o cara:
— Num vai nem esperar um cafézinho?

A sogra em casa

A sogra fala para o genro:
-Eu vou ficar aqui nessa sua casa até você enjoar de mim.
o genro responde:
-Ah!Não vai ficar nem para o cafézinho?

Comer Funcionários

Em Nairobi, no Quênia, depois de um extensivo processo de recrutamento com entrevistas, testes e dinâmicas, uma grande empresa contratou um grupo de canibais:
— Agora vocês fazem parte de uma grande equipe — disse o diretor de RH, durante a cerimônia de boas vindas — Vocês vão desfrutar de todos os benefícios da empresa, por exemplo, podem ir à nossa lanchonete quando quiserem comer alguma coisa. Só peço que não comam os nossos outros funcionários!
Um mês depois, o diretor de RH os chama:
— Vocês estão trabalhando duro e eu estou satisfeito, mas a senhora do cafezinho desapareceu. Algum de vocês sabe o que pode ter acontecido?
Todos os canibais negaram com a cabeça. Depois que o chefe foi embora, o líder canibal pergunta:
— Quem foi o idiota que comeu a senhora do café?
Um deles, timidamente, ergue a mão. E o líder dá a bronca:
— Mas você é um asno mesmo! Um mês comendo gerentes e advogados e ninguém percebeu nada... Mas você tinha que comer justo a senhora do café?

O japonês chegou no bar e já foi pedindo pro garçom uma xícara de café:


"Garçom, mim quer cafezinha!"
O garçom demorou a atender e ele gritou de novo:
"Garçom, mim quer cafezinha!
Como o garçom nunca vinha, ele ficou de pé e deu o maior berro pra todo mundo escutar:
"Garçom, mim quer cafezinha!"
O garçom foi revoltado na direção dele e já foi falando:
"Ah, então você quer cafezinha?! Pois vá tomar na cuzinha!"

Um camarada estava morrendo de fome e entrou no primeiro restaurante que viu pela frente.

Ao chegar ele desesperado chama o garçom, que lhe entrega o menu e lhe fala:
— O senhor deseja alguma coisa de entrada?
— Sim, eu gostaria de uma sopa.
Passam-se alguns minutos e lá vem o garçom com a sopa. Mas com um detalhe: para carregar o prato o garçom enfiava o dedão dentro da sopa. O cara ao ver isso achou estranho, mas resolveu não comentar, pois afinal era a primeira vez e ele não estava com muito saco de reclamar.
Depois de algum tempo o camarada terminou a sopa e pediu pro garçom uma feijoada de almoço. Passado algum tempo lá vem o garçom com a feijoada. E lá veio o garçom com o dedão dentro do feijão. O camarada ao ver isso ficou puto, mas como estava com muita fome resolveu não reclamar e comer a feijoada assim mesmo, que era para não comprar briga com o garçom.
Terminada a feijoada o garçom pergunta se ele quer alguma sobremesa, ao que ele responde que não, mas que gostaria de um cafezinho. E lá vem o garçom com o cafezinho, e mais uma vez com o dedão dentro do cafezinho... A essa altura, fome já saciada, o cara não se agüentou:
— Porra cara, porque é que sempre quando eu te peço alguma coisa você tem que trazer com seu dedão enfiado dentro?
— Eu explico doutor. E que esse dedão daqui, que enfiei na sua comida, está com uma tremenda frieira. O meu médico disse então que eu deveria sempre mantê-lo num lugar quente...
— Se você quer lugar quente, porque é que não enfia no seu cu?
— Pois é doutor, o dedo estava lá, mas tive que tirar porque o senhor me chamou para te servir...

Você pode explorar piadas para fazer com cafezinho sobremesa curtas do Reddit, incluindo frases e brincadeiras. Leia-os e você entenderá quais piadas são engraçadas. Aqueles de vocês que têm adolescentes podem contar charadas de cafezinho limpo. Há também trocadilhos com cafezinho para crianças, 5 anos, meninos e meninas.

Em prova oral do curso de medicina, o professor pergunta:


— Quantos rins nós temos?
— Quatro! Responde o aluno.
— Quatro? Replica o professor, arrogante, daqueles que se comprazem em tripudiar sobre o erro dos alunos.
— Traga um feixe de capim, pois temos um asno na sala de aula! — ordena o professor a seu auxiliar.
— E para mim um cafezinho! — replicou o aluno ao auxiliar do mestre.
Exasperou-se o professor, então, expulsando o aluno da sala.
Ao sair da sala, teve ainda a suprema audácia de corrigir o furioso mestre:
— O senhor me perguntou quantos rins "nós" temos.
"Nós" temos quatro: dois meus e dois teus; tenha um bom apetite e delicie-se com o capim!

O sujeito abre a porta e dá de cara com a sogra.


— Olá, sogrinha! - cumprimenta ele, fingindo satisfação. - Que bom que a senhora veio nos visitar.
Então ele percebe que ela está com uma maleta nas mãos.
— Quanto tempo a senhora pretende ficar com a gente? - pergunta preocupado.
— Ah! Acho que até vocês se cansarem de mim!
— Sério mesmo? Não vai nem tomar um cafezinho?

Sem Vícios

Ricardo está no bar, tomando uma cervejinha e jogando baralho com os amigos quando de repente um mendigo, todo maltrapilho, com a barba enorme, vem falar com ele:
— Cara, por favor... Me paga um café!
— Claro! — diz Ricardo, muito bondoso — Quer uma cerveja também?
— Não, obrigado... Eu não bebo! Só quero o café mesmo!
— Então senta aí! — insiste Ricardo — Vamos jogar baralho com a gente!
— Eu também não jogo — diz o mendigo — Só quero o cafezinho mesmo!
— Então pega um cigarro aqui, cara!
— Eu também não fumo... Só quero o cafezinho!
— Já sei! — diz Ricardo — Vamos dar um pulinho lá em casa! É aqui pertinho! Aí a gente toma o café da minha mulher, que é uma delícia!
— Isso eu aceito! — diz o mendigo, sorrindo.
Chegando em casa, Ricardo toma uma bronca:
— Por que você trouxe esse mendigo aqui? Você é louco?
— Só pra te mostrar como fica um homem que não bebe, não joga e não fuma!

Num dia destes, um casal (casado) de bichas tem a maior discussão, pois uma desconfiava que a outra lhe tivesse traindo, conclusão: ficaram sem se falar, uma pu*a da vida com a outra. Chega a noite, uma delas (B1) está de frente a televisão vendo um programa interessantíssimo, quando vê a companheira (B2) passar da cozinha para o quarto com uma xícara. Pu*a da vida pensa:
— E esta bicha velha nem p/ me oferecer o cafezinho que ela fez ... 20 segundos depois B2 passa de novo do quarto p/ a cozinha e de lá p/ o quarto carregando a xícara na mão com o maior cuidado para não derramar. E assim vai, depois de dez vezes, B1 já pu*a da vida com aquele passa p/ lá, passa p/ cá interminável vira p/ B2 e grita:
— Po*ra! Ce quer parar com esta pentelhacao de passar para lá e para cá? Tô querendo ver este programa. E B2 revoltada:
— Sua ingrata! O nosso colchão está pegando fogo, e eu estou jogando água p/ tentar apagar...

Fácil Falar

O cara chega ao restaurante, senta-se e, acenando com o braço, diz:
— Faz favor, firmeza, fineza fazer frango frito!
— Pois não, com que, cavalheiro?
— Farofa, feijão e fritas.
— Deseja beber alguma coisa?
— Fanta.
— Um pãozinho para esperar a refeição?
— Faça fatiado.
O garçom serve o cliente inconformado com o fato dele falar tudo com F, e volta depois que o sujeito termina a refeição.
— Vai querer sobremesa?
— Frutas frescas.
— Tem alguma preferência?
— Figo
Depois da sobremesa, ainda curioso, o garçom pergunta:
— O senhor deseja um café?
— Forte e fervido.
Quando o sujeito termina o café, o garçom lhe faz algumas perguntas:
— E então, como estava o cafezinho?
— Frio, fraco, fedorento, fervido num filtro furado, formiguinhas flutuando no fundo e fazendo fofoca.
O garçom então decide desafiá-lo a fim de testar até onde ele vai.
— Qual é o seu nome?
— Fernando Fagundes Faria Filho.
— De onde o senhor vem?
— Fortaleza.
— O senhor trabalha?
— Fui ferreiro.
— Deixou o serviço?
— Fui forçado.
— Por quê?
— Faltou ferro.
— E o que o senhor fazia?
— Ferrolho, ferradura, faca...ferragem.
— O senhor torce por algum time?
— Fui Fluminense.
— E deixou de ser por quê?
— Fez feio.
— Qual é o seu time agora?
— Flamengo.
— O senhor é casado?
— Fui.
— E a sua esposa?
— Faleceu.
— De quê?
— Frio e fome.
O garçom perde a calma e diz:
— Escute aqui, se você falar mais dez palavras com a letra "F", pode se levantar e ir embora sem pagar a conta.
— Foi formidável, figura. Fazendo fiado, fácil, fácil fico freguês!
O homem levanta-se e sai andando, mas o garçom grita:
— Ei, espere aí! Ainda falta uma palavra!
O homem responde, sem se virar:
— Foda-se!

Diproma

O velho fazendeiro do interior de Minas está em sua sala, proseando com um amigo, quando um menino passa correndo por ali.
Ele chama:
— Diproma, vai falar para sua avó trazer um cafezinho aqui pra visita!
E o amigo estranha:
— Mas que nome engraçado tem esse menino! É seu parente?
— É meu neto! Eu chamo ele assim porque mandei a minha filha estudar em Belzone e ela voltou com ele!

O cara chega ao restaurante, senta-se e, acenando com o braço, diz:


— Faz favor, firmeza, fineza fazer frango frito!
— Pois não, com que, cavalheiro?
— Farofa, feijão e fritas.
— Deseja beber alguma coisa?
— Fanta.
— Um pãozinho para esperar a refeição?
— Faça fatiado.
O garçom serve o cliente inconformado com o fato dele falar tudo com F, e volta depois que o sujeito termina a refeição.
— Vai querer sobremesa?
— Frutas frescas.
— Tem alguma preferência?
— Figo Depois da sobremesa, ainda curioso, o garçom pergunta:
— O senhor deseja um café?
— Forte e fervido.
Quando o sujeito termina o café, o garçom lhe faz algumas perguntas:
— E então, como estava o cafezinho?
— Frio, fraco, fedorento, fervido num filtro furado, formiguinhas flutuando no fundo e fazendo fofoca.
O garçom então decide desafiá-lo a fim de testar até onde ele vai.
— Qual é o seu nome?
— Fernando Fagundes Faria Filho.
— De onde o senhor vem?
— Fortaleza.
— O senhor trabalha?
— Fui ferreiro.
— Deixou o serviço?
— Fui forçado.
— Por quê?
— Faltou ferro.
— E o que o senhor fazia?
— Ferrolho, ferradura, faca... Ferragem.
— O senhor torce por algum time?
— Fui Fluminense.
— E deixou de ser por quê?
— Fez feio.
— Qual é o seu time agora?
— Flamengo.
— O senhor é casado?
— Fui.
— E a sua esposa?
— Faleceu.
— De quê?
— Frio e fome.
O garçom perde a calma e diz:
— Escute aqui, se você falar mais dez palavras com a letra "F", pode se levantar e ir embora sem pagar a conta.
— Foi formidável, figura. Fazendo fiado, fácil, fácil fico freguês!
O homem levanta-se e sai andando, mas o garçom grita:
— Ei, espere aí! Ainda falta uma palavra!
O homem responde, sem se virar:
— Foda-se!

Amante do Mineirinho

O mineirinho saiu do escritório, encontrou a sua secretária no ponto de ônibus e caía a maior chuva. Ele parou o carro e perguntou:
— Você quer uma carona?
— Claro… respondeu ela, entrando no carro.
Chegando no edifício onde ela mora, ele parou o carro para que ela saísse e ela o convidou para entrar no seu apartamento.
— Não quer tomar um cafezinho, um whisky, ou alguma coisa?
— Não, obrigado, tenho que ir para casa.
— Imagine, o senhor foi tão gentil comigo, vamos entrar só um pouquinho.
Ele subiu, atendendo ao pedido da moça. Ao chegarem no apartamento, ele tomava seu drink enquanto ela foi para dentro e voltou, toda gostosa e perfumada.
Depois de alguns gorós, quem pode aguentar? Ele caiu, literalmente. Transou com a secretária e acabou adormecendo.
Por volta das 4:00 hs da manhã, ele acordou, olhou no relógio e levou o maior susto. Aí ele pensou um pouco e disse à sua secretária:
— Você me empresta um pedaço de giz?
Ela entregou-lhe o giz, ele pegou, colocou atrás da orelha e foi pra casa…
Lá chegando, encontrou a mulher louca de raiva e ele foi logo contando…
— Quando saí do trabalho dei carona para a minha secretária. Depois que chegamos no prédio onde ela mora, ela me convidou para subir e me ofereceu um drink. Em seguida, ela foi para o banho e retornou com uma camisola transparente e muito linda, e após vários goles acabamos indo para a cama e fizemos amor. Aí dormi e acordei agora há pouco… A mulher deu um berro e falou…
— Seu mentiroso sem vergonha, estava no bar jogando sinuca com os seus amigos. Nem sabe mentir, até esqueceu o giz aí atrás da orelha...

O executivo saiu do trabalho e viu sua linda secretária no ponto de ônibus, na chuva, tadinha.

Profundamente penalizado com a cena ele resolveu dar uma carona pra moça. Chegando na frente da cara dela, o executivo diz:
— Pronto, Cláudia! Está entregue... Uma boa noite pra você!
— Ai, Doutor Neves... O senhor foi tão bondoso comigo... Suba pra tomar um café!
Chegando lá, ela serviu um cafezinho e disse que iria ao banheiro e já voltava. De repente ela chega com uma camisola transparente e agarra o chefe. Logo eles estão na cama, fazendo hora extra.
Depois de algumas horas de sexo selvagem ele dormiu e só acordou às quatro da manhã. Então ele pensou o que todos os homens pensariam na sua situação:
— Meu Deus! Minha mulher vai me matar!
Então ele não pensou duas vezes. Pegou o telefone, ligou para a sua casa e disse para a esposa, aos berros:
— Não pague o resgate! Eu consegui fugir!

Enquanto isso, no rodízio.

..
— Estômago:
— Cara, manera aê com o que vai comer. Essa semana foi foda. Manda uns vegetais pra dentro, porque as coisas no intestino estão feias.
Primeiro prato (800g): Arroz, feijoada, cupim, picanha, coração de galinha e tomate.
— Estômago:
— Tá de sacanagem, né? Duas rodelas de tomate? E essas carnes mal-passadas? Pelo menos mastiga direito essa porra.
Segundo prato (550g): Arroz, costela, picanha, alcatra e salada de maionese.
— Estômago:
— Chega de carne, cara, não cabe mais nada aqui. Lembra daquela úlcera? Tá faltando pouco pra cicatriz abrir. Tu quer fuder com tudo, né ? Manda um pouco de água.
Bebida: Coca-Cola 600ml - Estômago:
— Seu imbecil, eu falei um pouco de água.
— Eu:
— Ué, Coca-Cola tem água. E ainda ajuda a dissolver a carne.
— Estômago:
— Coca-cola tem o inferno dentro, porra. Tá fudendo aqui com o suco-gástrico.
— Esposa:
— Amor, com quem você tá falando?
— Eu:
— Nada, não, tô pensando alto.
Sobremesa: 300g de pudim.
— Estômago:
— Eita porra, cabe mais não. Tá ouvindo?
— Intestino:
— O que tá acontecendo aí em cima? Que zona é essa?
— Estômago:
— O cara tá empurrando comida. Agora veio pudim pra dentro. Não sei mais o que fazer.
— Intestino:
— Vamos mandar direto.
— Estômago:
— O quê?
— Intestino:
— É isso aí, operação descarga.
— Estômago:
— Cara, o cérebro não vai gostar.
— Intestino:
— Foda-se o cérebro, ele nunca veio aqui em baixo pra saber como são as coisas.
— Estômago:
— Vamos dar mais uma chance pra ele. Eu acho que ele não vai mais...
Bebida 2: Cafezinho.
Estômago - Filho de uma puta. Vou explodir.
Intestino - Operação descarga iniciando. Anda, libera o canal do duodeno que eu já tô conversando com o esfíncter.
Coração - Que que tá havendo aí embaixo? A acetilcolina tá aumentando muito.
Intestino - Operação descarga.
Coração - Quem autorizou isso? O cérebro não me mandou nada.
Estômago - Foda-se aquela geléia! Nem músculo tem.
Intestino - É isso aê, foda-se essa géleia inútil. Vinte segundos pra abrir o esfíncter anal. Quero ver o ânus arder com esse suco gástrico.
Esposa - Amor, você tá passando bem? Tá suando todo, aonde você vai?
Eu - Preciso ir ao banheiro, urgente. Paga a conta e me espera no carro.
Esposa - O que você comeu pra isso?
Eu - Não sei. Acho que foi o tomate.

Sogra bichinho insistente

SOGRA, BICHINHO INSISTENTE!

Um sujeito ia de férias em seu carro com a família. Sua sogra gritava e
gritava, enchia o saco! O sujeito já estava ficando nervoso, mas a sogra
não parava de gritar e urrar e espernear.
Até que o cara não agüentou. Parou o carro, abriu a porta, foi até
a
traseira, abriu o porta-mala do carro e falou pra sogra que estava lá
dentro:
- Tá bom, pode ir lá na frente com os outros!

***

A mulher acorda no meio da noite e constata que o marido não está na
cama.
No silêncio da noite ela ouve um resmungo no andar de baixo.
Desce as escadas, procura-o por toda parte mas não consegue encontrá-lo.
Escuta um lamento, como alguém soluçando. Ela então desce até o porão e
encontra o marido, encostado num canto do cômodo virado para a parede e
soluçando como uma criança. Ela pergunta:
- O que aconteceu?
Ele responde:
- Lembra-se do dia que seu pai nos flagrou na cama quando você tinha
dezesseis anos?
- Sim, lembro - responde ela.
- Lembra-se de que ele disse que eu tinha duas alternativas? -continua
ele,
- Ou casava com você ou pegava vinte anos de cadeia?
- Sim, lembro - concorda ela.
O marido quase se desmanchando de chorar:
- Hoje é o dia em que eu estaria saindo da cadeia.

***

- Querido, onde está aquele livro: "Como viver 100 anos?"
- Joguei fora!
- Jogou fora?! Por que?
- É que a sua mãe vem nos visitar amanhã e eu não quero que ela leia
essas
coisas!

***

O sujeito abre a porta e dá de cara com a sogra.
- Olá, sogrinha! - cumprimenta ele, fingindo satisfação.
- Que bom que a senhora veio nos visitar.
Então ele percebe que ela está com uma maleta nas mãos.
- Quanto tempo a senhora pretende ficar com a gente? - pergunta
preocupado.
- Ah! Acho que até vocês se cansarem de mim!
- Sério mesmo? Não vai nem tomar um cafezinho?

***

A garota chega para mãe, reclamando do ceticismo do namorado.
- Mãe, o Mário diz que não acredita em inferno!
- Case-se com ele minha filha e deixe comigo que eu o farei acreditar!

O Cantor e a Velhinha

Um cantor sertanejo em fase inicial de carreira, estava com seu Fusquinha 66 por uma estradinha. Poeira e buraco a mil, até que de repente... Catapimba! Quebrou a suspensão do poizé...

- Oh, meu Senhor... que maçada!

Já noite escura e não passa uma vivalma por ali... Quase desacorçoado o futuro cantor, coçando a cabeça, viu a uma certa distancia, uma pequena luz acesa.. Fechou o poizé e dirigiu-se para lá... Amanhã eu vejo o que fazer com o poizé... Chegou à casa d'onde ele viu a luz... Uma velhinha dos seus 70, o recebeu sorrindo com aquela boquinha enrrugada, zóinho manso, voz tênue mas delicada...

- Ôi moço, qui que eu posso fazê pô ce fio?

Contou pra véinha o ocorrido e só pediu pousada, que graciosamente foi atendido... Mais noitinha uma canjinha de galinha e foram dormir... Havia uma cama só.. O rapaz educadamente deitou bem no cantinho , para nem relar na véia... Noite a dentro a véia começou a roçar no rapaz e tentando abraça-lo e êle, delicadamente, se esquivando... Amanheceu o dia, lindo, radiante, cheirinho de café novo, a galinhada cacarejando no quintal ciscando e vários galos entre elas... O rapaz, tomando um cafezinho, comentou...

- Ô vó! Com tantos galos no meio das galinhas não sai briga entre eles?

- Chiiiii fio... comentou a véinha... Galo mesmo é só aquele carijozão ali porque o resto é tudo cantor, viu?

Bicha gentil

A bichinha se apaixonou loucamente por um português bonitão e que morava a dois quarteirões da sua casa.
Toda noite era a mesma coisa. A bichinha se produzia toda e ficava desfilando pra lá e pra cá, na paquera do lusitano.
Até que um belo dia o galego deu bobeira e a bichinha colou:
- Olá gostosão... tá a fim de conhecer o meu apartamento?
E o portuga, educadíssimo:
- Ora, pois pois... aceito com muita honra!
Meia hora depois, lá estavam os dois no apartamento da bichinha.
Primeiro veio o jantar, bem requintado. Depois, boa música, sorvete, pudim, cafezinho. E o Manoel se sentindo prestigiadíssimo. A bichinha fazia de tudo pra agradar.
Depois veio o banho: primeiro a bichinha, depois o galego. Mais um pouco de papo e a bichinha achou que estava na hora do "vamos ver":
- Agora, gostosão, pra terminar essa noitada em alto estilo, eu vou tedar a minha bunda...
Foi quando o português, educadíssimo, interrompou a moçoila:
- Negativo! Depois de me receberes tão bem e teres feito de tudo para me agradar... não é justo... quem vai lhe dar a bunda, sou eu!

Basta pensar que existem piadas baseadas na verdade que podem derrubar governos, ou piadas que fazem as meninas rirem. Muitos cafezinho ironico piadas e trocadilhos são piadas que deveriam ser engraçadas, mas algumas podem ser ofensivas. Quando as piadas vão longe demais, são cruéis ou racistas, tentamos silenciá-las e é ótimo se você nos der feedback sempre que uma piada se tornar intimidadora e inadequada.

Sugerimos usar apenas cafezinho serviu brincadeiras para adultos e blagues para amigos. Algumas das piadas sujas e sujas são engraçadas, mas use-as com cautela na vida real. Tente se lembrar de piadas engraçadas que você nunca ouviu para contar a seus amigos e elas vão fazer você rir.

Piadas